Posts com a Tag ‘Diretores’

Educação dá boas-vindas a novos dirigentes da rede pública municipal

Diretores e diretoras da gestão 2019-2021 se reúnem para discutir “liderança na gestão escolar”

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc) realizou no auditório da Belgo Bekaert, um encontro com cerca de 120 diretores e diretoras eleitos para a gestão 2019-2021 da Rede Municipal de Ensino de Contagem e da Fundação de Ensino de Contagem. Em um clima de boas-vindas, o encontro teve como foco preparar os dirigentes para assumirem seus cargos, no próximo ano, com uma postura de forte liderança.

Para isso, a Seduc convidou a empresa Em Caminhar, de Juliana Tófani, pedagoga, especializada em educação infantil, e Ariane Rolim, psicóloga, psicopedagoga e especialista em psicologia médica e saúde mental. Profissionais com larga experiência em gestão escolar, elas ministraram duas palestras, cujos temas abordaram as relações interpessoais dentro das escolas.

Ariane Rolim abriu sua apresentação com a música “A paz”, de Roupa Nova para disseminar a sensação de pertencimento entre os diretores. “O objetivo dessa palestra é transmitir a ideia de que o que nos une é muito maior do que o que nos separa. O desejo de querer que a educação realmente traga bons frutos para essa moçada de hoje tem de ser o maior objetivo comum. E o lugar que esses dirigentes ocupam é um lugar de liderança, de condução, de levantar a autoestima, porque eu só acredito em educação através do afeto. Então, essas relações precisam acontecer porque o lugar que eles ocupam exige isso”, explicou a especialista.

Durante sua explanação, Ariane também utilizou da parábola de Rubem Alves ‘Ostras Felizes não produzem pérolas’, dizendo “a ostra produz a pérola a partir de uma inquietação, uma inflamação no corpo, então o que a gente faz com os nossos conflitos? A gente produz uma pérola, algo de positivo, de aprendizado, ou desestrutura a equipe e a escola deixa de cumprir o seu papel?”, questionou ela com o objetivo de levantar o debate entre os participantes.

A pedagoga Juliana Tófani, que possui 24 anos de magistério na rede municipal de Belo Horizonte, sendo 19 como diretora, também provocou várias reflexões, como por exemplo “o diretor de escola é um líder? Ou é só uma pessoa para gerir financeira e administrativamente a escola?”. Na opinião da especialista “é claro que não. O cargo de diretor é muito maior do que isso e traz várias coisas juntas, a questão pedagógica, humana, política. Por isso, assumir um papel de liderança é tão importante”, afirma.

Tófani elogiou muito a iniciativa da Prefeitura, uma vez que, para ela, o único caminho para se alcançar esses objetivos é a informação e a formação. Nesse sentido, a secretária municipal de Educação, Sueli Maria Baliza Dias, que esteve presente ao evento, disse que essa é a primeira de várias medidas que a Secretaria quer promover para discutir as questões que perpassam a gestão nas escolas. “O gestor precisa se perceber parte desse processo, porque ele é um elo entre família, estudante e Município. E temos muito o que contribuir para com a atividade deles, haja vista várias experiências de sucesso que acumulamos ao longo dos anos, cumprindo este mesmo papel, que para muitos que vieram aqui hoje é a primeira vez”, justificou.

A subsecretária de Educação, Dagmá Brandão Silva, complementou Sueli. “A gente tem como princípio que o trabalho da gestão é um trabalho definidor dos rumos da Educação no Município. Acabamos de passar por um pleito que transcorreu muito bem e hoje estamos acolhendo esses diretores, querendo demonstrar a eles a importância do trabalho que vão desempenhar”, ressaltou.

E uma novidade. De acordo com a diretora de Ensino da Funec, Clarice Helena Pereira, esse não é um evento isolado. “A expectativa é grande no preparatório que o Município pretende desenvolver com esses diretores ao longo de todo o ano. E para isso, faremos encontros mensais, buscando torná-los cada vez mais ricos. Isso porque o Município tem consciência de que o maior desafio de um dirigente hoje pode estar em conseguir unir o administrativo ao pedagógico sem perder nenhum dos dois lados. Principalmente, porque o administrativo exige muito do diretor, sendo que o pedagógico é tão essencial quanto”, relatou.

