Escola Eli Hora realiza mostra de inclusão

Ação faz parte do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Educadores e comunidade escolar da Escola Municipal Eli Horta, na regional Sede, se reuniram para apresentar o trabalho desenvolvido durante o ano letivo na Educação Inclusiva. A mostra envolveu o depoimento de estudantes do Atendimento Educacional Especializado (AEE), familiares e dos próprios professores da escola num encontro emocionante. Um dos trabalhos apresentados foi em parceria com a biblioteca, na qual os estudantes de AEE utilizam livros gigantes para aprenderem.

A escola Eli Horta atende atualmente 26 estudantes com deficiência. O AEE é desenvolvido em uma sala de recursos multifuncionais e conta com o auxílio de sete estagiários da inclusão. O trabalho realizado na escola faz com que os estudantes permaneçam dentro de sala de aula. Quem comprova é Ivanete Viana Braga Oliveira, mãe de Karen Braga de Oliveira, de 15 anos. A garota passou a frequentar a Eli Horta neste ano, vinda de outra escola, e para Ivanete foi a melhor coisa que poderia ter acontecido para a filha. “O atendimento aqui é muito melhor. Minha filha tem deficiência de locomoção e cognitiva, então, além da equipe recebê-la pontualmente e prestar os devidos cuidados, ela ainda desenvolveu a parte pedagógica. Tudo que eu espero pra ela é um futuro de igualde e inclusão e aqui estamos no caminho certo”, disse.

Segundo a professora do AEE da Eli Horta, Márcia Rocha, a matrícula do aluno com deficiência é garantida nas escolas, mas além da matrícula, eles precisam ser incluídos no ambiente escolar. “Só acredito no AEE que atenda o estudante e consiga consolidar essas atividades no seu turno, fazendo essa articulação com os professores, com a equipe pedagógica, com a comunidade escolar, envolvendo todos, inclusive a família, porque senão o resultado não acontece. Eu só faço aquilo que acredito, e acreditando nessa proposta de inclusão dentro do ambiente escolar, o nosso trabalho tem resultado. Hoje eu conto com uma equipe maravilhosa de estagiários, tenho total apoio da gestão, isso tudo contribui para que dê certo”, disse.

A superintendente de Projetos Especiais da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), Ludmilla Soares, esteve presente no encontro e ressaltou o trabalho que vem sendo feito na rede municipal de ensino, por meio do AEE. “Nós implementamos várias ações tanto no campo da gestão, em termos de planejamento de ações de intervenções da política pública da Educação Inclusiva no município. E do ponto de vista operacional, implementamos o programa de formação continuada para as professoras do AEE, hoje o município conta com 29 salas de recursos nas escolas de ensino fundamental e o atendimento itinerante nas Unidades de Educação Infantil (Umeis). Começamos agora também um projeto piloto de educação inclusiva em nove escolas, uma por regional, que se destaca na sua inovação no campo pedagógico. Nossa grande meta é deixar essa gestão com todos os alunos da inclusão com seu plano de desenvolvimento individual do aluno (PDI) pronto, e em execução nas escolas”, resumiu.

Para Patrícia Leandra Rodrigues de Souza, mãe de Poliane Rodrigues Souza, 16 anos, aluna da AEE na Eli Horta, neste primeiro ano da filha na escola, ela realmente foi incluída. “Sinto que os profissionais neste ano estão mais preparados. O início da vida escolar dela foi bem difícil. Mas agora, quanto ao desenvolvimento da Poli, depois que ela veio para cá, conseguiu falar uma frase completa. Ela gosta da escola e entra na bagunça dos outros alunos. É um passo de cada vez, mas só quero que ela tenha qualidade de vida com mais inclusão e que todos os outros sigam o exemplo dessa escola ao incluir essas crianças especiais”, disse.

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência
O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência é comemorado dia em3 de dezembro. A data tem o objetivo de informar a população sobre todos os assuntos relacionados a deficiência física e mental. Um outro propósito é conscientizar as pessoas sobre a importância de inserir as pessoas com deficiência em diferentes aspectos da vida social, como a política, a econômica e a cultural.

Reportagem: Vanessa Trotta
Foto: Adelcio Ramos Barbosa
Publicação: 03/12/2018

Notícias Relacionadas