Posts com a Tag ‘Educação de Contagem’

Funec-Centec realiza o “1º Simpósio Unificado Online’ para estudantes

A ideia é ter uma interação entre estudantes e professores, além do conhecimento, durante o período de pandemia do novo coronavírus.

A Fundação de Ensino de Contagem (Funec), unidade Centec, vai realizar o “1º Simpósio Unificado Online” para os estudantes dos cursos de análises clínicas, farmácia, química, cervejaria, além de empreendedorismo e formação humana. O objetivo é ter uma interação entre estudantes e professores, além do conhecimento, durante o período de pandemia do novo coronavírus. O simpósio vai ocorrer entre os dias 29 de junho e 3 de julho, nas plataformas do Instagram, Youtube e Facebook.

Turmas do ensino médio também vão participar, além de alunos das outras unidades da escola. Conforme os organizadores, os temas serão diversos e de grande utilidade na formação dos estudantes. Os interessados em participar podem fazer as inscrições clicando aqui. O currículo dos palestrantes, bem como a grade de programação, podem ser conferidos aqui. E o canal oficial também no Youtube já está disponível. Clique aqui.

“A ideia é ter uma interação entre estudantes e professores, além do conhecimento, nesse período de pandemia. Sabemos da qualidade que todos os eventos feitos pela Funec possuem e estamos ansiosos pela chegada da próxima semana”, disse Adriana Vasconcelos, professora do curso de análises clínicas e uma das coordenadoras do simpósio.

Reportagem: Leonardo Melo
Publicação: 24/06/2020

Blog Estuda Contagem também é ferramenta de estudos e informação para os estudantes da Rede Municipal

Diariamente conteúdos voltados para a aprendizagem pedagógica estão em pauta.

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc) tem publicado conteúdos voltados para a aprendizagem pedagógica durante o período de isolamento social no Blog Estuda Contagem, vinculado à Prefeitura de Contagem. Todo o material está em Formato Portátil de Documento (PDF) e tem como objetivo orientar aos professores e comunidade escolar sobre formas de estudo e abordagens dentro de casa. Após a suspensão das aulas na cidade, por período indeterminado, como medida de combate à covid-19, estudantes, pais e professores tiveram que adaptar a rotina de aprendizado ao isolamento social.

É sabido que no isolamento social, não é possível visitar bibliotecas, livrarias ou praticar a troca de livros com pessoas que estão fora do vínculo social. Dessa forma, a Coordenadoria de Biblioteca da Seduc preparou um vasto material com temas que podem variar entre textos de crônicas, sugestões de leitura, etc. O tema para essa semana é sobre Poesias (CLIQUE AQUI). Os estudantes, junto com os seus familiares, podem usar da ferramenta para tirar dúvidas e aprender sobre temas pertinentes que lá na frente serão temas trabalhados dentro de sala de aula.

Existem sites e aplicativos confiáveis, pelos quais textos, poemas e livros podem ser baixados (pode ser feito o download). As opções vão desde o clássico ao contemporâneo: textos destinados a quem quer empreender, produzir ou entender melhor sobre o que fazer em época de crise; ou, até mesmo, textos para quem busca uma boa trama literária. Sugestões de alguns sites/aplicativos gratuitos que podem ser acessados: Kobo; Google Play Livros; Livros Digitais; Sebrae e Domínio Público. Ao acessar esses portais, verifiquem se, abaixo do título acessado, encontra-se registrada a palavra GRÁTIS.

Todo o conteúdo disciplinar estão no Blog Estuda Contagem e o mais novo tema encontra-se aqui: (CLIQUE AQUI). Quem lê aumenta a expectativa de vida, diminui o estresse, ativa diferentes partes do cérebro, preserva suas habilidades mentais, assim como fomenta a inteligência da criança/adulto.

Reportagem: Leonardo Melo
Foto: Geraldo Tadeu
Publicação: 29/05/2020

Contagem inaugura primeiro Centro de Educação Integral da Rede Municipal de Ensino

Com cerca de 7 mil metros de área construída, o CEI possui instalações modernas e projeto pedagógico diferenciado com capacidade para atender 1600 estudantes.

Nesta sexta-feira (6/3), às 9h, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Educação, inaugura o 1º Centro de Educação em Tempo Integral (CEI) Professora Audrei Consolação Ferreira de Freitas Costa. Localizado na Rua Cássia, 97, bairro Arvoredo, Regional Ressaca, o CEI tem capacidade para atender 600 estudantes em tempo integral, mais mil no contraturno escolar, do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, e estudantes do Ensino Médio, da Fundação de Ensino de Contagem (Funec), no período noturno.