 Sandra Mara de Oliveira Vicente, pedagoga, com 34 anos de experiência, vai assumir o cargo de diretora na Escola Municipal Glória Marques Diniz e defendeu que o diretor de escola tenha suporte para ser um líder. “O diretor trabalha com grupos e tem a missão de congregar valores da comunidade, dos estudantes e dos professores. Para isso, será necessário traçar projetos e ações coletivas de maneira que fortaleça quem está na ponta, ou seja, os estudantes”, destacou.

Os processos de escolha pública de dirigentes escolares da Rede Municipal de Ensino de Contagem e da Fundação de Ensino de Contagem (Funec) encerraram dia 6 de dezembro. Das 114 escolas municipais, em apenas uma instituição houve segundo turno. Nas dez unidades da Funec, os diretores e vices foram eleitos em primeiro turno.

Reportagem: Patrícia Brum
Foto: Paulo Pereira
Publicação: 17/12/2018

Seduc realiza palestra para diretores eleitos

Evento será realizado na próxima quinta-feira e vai tratar sobre gestão escolar

A Secretaria Municipal de Educação realiza um encontro com os dirigentes eleitos para a gestão 2019-2021. O objetivo é dar boas-vindas e prepará-los para assumirem o cargo no próximo ano. Os diretores participarão de uma palestra sobre os desafios e metodologias para o exercício da função.

A palestra será ministrada pela pedagoga Juliana Tófani e pela psicóloga Ariane Rolim. As profissionais têm larga experiência em gestão escolar.

O encontro será nesta quinta-feira (13), às 19h, no auditório da Belgo Bekaert. O endereço é avenida General David Sarnoff, 909, portaria 4, bairro Cidade Industrial. Devido às normas de segurança da empresa, para ter acesso ao local, o participante deve estar calçando sapato fechado sem salto ou com salto de até 5 cm.

O processo de escolha pública de dirigentes escolares da Rede Municipal de Ensino de Contagem e da Fundação de Ensino de Contagem (Funec) foi encerrado no dia 6 de dezembro. Das 114 escolas municipais, em apenas uma instituição houve segundo turno, já que as chapas inscritas não conseguiram 50% dos votos mais um. Nas dez unidades da Funec os diretores e vices foram eleitos em primeiro turno. Os diretores e vices têm as atribuições de gerir os setores financeiros, administrativos e pedagógicos da instituição.

Reportagem: Júlio César Santos
Publicação: 11/12/2018

Escolas e unidades da Funec realizam escolha de diretores e vices

Processo de escolha em todas as escolas deve ser finalizado nesta quinta-feira (6)

Servidores, estudantes e pais estão tendo a oportunidade de escolher os diretores e vices que irão dirigir as escolas da Rede Municipal de Ensino e as unidades da fundação de Ensino de Contagem (Funec) nos próximos três anos.

Participam das votações estudantes com mais de 13 anos, pais ou responsáveis de alunos matriculados na Rede e todos os servidores da escola. A escolha pública é acompanhada por uma comissão eleitoral, formada em cada instituição de ensino.

O processo tem o propósito de promover uma gestão democrática em todos os segmentos. Das 114 escolas municipais, 106 já conhecem os nomes dos próximos gestores. “Em apenas uma instituição haverá segundo turno, já que as chapas inscritas não conseguiram 50% dos votos mais um. O processo ocorre nesta quinta-feira (6). Em outras sete não houve quórum suficiente de 30% de alunos, pais e responsáveis, cadastrados para votar, determinado no edital. Então demos um prazo maior para que houvesse esse cadastro para que o processo de escolha seja democrático”, enfatizou a subsecretária de Ensino, Dagmá Silva Brandão.

Nas dez unidades da Funec os diretores e vices foram eleitos em primeiro turno. Os diretores e vices têm as atribuições de gerir os setores financeiros, administrativos e pedagógicos da instituição. Os eleitos no pleito serão nomeados a partir de 1º de janeiro de 2019.

Reportagem: Júlio César Santos
Fotos: Geraldo Tadeu
Publicação: 05/12/2018

Educadores de Contagem participam de Fórum Brasileiro de Diretores. Evento reuniu gestores escolares de diversas cidades de Minas Gerais.

Seduc e Funec preparam consulta para escolha de diretores escolares

Escolha dos novos dirigentes começa no próximo mês

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e a Fundação de Ensino de Contagem (Funec) publicaram a resolução conjunta nº 003/2018 refente à consulta à comunidade escolar para a escolha de diretores e vice-diretores das Unidades Escolares Municipais.

