Posts com a Tag ‘Cemei’

Escolas municipais entram no clima do Dia das Crianças

Instituições prepararam festinhas, brinquedos e muitas surpresas para homenagear os alunos.

A semana das crianças é a data mais aguardada pelos alunos, e para fazer a alegria da garotada, as escolas e centros infantis se preparam com uma programação recheada de muita diversão e surpresas.

Cada instituição levou algum tipo de novidade para comemorar a data. Houve brincadeiras de roda, oficinas, músicas, gincanas, banho de mangueira, aulas de dança e festas a fantasia, tudo isso regado a muita pipoca e algodão doce, para a alegria dos estudantes.

No Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Jardim Laguna, da Regional Ressaca, a direção organizou um baile de fantasias. Os estudantes puderam usar da criatividade e vestiram roupas que lembravam super-heróis, personagens de histórias infantis e do folclore. Tudo foi bem orquestrado com os professores, que também caíram na brincadeira.

A diretora da Cemei, Cinara Prado Bicalho, conta a importância da valorização desse dia. “A gente leva a infância muito a sério. Gostamos de proporcionar momentos felizes para as nossas crianças. A data traz um momento de felicidade e descontração”, afirma.
O Dia das Crianças é uma data comemorada em diferentes países. De acordo com a história e o significado, cada país escolhe uma determinada data e certos tipos de celebração para lembrar de suas crianças. Confira as fotos da linda festa feita por alunos e professores: clique aqui.

Reportagem: Nayara Macedo (sob a supervisão de Leonardo Melo)
Fotos: Newton de Castro Resende

Crianças recriam patrimônios culturais de Contagem

Trabalhos buscam preservar a identidade dos contagenses.

Durante todo o ano, os estudantes do Cemei Icaivera estudam sobre os patrimônios culturais de Contagem. As turmas, formadas por crianças de 3 a 5 anos, visitam pontos turísticos, museus e assistem a peças teatrais sobre a história da cidade. Todo o aprendizado é transformado em trabalhos artísticos.

As 200 crianças da instituição utilizaram materiais recicláveis para recriar os espaços culturais de Contagem. Elas montaram diversas maquetes. Entre as réplicas estão a Igreja São Gonçalo, do Centro Cultural, Comunidade dos Arturos. “É um trabalho pedagógico que tem o objetivo preservar e valorizar nossa identidade”, destacou a diretora Érica Fabiana Beltrão.

Além dos pontos turísticos, os estudantes conhecem a culinária típica de Contagem. Na cantina, participaram de uma oficina e produziram doces de abóbora. A guloseima foi distribuída para todos os estudantes e os trabalhos ficaram expostos e puderam ser visitados pela comunidade. “Essa ação faz com que os estudantes tenham contato com a história, além de promover a interação entre escola e comunidade”, finalizou a diretora.

Confira aqui alguns trabalhos dos estudantes.

Reportagem: Júlio César Santos
Fotos: Divulgação

Raposão faz a festa da criançada no Cemei Jardim Eldorado

Integrantes da torcida do Cruzeiro distribuíram donativos para alunos e educadores

Integrantes de uma torcida organizada do Cruzeiro fizeram a festa da criançada matriculada no Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Jardim Eldorado, na Vila Marimbondo, em Contagem. Foram distribuídos mais de 200 donativos para alunos e educadores. Mascote do time celeste, o Raposão também participou da ação social.

Além do bate-papo de futebol, os meninos ganharam brinquedos e chocolates do Comando Guerreiro Eldorado, filial da Máfia Azul. “Gostei muito da vinda do Raposão, ele me trouxe felicidade”, comemorou Maurício de Freitas, aluno do Cemei.

Conciliar futebol com educação é uma das melhores formas de promover a inclusão, como avalia a diretora do Cemei, Eliene Miguel. “Eu adoro trabalhar esporte na escola. Acredito que além de salvar crianças e jovens da criminalidade, ambos trabalham a disciplina e o bem-estar”, ressalta.

Para Alexandre Magno, diretor da torcida organizada, o esporte deve ser trabalhado em todas as instituições educacionais. Ele defende atividades esportivas promovidas nas praças, ruas e academias ao ar livre. “Estamos há 20 anos com projetos desse cunho, pois acreditamos que esse trabalho salva pessoas. O nosso objetivo é levar a inclusão para toda a comunidade de Contagem”, finaliza.

Reportagem: Leonardo Melo 
Fotos: Elias Ramos