Mais de 7 mil metros quadrados de área abrigam o CEI. Todo o projeto do CEI é sustentável, contando também com aquecimento solar e coleta seletiva. São 43 espaços de aprendizagem, como o espaço maker e tecnologia, os laboratórios de experimentação, o espaço mídia lab e editoração, espaço da comunicação, espaço da música e DJ, espaço da moda e design, espaço gourmet, sala de línguas, espaço de teatro e dança, laboratório de jogos, espaço de artes, salas de aula reversíveis e uma ampla biblioteca. As salas de aula são organizadas em distintas áreas de trabalho (com estrutura e mobiliário flexível e moderno) e áreas de convivência. A área externa também foi contemplada com ginásio poliesportivo, equipamentos de ginástica, pista de skate e playground e projeto para construção de uma piscina semiolímpica aquecida.

O CEI recebeu investimentos da ordem de R$ 17 milhões, sendo R$ 15 milhões de recursos da MRV Engenharia, como contrapartida de empreendimentos em Contagem, e R$ 2 milhões de recursos próprios do município.

De acordo com a secretária municipal de Educação e presidente da Funec, Sueli Baliza, o projeto do primeiro Centro de Educação Integral de Contagem faz com que a rede de Educação do município se destaque como inovadora, que investe nos estudantes preparando-os para a vida, criando oportunidades com equidade, respeito, inclusão, conexão com as famílias e incentivo aos educadores. “No momento em que o governo municipal investe na construção de uma escola como essa, é sinal de que a Educação de Contagem faz parte do conjunto de políticas públicas prioritárias dessa administração. Sem dúvida, é uma das maiores escolas públicas de ensino fundamental em tempo integral.”, disse.

“Temos o maior orgulho em estar aqui hoje entregando a Escola Em Tempo Integral para o município. A MRV acredita que não há nada mais transformador que a força da educação. Incentivamos milhares de crianças por meio do Instituto MRV e através da construção de escolas e creches em todo o país. A partir de hoje Contagem terá um novo espaço para que as crianças e adolescentes da cidade tenham conforto e tranquilidade para seguir com seus estudos. Estamos muito felizes e tenho certeza que a escola irá transformar o sonho de milhares de crianças em realidade”, afirmou o diretor executivo de Relações Institucionais da MRV, Raphael Rocha Lafetá.

Educação de Qualidade

O horário do tempo integral será das 7h30 às 17h, já no contraturno, os estudantes serão atendidos no turno da manhã, das 8h às 11h30, e no turno da tarde, das 13h às 16h30. Para que os estudantes tenham a melhor escola de tempo integral, ela terá o modelo de currículo integrado. Este currículo é composto por conteúdos e habilidades da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e por outra parte a ser escolhida pelo estudante conforme o projeto orientado pela escola. O diferencial é que serão ministradas oficinas e práticas oferecidas nos 43 ambientes à disposição no CEI e o aluno escolherá o que pretende cursar, dentro do período da carga horária eletiva disponível.

Um dos parceiros do CEI será o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) que oferecerá 30 oficinas por semestre nas áreas de gastronomia, eletrônica, robótica, marcenaria, elétrica e tecnologias digitais.

A cada semestre, o CEI apresentará a lista das oficinas disponíveis e os alunos se matricularão a partir do que pretendem desenvolver com os projetos coletivos, pessoais e do seu projeto de vida. Com a articulação desse modelo de currículo, a Seduc pretende oferecer atendimento integrado aos estudantes abrindo novas possibilidades e experiências contribuindo para formar seu legado na Educação em Tempo Integral de Contagem.

Reportagem: Vanessa Trotta
Arte: Renata Coura
Publicação: 04/03/2020

Estudantes participam de palestra para conscientizar sobre os perigos do “desafio da rasteira”

A atividade contou com dinâmicas e elementos teatrais para abordar os riscos da brincadeira

A Escola Municipal Pedro de Alcântara Junior, na Regional Industrial, realizou para os estudantes uma palestra de conscientização sobre os perigos do “desafio da rasteira”. O desafio viralizou na internet, nas últimas semanas, e é feito com três pessoas lado a lado, onde a do meio é incentivada a pular e, em seguida, recebe uma rasteira de surpresa.