A escolha dos dirigentes pela comunidade escolar ocorre a cada três anos e tem como finalidade fortalecer a gestão democrática na Rede e na Fundação. Nas 115 escolas municipais e nas 10 unidades da Funec o 1º turno está marcado para o dia 29 de novembro.

Abaixo estão disponíveis a Resolução referente à consulta e os todos os documentos relativos ao processo.

Resolução Conjunta Seduc/Funec nº 003 – 03 de outubro de 2018
Anexos e documentos relativos ao processo

Publicação: 05/10/2018

Equipe da Seduc se reune com dirigentes escolares de todas as regionais da cidade. Encontros serviu como troca de experiências e discussão sobre ações desenvolvidas.

Secretária de Educação promove encontros com dirigentes escolares

Secretários e superintendentes da Seduc percorreram as oito regionais ouvindo demandas e apresentando as ações do governo

A secretária municipal de Educação, Sueli Baliza, subsecretários, superintendentes e diretores da Seduc realizaram uma série de encontros com dirigentes escolares das 115 escolas e Umeis de Contagem. O objetivo foi trocar experiências e ouvir sugestões que possam contribuir ainda mais para o bom desempenho do trabalho.

Sueli Baliza destacou as ações que foram desenvolvidas durante o ano e que ainda estão em pauta pra o fim do ano letivo e para 2019. “Essa reunião mostrou que estamos juntos com as escolas e regionais. Sabemos da individualidade de cada uma e almejamos solucionar cada demanda. Hoje percebemos que devemos ter a relação e trabalhar em conjunto com todas as escolas e regionais para sermos parceiros de longa data”, enfatizou Sueli.

Durante os encontros, os superintendentes da pasta explicaram sobre as atividades desenvolvidas pelos setores. No setor de inclusão, por exemplo, foi evidenciado o convênio firmado com o CAIS, para atendimento de estudantes portadores de deficiência. O setor de projetos especiais explicou sobre o andamento da construção da escola em tempo integral. Os dirigentes também receberam informações sobre a seleção dos novos livros didáticos, que chegam às escolas no próximo ano.

Foram sete encontros, cada um em uma região da cidade. A iniciativa também foi uma forma de aproximar as escolas das administrações regionais. A administradora da Regional Riacho, Leandra Medeiros afirma que as reuniões fortaleceram ainda mais os laços entre a gestão e a comunidade escolar “Foi maravilhoso ter a presença da Seduc e dos dirigentes na Regional. A Secretaria deu a oportunidade de cada um levar as reivindicações de dentro e fora das escolas”, destacou.

No final da reunião os diretores receberam um kit com mais de cem livros literários, de diversos autores nacionais e internacionais, para renovação do acervo das bibliotecas.

Clique AQUI e confira fotos de todos os encontros.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Geraldo Tadeu
Publicação: 02/10/2018

Diretores e vice-diretores participam de formação sobre fiscalização alimentar nas escolas

Inspeção dos alimentos e composição dos cardápios escolares são destaque no encontro.

Cerca de 120 diretores e vice-diretores de escolas da rede municipal de ensino participaram da formação promovida pela Secretaria Municipal de Educação (Seduc), por meio da equipe de Alimentação Escolar.

O objetivo foi orientar os dirigentes das escolas a fiscalizarem melhor a merenda recebida por empresas terceirizadas e discutir sobre a composição dos cardápios para os estudantes.

Foram explicados os procedimentos de fiscalização que devem ser feitos nas escolas. Durante palestra proferida na ocasião, o corpo educacional foi instruído a montar uma comissão nas escolas para acompanhar bem de perto o processo de distribuição da merenda escolar.

“Essa formação é basicamente orientativa. Nosso papel é fiscalizar se a empresa está executando tudo o que a prefeitura demanda. Então passamos para os responsáveis das unidades escolares toda a técnica estabelecida”, explica a nutricionista escolar, Andréa Cecilia Braga.

A diretora da Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Jardim Laguna, Cinara Bicalho, fala sobre a importância da formação na questão pedagógica. “Sobre a questão da educação alimentar, nós precisamos educar essa nova geração e ajudá-los a se alimentarem bem. Todo processo organizado tende a nos ajudar e também aos estudantes”, finalizou Cinara.

