Posts com a Tag ‘Escolas’

Conselho Nacional de Educação e Seduc divulgam o corte etário para 2019

O objetivo é dar diretrizes às escolas para o próximo ano letivo.

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc), por meio da resolução publicada pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), orienta às escolas e aos pais de alunos sobre a idade de corte daqueles que vão ingressar na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, com idade de 4 e 6 anos, respectivamente, completados até 31 de março em 2019. O objetivo é que não haja interrupção ou retenção no percurso formativo dos estudantes.

A regra pode ser dispensada, segundo o CNE, para os alunos que já frequentam o ensino regular e eventualmente fazem aniversário depois da data limite. A partir de agora, escolas públicas de todo o país deverão observar a regra firmada em 2010. Os estudantes nascidos de 01/04/2013 a 30/06/2013, que realizaram o cadastro escolar em 2018, para acesso em 2019, deverão ser matriculados no 1º ano do Ensino Fundamental.

As inscrições de cadastro escolar, realizadas em 2018, para acesso em 2019, na Educação Infantil, obedecerão ao corte etário, até 31 de março. As crianças matriculadas e frequentes em instituições como creche (0 a 3 anos) ou pré-escola (4 e 5 anos), terão sua progressão assegurada, mediante comprovação de escolarização.

Em casos de não comprovação do estudante na Educação Infantil ou pré-escola, deverão ser matriculados conforme o corte etário de 31 de março. “O parecer do CNE é defender que a criança tenha até seis anos de idade para aprender de maneira lúdica antes de prosseguir ao Ensino Fundamental. Por meio disso vamos alinhar o sistema de educação no país que antes prejudicava de uma certa forma o desenvolvimento da criança na escola, vejo com bons olhos”, finalizou a superintendente de Organização e Administração da Rede Escolar da Seduc, Daniela de Souza Viana.

Reportagem: Leonardo Melo
Arte: Renata Coura
Publicação: 30/10/2018

Mês de setembro foi repleto de ações educativas sobre o trânsito

Atividades atenderam cerca de 790 crianças e adolescentes em escolas municipais e privadas.

O mês de setembro é símbolo de diversas campanhas e movimentos que buscam conscientizar a população sobre determinados temas, dentre eles o trânsito. Consciente disso, a Prefeitura de Contagem, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (Transcon), promoveu no decorrer do mês ações educativas em escolas públicas e privadas do município.

Com o objetivo de estimular o comportamento seguro no trânsito, as atividades atenderam cerca de 790 crianças e adolescentes, que participaram de exercícios lúdicos, como sinalização semafórica, trilha do trânsito, gincanas, exposições e abordagens educativas sobre estacionamento em área escolar. Os agentes de trânsito também integraram quase todas dinâmicas praticadas nas escolas de ensinos infantil, fundamental e médio. Uma maneira de compartilhar conhecimento entre agentes e população.

A gerente de Educação para o Trânsito da Transcon, Adriana Ferrari, comentou que a parceria entre as escolas, órgãos públicos e privados foi fundamental para o sucesso das ações. “As instituições demostraram interesse e colaboraram para que tudo ocorresse bem. O que é importante, pois os estudantes serão multiplicadores das orientações dadas nas dinâmicas que oferecemos nas escolas”, disse.

Ela lembrou ainda que o mês de setembro não se restringe apenas a Semana Nacional do Trânsito, ocorrida entre os dias 18 e 25 de setembro. “O mês é importante, pois comemoramos o Dia Mundial sem Carro (22), o Dia dos Agentes da Autoridade de Trânsito (23) e o Dia Nacional do Trânsito, datas importantes para orientar sobre o papel de cada um para o trânsito seguro”, pontuou.

A Transcon promove ações educativas no município em todos os meses do ano. Algumas atividades recebem prioridade de acordo com o calendário de campanhas nacionais, definidas pelo Conselho Nacional de Trânsito, como a Semana Nacional do Trânsito e o Movimento Maio Amarelo.

Reportagem: Yuri Soares
Fotos: Divulgação
Publicação: 02/10/2018

Escola Municipal Prefeito Luiz da Cunha recebe reforma geral

A Semobs, entregou na última segunda-feira (17), para a Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e para a comunidade, uma escola totalmente reformada.