O professor Fred Piccoli juntamente com a diretora Geise Serafim e a pedagoga Raquel Patrícia planejaram a ação. “Pesquisamos vídeos e reportagens atuais para estruturar a mensagem que pretendíamos passar para os alunos de que este desafio não é uma brincadeira. Dessa forma, junto com eles, analisamos diversos vídeos em que estudantes de outras instituições praticavam o desafio, apontamos o desequilíbrio dos corpos de quem era vítima da ‘pegadinha’ e como a coluna vertebral e o crânio ficavam vulneráveis nessa situação”, disse Piccoli.

Por ser graduado em teatro, o professor articulou gestos e ações no intuito de instigar o interesse dos estudantes para que se sentissem curiosos em compreender os riscos do desafio. Também foi feito uma dinâmica com as crianças para demonstrar o nível de periculosidade em que o corpo é exposto.

A escola possui uma política de prevenção de acidentes ligada a temas atuais que se relacionam ao universo dos estudantes. “Acredito que neste cenário um dos papéis do professor é estar conectado com as mídias sociais para identificar o que os alunos ouvem, assistem e o que ou quem estão seguindo. E assim, em parceria com as famílias, sempre buscar uma forma de nos conectar com os estudantes a fim de orientá-los de maneira saudável e proveitosa”, reforça o professor.

Durante a palestra, vários alunos relataram casos de pessoas conhecidas que participaram do desafio que não se deram bem e sobre outras brincadeiras que apresentam as mesmas características e perigo. Diante desses relatos, a escola procura sempre contribuir ao pensamento crítico e reflexivo das crianças em relação às questões sociais que permeiam o cotidiano.

Texto: Mariane Gomes sob supervisão da jornalista Vanessa Trotta
Foto: Divulgação
Publicação: 21/02/2020

Prefeitura abre concurso público para a área da Educação

A abertura do concurso atende a uma expectativa de quase uma década

A Prefeitura de Contagem publicou na sexta-feira (31/01), no Diário Oficial de Contagem (Doc), o Edital 01/2020 que trata de concurso público para a Educação, área que compõe a Administração Direta do município. O período de inscrição via internet será de 01/04/2020 a 04/05/2020. São ao todo 219 vagas ofertadas. A elaboração e aplicação das provas são de responsabilidade da Fundação de Ensino de Contagem (Funec).

O concurso público é destinado ao preenchimento de mais de 150 vagas para cargos de professores PEBI e PEBII em várias áreas, para outros cargos de nível superior e, também, cargos de assistente escolar, auxiliar de biblioteca e de secretário escolar. Estes três últimos exigem nível médio. Mais informações sobre o concurso público podem ser obtidas no Edital 01/2020 (para acessá-lo, clique aqui).

O último concurso público para efetivação de profissionais da Educação em Contagem ocorreu há quase dez anos. Para a secretária de Educação do município, Sueli Baliza, a abertura deste concurso, para efetivar o trabalhador, vem coroar a política de valorização da classe de educadores implementada nos últimos anos em Contagem. “Bastante esperado pelos educadores, não só de Contagem, mas da região – pois o último concurso público foi em 2011 – este agora é significativo e resulta de um grande esforço entre a Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e as secretarias de Administração e de Governo, além da Fundação de Ensino de Contagem (Funec)”, considerou Baliza.

Conforme o edital, o concurso contará com prova em etapa única, sendo destinado ao provimento de cargos vagos do Quadro Permanente de Pessoal da Administração Direta. Os candidatos aprovados terão sua relação de trabalho regida pelo regime estatutário, conforme o disposto pela Lei Municipal 2.160, de 20 de dezembro de 1990, contendo alterações conforme o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Contagem.

O valor das inscrições para os cargos de professores e para os outros cargos de nível superior é de R$ 98,00 e, para os de nível médio, é de R$ 70,00. A carga horária semanal de trabalho nos cargos de professores é de 22h30. Para os demais cargos, de 25h semanais. Os salários variam de R$ 1.091,09 a R$ 3.147,98.

A prova dissertativa para todos os cargos consta de redação, que terá o valor máximo de 30 (trinta) pontos, sendo eliminatória para os candidatos que obtiverem a nota zero nesta, de acordo com a avaliação.

Reportagem: Noeme Ramos
Arte: Renata Coura
Publicação: 03/02/2020

Servidores da Educação recebem certificação de treinamento de combate a incêndio

Treinamento buscou prevenir sinistros e ensinar o manuseio do extintor.

