Investimentos na educação para o próximo ano são apresentados para a comunidade

Encontros ocorreram nas oito regionais da cidade

Em 2018 a Prefeitura de Contagem vai continuar priorizando a educação. Na noite dessa quinta-feira (30), a comunidade escolar se reuniu para conhecer as melhorias que serão realizadas no próximo ano letivo.

A novidade é que os alunos vão aprender inglês mais cedo. A disciplina foi implementada do 1º ao 3º ano. Antes, a língua só era ensinada no 4º ano. Para o próximo ano também serão contratados mais profissionais para as Unidades Municipais de Educação Infantil. A contratação de secretários vai possibilitar que o atendimento administrativo seja de 7h às 17h30. 106 novos agentes de educação infantil irão compor o quadro de servidores. 

No próximo ano, os estudantes vão receber novamente os kits escolares. Uma iniciativa inédita na cidade é a oferta de uniformes. Os estudantes, pais e educadores puderam escolher as cores das novas roupas por meio de votação.

A Prefeitura ainda vai modernizar a metodologia de ensino. Os estudantes e professores do 6º ano vão receber um notebook reversível. Os equipamentos serão aliados no aprendizado em sala de aula e em casa. Ainda nas salas, os quadros, nas salas de 6º ano, serão substituídos por lousas digitais. O conteúdo passado pelo professor estará disponível nos computadores dos estudantes.

Até o fim de 2018 a prefeitura vai zerar o déficit de vagas de estudantes de 4 e 5 anos. Já no início do ano serão abertas 2.351 novas vagas para crianças de 0 a 5 anos. Para atender a nova demanda, foi preciso reorganizar o atendimento em algumas escolas. 

Investimentos em 2017
Assim que assumiu a gestão, o atual governo estabeleceu como meta na educação reestruturar as diretrizes pedagógicas, dinamizar o trabalho dos educadores, melhorar a qualidade de ensino, garantir o aprendizado dos estudantes e ampliar o número de vagas. Por isso, passou a realizar medidas de melhorias em toda a rede.

Logo no início de 2017 liberou 4 milhões para reformas emergenciais. Os kits escolares ganharam uma roupagem especial. Foram entregues em mochilas, que atendem às necessidades de cada faixa-etária.

Por causa das estruturas precárias, o governo lançou o maior pacote de investimentos de reformas. 32 escolas passam por obras completas. As outras 83 são pintadas. Os investimentos ultrapassam 54 milhões. As 68 escolas de Contagem que atendem estudantes de educação infantil estão recebendo parquinhos. Os brinquedos já começaram a ser entregues beneficiam 9.500 crianças de 0 a 5 anos.

Também em 2017 foram comprados 12.400 conjuntos de carteiras de educação infantil e ensino fundamental. Os investimentos ultrapassam 2,7 milhões. A prefeitura ainda comprou 25 mil livros literários. Eles ficarão nas salas de aula, em uma minibiblioteca.

Em 2017 foi dado o pontapé em um projeto que vai mudar a história da cidade: a Escola em Tempo Integral. Serão oito no total, uma em cada regional. Na Ressaca, as obras já foram iniciadas. A primeira escola integral de Contagem vai atender 600 estudantes de forma direta e outros 2.000 por meio de cursos.

E por falar em vagas, no início de 2017 foram criadas 700 para a educação infantil. Durante todo o ano, 3.500 educadores da rede passaram por cursos de formação em serviço. O objetivo é ampliar a qualificação dos profissionais de educação, melhorar a qualidade de ensino e consequentemente o aprendizado dos estudantes.

Reportagem e foto: Júlio César Santos

Notícias Relacionadas