A Escola Municipal Prefeito Luiz da Cunha localizada no Centro de Contagem atende mais de 500 alunos da região Sede no ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano). Fundada em 1991, a escola ainda não havia sido totalmente reformada. A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos (Semobs), entregou nessa segunda-feira (17) para a Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e para a comunidade, uma escola totalmente reformada. O intuito é contribuir para que o aprendizado seja cada vez mais eficiente. E proporcionar um ambiente agradável para alunos e colaboradores. O investimento da reforma é de cerca de R$ 1,1 milhão.

A diretora da escola, Neide Santos, afirma que o sonho de ter uma escola nova e funcional foi realizado. “A comunidade que a escola atende é carente e precisava de um lugar que aguçasse a vontade de estudar dos alunos. Quando eles receberam um ambiente totalmente reformado, limpo e adequado aos estudos se sentiram estimulados. Sentimos que a atual gestão está comprometida com a qualidade do ensino dando a devida atenção ao desempenho das atividades que desenvolvemos. Há anos estávamos lutando por melhorias deste porte, porém só eram feitas reformas paliativas que não solucionavam os problemas de fato e hoje temos uma escola acessível e apropriada”, salienta.

A escola ficou mais colorida, acessível, com telhado termo acústico, o piso revitalizado, com as instalações hidráulicas e elétricas funcionando. O subsecretário de planejamento e projetos da Semobs, Luiz Otávio Caetano da Fonseca, reforça a importância que tem sobre o cuidado que a comunidade deve ter para com a escola. “Eu fico muito satisfeito quando a Prefeitura conclui uma obra deste porte e contribui para melhorar a educação. Depois do esforço que fizemos, agora é a vez da comunidade adotar a escola e cuidar do que é deles. Manter o ambiente limpo e organizado é fundamental para que o patrimônio se mantenha agradável. Se os alunos, colaboradores e a comunidade ao redor adotar a escola como se fosse a extensão da própria casa, com certeza o espaço será conservado por bastante tempo”, reforça.

Reportagem: Nayara Vianna
Fotos: Elias Ramos
Publicação: 18/09/2018

Pela primeira vez na história, a Prefeitura de Contagem vai distribuir uniformes escolares

Os 60 mil estudantes serão beneficiados com o recebimento do kit uniforme.

Contagem vai receber os uniformes escolares no primeiro dia letivo do segundo semestre. Na próxima segunda-feira (30), a Secretaria Municipal de Educação (Seduc), começa o processo de distribuição dos uniformes escolares. A ação será de forma escalonada durante todo o mês de agosto.

Devido à grande complexidade da logística das empresas, as Regionais Vargem das Flores e Nacional, serão as primeiras a receber os kits. Ficou acertado que primeiro serão entregues os kits do Ensino Fundamental I. Em seguida, a Seduc pretende fazer a entrega dos outros kits: Fundamental II, Educação Infantil e Educação de Jovens e Adultos (EJA), nessa ordem.

São esperadas mais de 380 mil peças para crianças, adolescentes e adultos. O investimento foi de R$10 milhões estão incluídos recursos do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Algo novo para o município e também para os 60 mil estudantes matriculados. Cada um receberá até oito peças.

Os estudantes de Contagem usarão roupas novas em ambientes totalmente renovados. As 115 escolas municipais estão sendo reformadas e pintadas. Gibitecas e parquinhos também foram instalados nas instituições de ensino. Além disso, todos os alunos já receberam os kits escolares neste ano letivo.

Fabrícia Figueiredo, mãe de aluna da rede municipal, está muito animada e satisfeita em receber os uniformes escolares. Dona de casa e com uma filha de 8 anos de idade, ela destaca que durante anos o ensino da rede municipal nunca recebeu o uniforme de forma gratuita. Ela gastava cerca de R$165,00 por ano pelo total das peças que a filha usava. Com a novidade da distribuição do kit uniforme, a renda da família tende a melhorar e para ela vai trazer mais segurança também. “Eu sempre fui a favor da distribuição de kits nas escolas municipais. Assim como o kit escolar e estou muito feliz e ansiosa para ter em mãos o uniforme da minha filha. Além de aliviar no bolso, vai trazer mais segurança pelas tonalidades das cores e também por todos estarem padronizados”, enfatizou.

Reportagem: Leonardo Melo
Foto: Geraldo Tadeu
Publicação: 27/07/2018

Vagas para Educação de Jovens e Adultos

Em Contagem, 21 escolas municipais possuem EJA.

Pessoas que deixaram os estudos e querem retornar à escola têm a oportunidade de se matricular na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Em Contagem, 21 escolas municipais e os espaços Bem Viver Mário Covas e Luís Palhares oferecem o curso.