O Treinamento de Prevenção e Combate a Incêndio voltado a gestores e servidores que atuam nas unidades que compõem a Rede de Ensino de Contagem foi concluído. Após oito dias de treinamento, 178 participantes receberam o certificado do curso em evento realizado no auditório da Prefeitura no dia 22 de novembro. O treinamento foi realizado pela Superintendência Administrativa da Secretaria de Administração (Sead), por meio do setor de Segurança do Trabalho. Iniciado em agosto, o treinamento contou com aulas teóricas e práticas em várias escolas, e foi promovido em parceria com a Subsecretaria de Defesa Civil, órgão ligado à Secretaria de Defesa Social, e a Secretaria de Educação.

Conforme informou o engenheiro de Segurança do Trabalho, Wirley Chagas, o objetivo foi ensinar pessoas que atuam nas escolas, Umei, Funec e outros imóveis ligados à Seduc, a prevenir, atuar e coordenar uma situação de sinistro até chegar no local, se necessário, uma equipe de profissionais e Corpo de Bombeiros. “Além de teoria, as aulas tiveram a parte prática com orientações sobre extintor, tipos e como manuseá-los; gás de cozinha, perigos da fumaça; placas de sinalização; hidrantes; evacuação e controle de incêndio e de outros tipos de sinistro”, informou ele que agradeceu a todos os apoiadores do treinamento.

O diretor da Escola Municipal Walter Fausto do Amaral, Gilson Valter Lúcio de Oliveira, disse que o treinamento é “importante pois ensina o manuseio do extintor que muitos não dominam. Num possível inicio de incêndio, o fogo pode causar pânico”, disse ele ao informar que a escola que dirige tem aproximadamente um total de 3 mil metros quadrados, 20 salas, 1.200 alunos em três turnos. “Temos alunos desde 3 a 84 anos, pois atendemos a Educação de Jovens e Adultos à noite”, disse ele, ao elogiar o bom nível do treinamento voltado também a outros tipos de sinistros, além de incêndio.

A servidora do setor administrativo do Espaço Bem Viver, Ana Cristina da Silva, relatou que vai multiplicar o que aprendeu, pois neste local há cozinha e presença nas quartas-feiras de 400 pessoas idosas. “Foi muito bom o treinamento que nos colocará mais atentos ao botijão e ao extintor, e a um possível sinistro, pois temos 25 alunos no ensino Eja e atividades diversas para 200 idosos por dia”, opinou.

Prevenção no ambiente de trabalho e familiar

A secretária de Educação Sueli Baliza participou da entrega dos certificados a cada um dos treinandos e disse que, aparentemente, parece ser simples manusear um extintor, mas que no dia a dia pode não ser. “Pois isto, ressalto a importância deste treinamento de combate e prevenção que servirá para a vida toda das pessoas, no trabalho e em casa” disse Sueli, agradecendo a todos que tornaram possível a realização do treinamento e levando a todos o abraço do secretário adjunto da Seduc, Sérgio Mendes.

Ao falar para os treinandos, a engenheira de Segurança do Trabalho Patrícia Monteiro destacou que, durante as aulas, cada um superou barreiras e o medo de fogo, até mesmo possíveis traumas porque cada um sabia que o objetivo era maior. “Todos foram desafiados a superações e foram vitoriosos” disse ela, que agradeceu a todos os colaboradores e à Medicina do Trabalho pelo apoio sempre incondicional.

O coordenador da Defesa Civil, Samuel Lara também agradeceu a oportunidade de repassar este valoroso conhecimento de prevenir e combater início de incêndio que pode proteger pessoas e patrimônio público ou privado. “Estamos abertos a capacitar mais pessoas nos órgãos da Prefeitura´. Este é um trabalho gratificante, pois nossa função é prevenir e atuar nos sinistros diversos como fogo, alagamentos e enchentes provocados por temporais, queda de muros e desmoronamentos, etc. Mas quando se trata de locais com muitas pessoas, estudantes, crianças, etc. como unidades de Saúde e escolas, este treinamento se faz imprescindível” disse Samuel, agradecendo os apoios para a realização do treinamento.

Reportagem: Noeme Ramos
Foto: Ricardo Lima
Publicação: 05/11/19

Intérpretes que atendem estudantes de Contagem passam por formação

Mais de 70 intérpretes e instrutores de Libras que atendem os estudantes surdos ou com perda auditiva progressiva nas escolas do município participaram da formação.

