Guarda Civil de Contagem abre as portas para alunos do “Projeto Guard’

Foco é a conscientização de crianças e adolescentes contra o uso de entorpecentes, prevenção da violência escolar e do bullying.

Alunos da rede pública participantes do projeto “Grupo Unido na Ação de Resistência às Drogas (GUARD)” da Guarda Civil de Contagem, que atua para conscientizar crianças e adolescentes contra o uso de entorpecentes, prevenção da violência escolar e bullying, puderam conhecer as instalações do Centro Integrado de Defesa Social. A atividade faz parte da programação desenvolvida pelo projeto.

Nos dias 6 e 7, os alunos da Escola Municipal José Ovídio Guerra foram recebidos no local. No dia 12, foi a vez das turmas da Escola Municipal Professor Geraldo Basílio. Na ocasião, os alunos percorreram as dependências do local. Houve ainda palestras, teatros, dinâmicas e também momentos de lazer e descontração com banhos de piscina e lanches servidos aos alunos.

O projeto teve início em agosto deste ano. O curso é distribuído ao longo de dez dias e aborda temas como as influências culturais e modernas da sociedade na escola; o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), estudo de drogas lícitas e ilícitas; bullying e cyberbullying nas escolas; primeiros socorros; valorização da família e da autoestima e visita às instalações do Comando da Guarda Civil de Contagem. Ao cabo do programa, é feita a formatura com entrega de diplomas.

Conforme o comandante da Guarda Civil, Levi Sampaio, a guarda promove a paz e o convívio harmônico na comunidade escolar. “Este trabalho junto aos estudantes tem aliado dois direitos fundamentais para as pessoas viverem em sociedade: a segurança e a educação”, disse ele.

O supervisor da Gerência de Proteção Escolar, Arlindo Júnior Almeida, disse que o Guard é um dos maiores projetos de prevenção ao uso abusivo de drogas, pois une a família no contexto de maior diversidade social que é a escola. “É uma honra poder participar desse projeto” disse Arlindo.

Antes de iniciar o GUARD com uma escola, os guardas civis do projeto se reúnem com as famílias dos alunos, ocasião em que são levantadas as informações sobre a escola, os desafios e conflitos da comunidade local.
No mês de novembro, a formatura dos estudantes do “Projeto Guard” será realizada na Escola José Ovídio Guerra (dia 23), e na Escola Professor Geraldo Basílio (dia 30).

Reportagem: Noeme Ramos
Foto: Divulgação
Publicação: 14/11/2019

Notícias Relacionadas