Para se matricular na EJA é preciso ter mais de 18 anos. Mas a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), também autoriza o estudante a ingressar na EJA, caso ele tenha idade inferior aos 18 anos e precise trabalhar como menor aprendiz.

As matrículas podem ser feitas durante todo o ano letivo. Para se inscrever na EJA é preciso ir até uma instituição que ofereça o curso com documento de identidade, ou certidão de nascimento ou certidão de casamento; CPF; comprovante de endereço; duas fotos 3×4 e comprovante de escolaridade (histórico escolar, ficha individual do estudante ou declaração da escola). Caso o aluno não tenha o documento que comprove a escolarização, ele passará por uma prova para avaliar em qual etapa do curso irá entrar.

As escolas de Contagem que oferecem EJA passaram por uma reformulação neste ano. Os estudantes do curso passaram a contar com um pedagogo, auxiliar de biblioteca e dois professores alfabetizadores exclusivos. O quadro com professores de Português, Matemática, História, Geografia e Ciências continuou o mesmo. As aulas ocorrem de segunda a quinta-feira.

Em Contagem as aulas da EJA ocorrem no período da noite. Mas a Escola Municipal Professora Lígia Magalhães e o Espaço Bem Viver Mário Covas oferecem o curso no período da manhã. Já o Espaço Bem Viver Luís Palhares têm turmas no período da manhã e tarde.

A coordenadora da EJA em Contagem, Guaraciaba do Carmo, destaca que o programa Educação de Jovens e Adultos é uma porta para quem necessita concluir os estudos. “É importante o aluno ter essa consciência que o voltar a estudar fará parte da formação dele como pessoa e abrirá também portas na vida”, finalizou.

Confira abaixo as instituições que oferecem EJA em Contagem:

Regional Eldorado

Escola Municipal Vasco Pinto da Fonseca
Rua das Paineiras, 1500, Eldorado

Escola Municipal Joaquim Teixeira
Rua Nossa Senhora de Fátima, 1307, Água Branca

Escola Municipal Sócrates Mariani Bittencourt
Praça Nossa Senhora da Conceição, 335, Novo Eldorado

Regional Petrolândia

Escola Municipal Newton Amaral Franco
Rua Estireno, 15, Petrolândia

Escola Municipal Senador José de Alencar
Rua Crisoprácio, nº 27, Bairro Sapucaias

Regional Industrial

Escola Municipal Professora Júlia Kubitschek de Oliveira
Rua Nascimento Teixeira, 62, Industrial

Escola Municipal René Chateubriand Domingues
Rua Padre José Maria de Man, 30 – Novo Riacho

Escola Municipal Virgílio de Melo Franco
Rua Luminosa, 75, Vila São Paulo

Escola Municipal Professora Lígia Magalhães *
Rua Ozório de Morais, 957, Industrial

Regional Sede

Escola Municipal Coronel Antonio Augusto
Avenida João de Deus Costa, 47, Centro

Escola Municipal Estudante Leonardo Sadra
Rua Joaquim Camargos, s/n, Centro

Espaço Bem Viver Mário Covas *
Rua Manoel de Matos, 162, Central Park

Escola Municipal Dona Babita Camargos
Avenida João de Deus Costa, 47, Centro

Regional Ressaca

Escola Municipal Coronel Joaquim Antonio da Rocha
Rua Diamante, 930, São Joaquim

Escola Municipal Maria Silva Lucas – CAIC Laguna
Rua Bragança, 866, Jardim Laguna

Regional Nacional

Escola Municipal Professor Wancleber Pacheco
Rua Santo Antonio, 60, Tijuca

Escola Municipal Glória Marques Diniz
Rua Goiabão, 50, Bom Jesus

Escola Municipal Walter Fausto do Amaral
Rua Mármore, 140 – Conjunto Carajás, Pedra Azul

Regional Vargem das Flores

Escola Municipal Professora Ana Guedes Vieira
Rua VC 4, 777, Bairro Nova Contagem

Escola Municipal Ivan Diniz Macedo
Rua Nossa Senhora da Conceição, 500, Retiro

Escola Municipal Francisco Sales da Silva Diniz
Rua Stela Diniz Macedo, 301, Darcy Ribeiro

Escola Municipal Giovanini Chiodi
Rua das Pitangueiras, 2, Ipê Amarelo

Espaço Bem Viver Luís Palhares *
Rua Maria José Chiodi, 107, Nova Contagem

Todas as escolas oferecem EJA à noite, menos a E. M. Lígia Guimarães e o Espaço Bem Viver Mário Covas, que atendem no turno da manhã, e o Espaço Bem Viver Luís Palhares, que atende nos turnos da manhã e da tarde. *

Reportagem: Leonardo Melo
Arte: Renata Coura
Publicação: 20/07/2018

Projeto Cidade Verde promove plantio na Umei Estrela Dalva

Objetivo é plantar 100 mil árvores até o final de 2020.