Na última segunda-feira (14/10), as secretarias municipais de Educação e de Saúde deram, no Centro Especializado em Reabilitação (CER IV), início à terceira Formação Presencial de Profissionais de Apoio à Inclusão que atuam na rede de ensino de Contagem. Mais de 70 intérpretes e instrutores da Língua Brasileira de Sinais (Libras), que atendem os estudantes surdos ou com perda auditiva progressiva nas escolas municipais, participaram da formação.

“A parceria entre as secretarias municipais em relação à inclusão e ao atendimento educacional dos estudantes com deficiência é fundamental. Na inclusão, o pedagógico e o clínico não se dissociam. O estudante que é acompanhado pela saúde tem melhor qualidade de vida, tendo assim, mais condição de se apropriar dos conteúdos pedagógicos. São pequenos detalhes que os profissionais da reabilitação transmitem aos educadores e que fazem a diferença na qualidade de ensino do estudante e de seu desenvolvimento”, destacou a superintendente de Projetos Especiais e Parcerias, Ludmilla Skrepchuk Soares.

Os participantes tiveram a oportunidade de conversar com os profissionais da área clinica sobre a questão da deficiência auditiva e procedimentos cirúrgicos, tais como aparelhos e implantes, e como esses recursos tecnológicos contribuem no processo pedagógico de aprendizagem. No período da tarde participaram de uma palestra sobre materiais didáticos específicos para a educação do público com deficiência auditiva.

Atualmente, 40 estudantes com surdez total estão matriculados no ensino fundamental de Contagem e cerca de 19 estudantes com perda auditiva progressiva estão em processo de aprendizagem da língua brasileira de sinais.

Reportagem: Nelson Augusto
Foto: Adelcio R Barbosa
Publicação: 16/10/2019

Homenagem ao Dia do Professor

Seduc e Funec desejam a todos os professores da Rede um excelente dia.

Nesta terça-feira (15/10), é comemorado o Dia do Professor. A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e da Fundação de Ensino de Contagem (Funec), acredita no potencial de cada profissional responsável pela tarefa tão fundamental na vida dos nossos mais de 60 mil estudantes que é a Educação. Nesta importante data, devemos lembrar daqueles que um dia nos mostraram o vasto caminho do conhecimento, respeito e também admiração, assim como já dizia o professor Paulo Freire: “Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção”.

Tanto a Seduc quanto a Funec estão atentas aos processos e deveres que a Rede Municipal de Ensino tem passado no decorrer do ano letivo. E dessa forma, algumas reivindicações dos professores da Rede já estão garantidas por meio do empenho do prefeito Alex de Freitas e da secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, como de toda a equipe. Como por exemplo:

* 5% de recomposição de perdas salariais, retroativo ao mês de junho de 2019;

* Alteração do índice do padrão da carreira de 2% para 2,15%;

* Redução da jornada semanal de trabalho do Quadro Administrativo, de 30h para 25h sem redução de salário e sem perdas de direitos;

* Realização de Concurso Público para a área da Educação com previsão de publicação do edital para o mês de setembro;

* Mais um secretário para as Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis);

* Garantia de 1.5 de professores para cada turma;

* Pagamento dos dias de paralisação cortados (30/05, 14/06 e 18/06);

* Merenda para os trabalhadores da Educação a partir da renovação do contrato de prestação de serviço;

* Garantia de nove liberações sindicais para atuação na Subsede Contagem do SindUte. A legislação municipal previa três liberações e, a cada gestão, a diretoria do SindUte dependia da negociação com o Governo Municipal que estivesse no momento. A partir de agora, as liberações pertencem à organização dos trabalhadores em Educação, cabendo aos mesmos o seu encaminhamento;

* Mudança do nível de vencimento para o cargo de diretor de escola municipal e de diretor da Funec, de Dam-7 para Dam-8, representando uma valorização para a categoria.

O dia do professor é importantíssimo ser lembrado hoje, mas é também no decorrer dos anos que o governo municipal tem trabalhado para a valorização desses profissionais que representam o ensino, zelo e amor para as crianças, jovens e adultos da cidade de Contagem. Tenham todos um excelente dia!

Reportagem: Leonardo Melo
Arte: Renata Coura
Publicação: 15/10/2019

Semad e Funec promovem segundo concurso de Redação sobre educação ambiental

Destinado aos estudantes do primeiro ano da Funec, o concurso tem por objetivo despertar o interesse dos alunos para as questões ambientais e a importância do plantio de árvores e da preservação ambiental.

