Escolas da Rede Municipal recebem obras do Pró-Escola

Além de pinturas, serão feitas reformas de telhados, rede de esgoto, banheiros, salas de aula, muros e quadras poliesportivas.

O pacote de obras do Programa Pró-Escola está a todo vapor e com algumas escolas em fase de execução, conclusão e também de licitação. Desde o início de 2017, cerca de 50 escolas da Rede Municipal de Ensino de Contagem foram contempladas com algum tipo de reforma pontual. Agora, as instituições passarão por revitalizações de grande porte. Serão investidos R$ 10 milhões.

Depois de 40 anos, a Escola Municipal René Chateaubriand Domingues, Regional Riacho, foi contemplada com um pacote promissor e justo para a comunidade escolar que nunca recebeu reformas de grande porte. Na primeira etapa do Pró-Escola, em fase de execução, a escola terá a reforma do telhado com substituição por telhas termo acústicas, readequação dos sistemas de drenagem pluvial, reforma da cozinha comum e dos funcionários e também haverá a construção de guarda-corpo e corrimão na rampa de acesso à escola.

Na opinião da diretora Kátia da Cruz Ferreira, os moradores do entorno que possuem os filhos matriculados terão a oportunidade de ter uma escola nova, segura, justa e totalmente revitalizada. “Trabalho no local há 34 anos e acredito que no final do meu mandato como diretora, terei a oportunidade de entregar uma escola nova e mais alegre. O sentimento de todo o bairro é de realização e conquista”, desabafa.

É com esse sentimento que toda a Rede Municipal tem recebido o Pró-Escola. Das 115 unidades da Rede Municipal, 100 fizeram as solicitações de reforma. As prioridades foram definidas pelos dirigentes escolares que elencaram as obras necessárias na instituição de ensino. Além de pinturas, serão feitas reformas de telhados, rede de esgoto, banheiros, salas de aula, muros e quadras poliesportivas, dentre outras.

Na Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Icaivera, Regional Vargem das Flores, a prioridade, ou melhor, o desejo antigo da comunidade foi a cobertura com um telhado de meio pátio para que as crianças pudessem aproveitar melhor e com conforto durante o período na escola e também a pintura do prédio. O espaço contempla estudantes da Educação Infantil de 3 a 5 anos de idade e a Umei é a primeira desse segmento no município. A obra com apenas uma semana de etapa já foi entregue.

“A nossa comunidade tem orgulho imenso desse espaço. Somos uma instituição que tem a criança como centralidade de todo o trabalho e buscamos sempre o melhor para elas e em consequência o melhor para os nossos profissionais e comunidade. Hoje após a obra, percebemos o quanto era importante e como nossa comunidade ficou satisfeita com este triunfo”, comemora a diretora, Érica Fabiana Beltrão Pereira.

A previsão é a de que as intervenções sejam concluídas em todas as escolas contempladas até o final de 2020. O investimento foi aprovado pela Câmara Orçamentária de Administração Financeira (Coaf). Serão aplicados recursos arrecadados com o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e outras fontes do Município.

“Existe um esforço grande por parte do governo para que todas as escolas estejam em perfeitas condições para receber os alunos com dignidade em ambientes próprios para uma educação de qualidade. Dessa forma, estamos fazendo uma força-tarefa para que tudo aquilo que foi sugerido pelos diretores realmente aconteçam no ambiente escolar”, finalizou a secretária municipal de Educação, Sueli Baliza.

Reportagem: Leonardo Melo
Fotos: Geraldo Tadeu
Publicação: 11/10/2019

Notícias Relacionadas