Dando continuidade às ações de plantio de mudas nas escolas municipais, a equipe de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), promoveu evento, que levou arte, cultura e informações ambientais, na Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Estrela Dalva, no bairro Arvoredo II.

A ação coincidiu com o aniversário de sete anos da escola e contou com a participação da comunidade. Os pais dos alunos, por exemplo, se reuniram às equipes da Semad e do Programa de Recuperação e Desenvolvimento Ambiental da Bacia da Pampulha (Propam), entidade parceira, para fazer o plantio de 11 mudas. Além disso, houve apresentação musical e cultural a cargo do arte-educador Geraldo Amâncio, do “Zé Capivara”- mascote do Propam, e oficinas de bilboquê para as crianças e de gravura e pintura utilizando material reciclável como recurso didático para os professores e comunidade.

A diretora da escola, Adriana de Cássia Marinho Santos, ficou bastante satisfeita com as atividades. “Nós da escola e toda comunidade (crianças e pais) ficamos surpreendidos com a qualidade do trabalho de nossos parceiros, e agradecemos a todos”, disse.

O evento ocorreu em dois períodos, contemplando os dois turnos da escola. Essas ações fazem parte do Projeto Cidade Verde, que pretende plantar cem mil árvores em toda a cidade até o final de 2020.

Reportagem: Túlio Andrade
Foto: Divulgação
Publicação: 15/05/2018

Escolas municipais podem se inscrever até meia noite no Prêmio Arcellor Mittal de Meio Ambiente

Lançamento oficial de programa que envolve alunos e professores será na semana que vem.

Serão encerradas à meia noite desta sexta-feira (4) as inscrições para o Prêmio Arcellor Mittal de Meio Ambiente 2018. Podem participar alunos do 1º ao 9º ano de escolas municipais. Para confirmar a participação da escola, é preciso ligar para (31) 3329-229 ou 3329-2237, informando a quantidade de alunos e professores.

Em 9 de maio será feito o lançamento oficial. O Prêmio Arcellor Mittal é um programa desenvolvidos desde 1992 para estimular a prática científica para a formação de crianças e adolescentes. Para mais informações, acesse a página do regulamento.

Reportagem: Nayara Macedo (Sob a supervisão de Leonardo Melo)
Arte: Renata Coura
Publicação: 04/05/2018

Turma do Contagito leva história da cidade às redes sociais

Os resultados alcançados no último semestre motivaram a implementar o projeto na web pela equipe da Fundac.

A Prefeitura de Contagem, por meio da Fundação de Cultura (Fundac), lança nesta semana, a página oficial da Turma do Contagito nas redes sociais. O objetivo é levar ao grande público, informações e conhecimento sobre o patrimônio histórico e cultural do município, por meio de uma linguagem acessível a todos os moradores, especialmente as crianças.

Os cinco personagens foram criados por alunos das escolas da rede municipal de ensino de Contagem, por meio de um concurso de desenho ocorrido em 2005, parte do “Programa de Educação Patrimonial: Por dentro da História”. O concurso visava escolher uma mascote para a cidade. Depois de passar pelo crivo do júri popular, foram selecionados os melhores desenhos. Surgiu, assim, a “Turma do Contagito” que, desde então, se transformou em referência para alunos e professores da cidade, conhecida, sobretudo por suas indústrias.

“Além das características marcantes de cada personagem, temos o encantamento e o despertar da curiosidade nas crianças. Temos presenciado a receptividade e a alegria da garotada em cada visita da turma, seja nas escolas, eventos ou apresentações nos espaços públicos da cidade”, explica o professor Joaquim Montiel, responsável pelo projeto.

Os resultados alcançados no último semestre motivaram a equipe da Fundac a implementar o projeto na web e ampliar a visibilidade dos personagens, bem como facilitar o acesso ao grande público. “Serão temas diversos a cada semana, sempre com foco na educação patrimonial, mas com um formato lúdico e pedagógico que facilite a compreensão das crianças sobre o valor do patrimônio histórico em nossa cidade. Vamos dar a oportunidade, através das redes, para que estudantes, pais e educadores possam acessar as informações e os personagens e ‘brincar’ com a história de Contagem”, destaca o presidente da Fundac, Mário Fabiano.