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e com o apoio da Fundação de Ensino de Contagem (Funec), promove o segundo concurso de redação sobre educação ambiental, que integra as ações do Projeto Cidade Verde Plantando Ideias.

Destinado aos estudantes do primeiro ano da Funec, o concurso tem por objetivo despertar o interesse dos alunos para as questões ambientais e a importância do plantio de árvores e da preservação ambiental. Os trabalhos deverão abordar o tema “Arborizar Para Uma Vida Melhor”, nos quais os alunos devem debater sobre como o cuidado com o meio ambiente melhora a qualidade de vida nas cidades.

Os trabalhos deverão ser produzidos em sala de aula, sob orientação dos professores. A partir do dia 17 de setembro, as escolas receberão um kit contendo carta convite, cartaz de divulgação do concurso e a ficha de inscrição de redação. As redações serão escritas diretamente na ficha de inscrição. Cada escola poderá inscrever três redações, cabendo a ela a seleção dos melhores trabalhos.

O resultado será divulgado no dia 30 de outubro. Os vencedores serão premiados com um tablet para o primeiro lugar, uma caixa de som portátil para o segundo e um fone de ouvido para o terceiro. Saiba mais no regulamento do concurso (CLIQUE AQUI). Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail: eduambiental.contagem@gmail.com ou pelo telefone 3352-3072.

Reportagem: Túlio Andrade
Foto: Divulgação
Publicação: 06/09/2019

Prefeitura atende reivindicações históricas dos trabalhadores da Educação

Projeto de Lei será enviado à Câmara contemplando conquistas na carreira dos servidores.

Os avanços na Educação em Contagem não param. O governo municipal atenderá uma série de reivindicações dos educadores, acordadas na Comissão Permanente de Negociação Coletiva (Copenc) e aprovadas em assembleia pela categoria. As propostas contemplam conquistas históricas na carreira, além de conceder 5% de recomposição de perdas salariais, retroativo ao mês de junho de 2019. A previsão é de que o projeto de Lei seja enviado pelo Executivo à Câmara Municipal nos próximos quinze dias.

Segundo a secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, a valorização da Educação se configura nas reivindicações históricas dos trabalhadores atendidas. “Essa é uma conquista da categoria que será possível após o esforço do governo. Todas as propostas tiveram grande incentivo do prefeito Alex de Freitas, e foram muito estudadas num trabalho em conjunto com as secretarias de Administração e Fazenda. Toda essa política de valorização reflete na qualidade do ensino ofertado, pois além das conquistas de lutas históricas pelos professores, a prefeitura tem investido na revitalização e reforma das escolas, bem como no kit escolar, uniformes, merenda, e muitas outras ações para dar mais dignidade aos trabalhadores e também aos estudantes”, destacou.

De acordo com o secretário municipal de Administração, Luiz André de Araújo Vasconcelos, as medidas foram possíveis devido ao retorno dos repasses feitos pelo governo do estado em relação as verbas do Fundeb. “Isso permitiu que o município voltasse com a política de valorização dos servidores da Educação que ficou paralisada em razão da retenção dos recursos municipais até janeiro deste ano. Neste momento de contenção de gastos essa é a principal bandeira do governo, fico muito feliz em ter conduzido essa negociação e conseguido atingir os objetivos, ressaltando que esse é um compromisso do prefeito”, disse.

Confira as reivindicações que serão atendidas:

· 5% de recomposição de perdas salariais, retroativo ao mês de junho de 2019;

· Alteração do índice do padrão da carreira de 2% para 2,15%;

· Redução da jornada semanal de trabalho do Quadro Administrativo, de 30h para 25h sem redução de salário e sem perdas de direitos;

· Realização de Concurso Público para a área da Educação com previsão de publicação do edital para o mês de setembro;

· Mais um secretário para as Unidades Municipais de Educação Infantil (Umeis);

· Garantia de 1.5 de professores para cada turma;

· Pagamento dos dias de paralisação cortados (30/05, 14/06 e 18/06);

· Merenda para os trabalhadores da Educação a partir da renovação do contrato de prestação de serviço;

· Garantia de nove liberações sindicais para atuação na Subsede Contagem do SindUte. A legislação municipal previa três liberações e, a cada gestão, a diretoria do SindUte dependia da negociação com o Governo Municipal que estivesse no momento. A partir de agora, as liberações pertencem à organização dos trabalhadores em Educação, cabendo aos mesmos o seu encaminhamento.

Reportagem: Vanessa Trotta
Arte: Renata Coura
Publicação: 13/08/2019