A formação, ocorre no Centro Universitário Una, acontece durante dois dias no primeiro semestre. Assim, todos os responsáveis pelas unidades escolares podem participar e aplicar o que aprenderam durante todo o ano letivo nas escolas municipais.

Reportagem: Nayara Macedo (sob a supervisão de Leonardo Melo)
Foto: Nayara Macedo
Publicação: 11/05/2018

Secretário de Educação e diretores definem estratégias para 2018

Debates buscaram melhorias para estudantes e educadores

O secretário Municipal de Educação, Joaquim Antônio Gonçalves, se reuniu com os diretores e vices das escolas para fazer um balanço do ano letivo e definir estratégias para 2018. Cerca de 130 gestores escolares participaram do encontro.”Mensalmente apresentamos aos gestores as diretrizes propostas para as escolas. Tuco é pensado com base na formação dos estudantes e dos educadores”, informou Gonçalves.

Para 2018, a secretaria já prepara a logística para que os estudantes recebam uniformes e kits escolares. As obras e pinturas das escolas também foram mencionadas. A secretaria está investindo 54 milhões na melhoria das estruturas físicas das instituições para proporcionar mais conforto aos estudantes e educadores.

Reunião com Administradores Regionais
Após o encontro com os gestores escolares, o secretário de Educação recebeu os administradores regionais. Foram discutidos temas referentes ao envolvimento da comunidade com as escolas. Um dos destaques da pauta foi a organização de equipes da prefeitura para manutenção e limpeza das escolas. Com o período de chuvas o mato cresce bastante e a ideia é que toda a capina e limpeza seja realizada antes do início do ano letivo

Para a administradora da Regional Nacional, Leandra Ferreira, os encontros são essenciais para levantar as propostas e consequentemente atender os anseios da população.”Eu vejo que as últimas pautas apresentadas têm servido para alinharmos os trabalhos entre as regionais e a Seduc. Com isso aproximamos a escola da comunidade, dando mais visibilidade aos projetos e melhorias”, finalizou.

Reportagem e fotos: Leonardo Melo 

Administradores regionais e diretores de escolas estão mais próximos

Ação promovida pela Seduc visa estreitar os laços no sentido de fortalecer a educação no município.

A Secretaria Municipal de Educação (Seduc), organizou o Primeiro Encontro de Administradores Regionais e Diretores Escolares, no Centro Universitário UNA, em Contagem. O encontro serviu para alinhar diretrizes entre as escolas municipais e os Centros Municipais de Educação Infantil (Cemei) com as administrações das oito regiões da cidade.

Durante o encontro, o secretário Municipal de Educação, Joaquim Antônio Gonçalves, mostrou as propostas feitas pela a atual gestão em 2017 e as futuras ações para 2018. Outra didática feita pela Seduc, foi colocar os administradores com cada diretor de escola de acordo com a regional respectiva. A ideia é que durante a reunião ambos pudessem se conhecer e apresentar propostas para cada bairro do município, pensando no bem comum da educação. “Adorei essa organização das mesas no tange a verificação das demandas de cada região”, destacou a diretora da Escola Municipal Vereador Jesú Milton dos Santos, Maristela Bragança.

Quem também esteve presente, foi a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Fundação de Cultura de Contagem (Fundac). Ambas apresentaram ações que serão feitas até o final do ano. A SMS apresentou à proposta de Vigilância Epidemiológica das Arboviroses, que visa o combate ao mosquito Aedes aegypti o qual pode transmitir o vírus da Dengue, Zika Vírus, Febre Chikungunya e Febre Amarela. E a Fundac falou sobre o a programação do especial de natal. Ambos os setores pediram que as escolas tenham atuação.

“O encontro foi positivo e serve para identificarmos as situações de cada região do município. Precisamos sair da floresta para podermos enxergar as árvores”, afirma a administradora da Regional Vargem das Flores, Kátia Bordoni.

O encontro na UNA foi o primeiro na história de Contagem. Diversas pautas entraram no planejamento e outras reuniões acontecerão até o final do ano. “Quero agradecer a todas as regionais pelo empenho e por terem vindo até nós. Temos que trabalhar juntos com o intuito de levar o melhor da educação para essa integração”, finalizou o secretário de Educação, Joaquim Antônio Gonçalves.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Leonardo Melo e Newton de Castro Resende