Os personagens simbolizam alguns elementos do patrimônio histórico de Contagem. A cara de abóbora do “Contagito” é uma referência ao período em que o antigo arraial de São Gonçalo se destacava como um grande produtor desse vegetal; a “Faluca” parece uma jabuticaba, árvore símbolo da cidade; a “Chami” é representada pelas chaminés do seu grande parque industrial; o “Zé Gonçalo” faz referência ao seu santo padroeiro e o “Arturinho”, à Comunidade dos Arturos de origem afro-brasileira.

A nova página pode ser acessada pelo Facebook clicando aqui.

Reportagem: Marcelo Grillo
Imagem: Divulgação
Data: 21/03/2018

Força-tarefa finaliza serviços de limpeza em 151 unidades educacionais

Trabalhos foram iniciados no mês de janeiro e concluídos no início de março.

Uma força-tarefa, promovida pela equipe de varrição e capina da Secretaria Municipal Adjunta de Limpeza Urbana, finalizou os serviços de varrição, capina e poda de árvores das áreas verdes em 151 unidades de educação. Cem servidores atuaram nos trabalhos que foram iniciados em 15 de janeiro e finalizados no dia 2 de março.

A Escola Municipal Coronel Antônio Augusto Diniz Costa, localizada no bairro Bernardo Monteiro, atende cerca de 800 alunos nos três turnos. De acordo com a diretora Márcia Cândido Pereira a área verde da unidade de educação é extensa e pelo menos uma vez ao ano é necessária a capina. “O mato estava alto e nos preocupando por atrair insetos, ser um possível criadouro do mosquito da dengue e acumular sujeira. O serviço de capina foi feito com muita agilidade e os servidores e alunos convivem agora em um ambiente mais agradável”, disse.

Segundo o secretário Municipal-adjunto de Limpeza Urbana, João Bahia, esta era uma demanda das diretorias das escolas e a equipe conseguiu finalizar as 151 unidades com êxito no período programado. “Os alunos encontraram um novo ambiente com a escola limpa e um espaço livre para mais atividades”, salientou.

Para solicitar serviços entre em contato com a sua regional ou com a Secretaria Municipal Adjunta de Limpeza Urbana pelo telefone 0800 2831 225.

Reportagem: Stella Santiago
Foto: Cassio Matias
Publicação: 16/03/2018

Prefeitura reforça Programa de Proteção Escolar com aquisição de 14 viaturas

Cães farejadores da Guarda Civil atuarão de forma inédita no combate às drogas.

Para dar mais segurança aos 58 mil alunos da rede municipal de ensino, além dos servidores da Educação, a prefeitura lança na próxima sexta-feira (9), às 8h30, no Museu do Trabalhador da Indústria de Contagem, o maior Programa de Proteção Escolar dos últimos anos. São 14 novas viaturas para reforçar a vigilância nas escolas em horário integral, nos dias letivos, com a Guarda Civil atuando sobretudo na entrada e saída dos turnos escolares.

Mais de 300 alunos de todas as regionais vão participar do lançamento do programa. Além do Proteção Escolar, a Guarda Civil vai apresentar seus cães farejadores, treinados para atuar com segurança no combate às drogas no ambiente escolar, iniciativa inédita em Contagem.

O investimento da prefeitura na aquisição das viaturas do Proteção de Escolar foi de R$ 520 mil. A primeira etapa do programa começou na volta às aulas, após o Carnaval, com a ronda e apoio dos guardas civis nas escolas.

O programa, no entanto, abrange muito mais que a patrulha escolar. Está sendo promovido nas escolas o momento cívico, com o Hino Nacional tocado pela banda de música da Guarda, hasteamento da Bandeira Nacional e apresentação dos cães farejadores de drogas.

Na segunda etapa, que será implantada no segundo semestre deste ano, os guardas civis vão trabalhar com os alunos temas como prevenção às drogas, educação no trânsito, meio ambiente, primeiros socorros e bullying. Haverá apresentação do teatro de fantoches. Para isso, cinco agentes farão curso de capacitação com a Guarda Civil de Guarulhos (SP), em abril, para formar multiplicadores do Programa de Proteção Escolar.

Reportagem: Vanessa Trotta
Imagem: Divulgação
Publicação: 08/03/2018