Posts com a Tag ‘Concurso’

Concurso de canto para imigrantes reúne estudantes do Escola Sem Fronteiras

Concurso é uma forma de criar interação e valorização dos estrangeiros

O primeiro concurso de canto entre imigrantes da região metropolitana; o MIGRA VOZ chegou ao fim. Três finalistas se apresentaram-se no palco: Louis Widson mandou um alô a brasileiros e haitianos em ritmo de música da Bahia e Amazan Maxon deu seu recado por meio do reggae. Mas a grande vencedora foi a haitiana Justina Derise, que soltou a voz interpretando a cantora pop Adele. Antes das apresentações, o trio de hap haitiano Koze Jen contagiou o público.

O MIGRA-VOZ é um projeto idealizado pela Associação dos Haitianos e tem apoio da Prefeitura de Contagem, por meio de sua Secretaria Municipal de Educação, Fundação Municipal de Cultura, e PUC Minas. O objetivo é dar visibilidade aos estrangeiros residentes nas cidades vizinhas e possibilitar a interação cultural entre os diversos povos.
Edirléia Pádua faz parte da diretoria de Formação do Escola sem Fronteiras, programa executado pela Secretaria Municipal de Educação (Seduc) do qual o Migravoz faz parte. Ela comentou a importância da iniciativa. “Buscamos estimular a visibilidade para a inserção e acolhimento dessas pessoas”, destaca.

O concurso foi realizado em Contagem e Belo horizonte e contou com quatro etapas. A etapa preliminar selecionou os concorrentes. Na sequência eles participaram de duas fases classificatórias. Na final, os três melhores subiram ao palco.

Os candidatos tiveram que interpretar gêneros musicais em português ou no idioma nativo. Cada participante pôde cantar no máximo duas músicas selecionadas nas fases classificatórias e uma música na final.
O MIGRA-VOZ deve entrar para o calendário de atividades da “Escola sem Fronteiras”, que tem como objetivo criar aos imigrantes a oportunidade para o aprendizado da língua portuguesa, contribuindo para a inserção social dos estrangeiros.

Reportagem: Carolina Brauer
Foto: Ricardo Lima

Estudantes e professores são premiados em concurso sobre meio ambiente

Concurso teve como tema a energia nas cidades

A Escola Municipal Pedro Pacheco de Souza ficou entre os três trabalhos ganhadores do Prêmio Arcelor Mittal de Meio Ambiente. Os estudantes participantes receberam medalhas pelo projeto que visa a melhoria de qualidade na vida dos trabalhadores do bairro Peróbas.

Durante uma visita ao aterro Sanitário de Contagem, os alunos perceberam que uma máquina usada pelos trabalhadores não estava funcionando devido ao consumo elevado de energia. “Pensamos em algo que funcionasse à base de energia sustentável e que não tivesse custo. Fizemos um pequeno protótipo que possui materiais recicláveis como garrafas de plástico e hélices de ventiladores usados que captam a energia eólica e a transforma em combustível.” explica Bárbara Dornelas, uma das integrantes do grupo.

As ideias foram desenvolvidas em sala de aula com a supervisão dos professores da disciplina de geografia e ciências, que também foram premiados com medalhas de bronze e um certificado.

“O grupo estudou a fundo o tema escolhido dentro da possibilidade e capacidade de cada um, então entenderam a importância da reciclagem e sustentabilidade. Tivemos o prazer de ser contemplados em 3° lugar com esse projeto” diz o professor Wenderson Chaves de Assis.

Reportagem e foto: Nayara Macedo (sob supervisão de Júlio César Santos)

Contagem e BH vão sediar concurso de canto entre imigrantes

Inscrições vão até quinta-feira (7)

Contagem e Belo Horizonte vão sediar o primeiro concurso de canto entre imigrantes da região metropolitana; o MIGRA VOZ. O objetivo é dar visibilidade aos estrangeiros residentes nas cidades vizinhas e possibilitar a interação cultural entre os diversos povos.

Para participar é preciso ser imigrante, ter mais de 14 anos, possuir residência fixa em qualquer cidade da grande BH. Menores de 18 anos precisam de autorização dos responsáveis. As inscrições podem ser feitas até o dia 7 de dezembro por meio do link: bitly.com/migravoz.

Será aceito qualquer gênero musical, interpretado em português ou no idioma nativo do concorrente. A apresentação poderá ser solo ou em grupo. Cada participante poderá ter no máximo duas músicas selecionadas para as fases eliminatórias e uma música para a final. O tema para as composições originais é “Natal fora de casa”.

O concurso terá uma etapa preliminar, na qual serão selecionados 13 concorrentes. Na sequência haverá duas etapas classificatórias e fase final.

O concurso será realizado nos dias 9, 10, 16 e 23 de dezembro de 2017, na Praça das Jabuticabas, que fica no centro de Contagem e na PUC, campus Coração Eucarístico em Belo Horizonte.

