A importância do professor – Parabenizar deve ser todos os dias

Se hoje sabemos ler, escrever, ser críticos e cidadãos quem merece todo nosso respeito, carinho e palmas são nossos professores não é mesmo? Mas você sabe porque se comemora o dia do Professor em 15 de outubro? Essa data não foi escolhida por acaso, além de haver uma educadora chamada Santa Teresa de Ávila, freira carmelita, do século XVI, que dedicou seus dias para ensinar as crianças e todas as pessoas que chegavam perto dela. A data faz referência também ao dia em que o Imperador do Brasil – D. Pedro I, baixou um Decreto Imperial criando o Ensino Elementar no Brasil, no ano de 1827. Essa lei foi a determinação que obrigava as Escolas de Primeiras Letras (fase hoje que é conhecida como ensino fundamental) que ensinava para meninas e meninos a leitura, a escrita e as quatro operações de cálculo. CLIQUE AQUI, AQUI E AQUI.

Nas escolas daquela época eram ensinadas noções gerais de geometria prática que naquela época essa disciplina não era ministrada para as meninas, que, em seu lugar, tinham aulas de corte e costura, bordado e culinária, ainda bem que os tempos mudaram não é mesmo? Afinal o que seria de nossas mulheres engenheiras, matemáticas, físicas dentre outras. Graças ao decreto, as primeiras escolas primárias do país chegaram em todas as vilas, cidades e lugares mais populosos do Brasil, fato que contribuiu para a difusão do saber escolarizado.

Somente e após cento e vinte anos depois, a data do dia 12 de outubro foi transformada em feriado, em 1947, Salomão Becker, um professor paulista, que tinha como lema a frase “Professor é profissão. Educador é missão” sugeriu que a data do dia 15 de outubro fosse dado aos professores um dia de folga, haja vista que o segundo semestre escolar era extenso – durante o período, que ia de 1º de junho a 15 de dezembro, os profissionais contavam com apenas dez dias de folga e a data do dia 12 seria um descanso para toda a comunidade escolar.

A celebração do dia do professore era realizada todos os anos em São Paulo, ficou famosa em todo o país até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal nº 52.682, de 14 de outubro de 1963, aprovado pelo então presidente da república, da época, João Goulart. Além de amenizar o cansaço dos professores, na data eles reuniam-se para analisar os rumos do restante do ano letivo, momento em que também contavam com a participação dos alunos.

A data é importante para comemorarmos o que já foi conquistado, mas, principalmente, para conscientizar a população e autoridades sobre o valor das nossas professoras e professores, mulheres e homens que difundem o conhecimento e permitem que meninas e meninos de todo o país possam trilhar caminhos que levem a um futuro promissor.

Mas ainda temos muito a caminhar. Segundo os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) referentes ao ano de 2018, o Brasil possui 11,3 bilhões de pessoas analfabetas, contadas a partir dos 15 anos de idade. Apesar do índice de analfabetos apresentar redução, pesquisadores revelam que o mesmo acontece de forma muito lenta. Por isso devemos sempre ser agradecidos e parabenizar nossos professores, pois é através deles que podemos nos tornar um país mais desenvolvido, mais igualitário (social e econômico), com menos criminalidade, com mais acesso aos direitos básicos, entre outros fatores, é necessário que todos invistam principalmente na Educação em todos os âmbitos, pois é com educação e conhecimento que se consegue ensinar as crianças a ler e escrever, construir pontes, saberes, tecnologia, vacinas, curas dentre outros. E você já parabenizou seu professor hoje?

Notícias Relacionadas