O MIGRA-VOZ é um projeto idealizado pela Associação dos Haitianos e tem apoio da Prefeitura de Contagem, por meio de sua Secretaria Municipal de Educação, Fundação Municipal de Cultura, e PUC Minas.

Para ter acesso completo ao regulamento clique aqui.

Reportagem: Júlio César Santos
Arte: Renata Coura

Concurso do Senado Federal vai premiar estudantes do ensino médio

Autores dos melhores textos vão ser eleitos “Jovens Senadores”.

Estudantes têm até a próxima sexta-feira (18) para se inscreverem no concurso “Jovem Senador”. O projeto tem como objetivo inserir o aluno no meio político, incentivando o conhecimento e o respeito às diferenças.

Para participar é preciso estar cursando o ensino médio em escola pública e ter menos de 19 anos. A 10ª edição do concurso traz o tema: “Brasil plural, para falar de intolerância”. Os candidatos terão que produzir um texto dissertativo-argumentativo de 20 a 30 linhas.

Serão escolhidas 27 redações. Os autores receberão um certificado de classificação e um diploma de “Jovem Senador”. Os três primeiros colocados viajarão para Brasília acompanhados do professor orientador para conhecer o dia a dia dos senadores. As despesas com deslocamento, hospedagem, alimentação e translados ficarão a cargo do Senado Federal.

A escola que não tenha recebido o kit contendo as folhas de inscrição e redação, poderá acessar o link http://www12.senado.leg.br/jovemsenador/menu/como-participar/inscricao

As redações deverão ser escritas com canetas esferográficas azul no papel timbrado do Senado. As escolas de Minas participantes, deverão enviar os conteúdos envelopados para a Secretaria de Educação. O endereço é Rodovia Papa João Paulo II nº 4143. Complemento: Prédio Minas, 11º Andar – lado par – Estação 1032 e 1034. Bairro Serra Verde, Belo Horizonte – MG.CEP: 31.630-900.

Reportagem: Redação Seduc
Arte: Renata Coura

Controladoria Geral da União promove concurso de desenho e redação para estudantes

Inscrições vão até o dia 30 de setembro.

A Controladoria-Geral da União (CGU) abriu as inscrições para a 9ª edição do concurso de desenho e redação. O tema: “Todo dia é dia de cidadania”, tem o objetivo de incentivar o debate de alunos nas escolas públicas e privadas de todo país sobre controle social, a ética e a convivência cidadã nos ambientes educacionais.

As inscrições podem ser feitas pela internet, no Portalzinho da Criança Cidadã e na página https://concursos.cgu.gov.br. O código de inscrição é gerado e pode ser editado a qualquer momento. O envio dos trabalhos dos alunos poderão ser enviados apenas por meio digital.

O concurso é voltado para alunos matriculados em escolas públicas e privadas de todo o Brasil. Os estudantes do 1° ao 5° ano do ensino fundamental concorrerão na categoria “Desenho”. Já os do 6° ao 9° ano do fundamental e do 1° ao 3° do ensino médio e os da EJA (Educação de Jovens e Adultos) devem se inscrever na categoria “Redação”.

Os autores dos três melhores trabalhos em cada categoria irão receber um tablet e um certificado de reconhecimento da CGU. Os professores coordenadores também serão premiados. As três instituições com a melhor ideia para abordar o tema vencem a categoria “Escola Cidadã”.

O edital do concurso, os formulários de inscrição e o guia do professor estão disponíveis no Portalzinho da Criança Cidadã.

Reportagem: Redação Seduc
Arte: Renata Coura

Divulgada a logomarca em homenagem aos 35 anos da Funec/Centec

Três estudantes de químicas foram os vencedores do concurso

Três alunos do 2º ano de química foram os vencedores do concurso para escolha da logomarca em homenagem aos 35 anos da Funec/Centec. O resultado foi divulgado nesta quinta-feira (27). A ideia é a de que a marca fique estampada nas mangas dos uniformes dos cursos técnicos e que também seja criado um painel no interior da instituição de ensino.

“Passamos a fazer parte da história da escola. Quando formos para o mercado de trabalho, essa também será a nossa marca”, comemora a estudante Amanda Assunção, 16 anos, uma da vencedoras. Os outros são Mateus Vinicius Silva e  Yasmin Cordeiro, também de 16.

Referência em Minas, a Funec/Centec foi inaugurada em 1982. Oferece cursos de ensino médio e técnico. Todos os 518 alunos participaram do concurso e cinco trabalhos chegaram à final.

“Temos muito talentos. Trabalhamos para que os estudantes se sintam donos do espaço e soltem a criatividade”, destaca a professora Adriana de Oliveira. “Os alunos souberam passar o que a escola representa. Eles vestiram a camisa da instituição, mostraram a identidade e o trabalho final foi positivo”, conclui o vice-diretor, José Antônio.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Luíz Henrique Grossi