Teatro Agente em Cena utiliza a arte e o lúdico para promover educação em saúde

Formado por Agentes de Combate às Endemias, grupo já apresentou os mais variados temas para milhares de pessoas

Atividade do grupo ligado à Secretaria de Saúde é semelhante ao Projeto ComunicaSUS, que publica radionovela sobre o tema

No fim de 2018, no contexto das comemorações dos 30 anos da criação do Sistema Único de Saúde (SUS), o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes) lançou o Projeto ComunicaSUS, composto por radionovelas curtas, de dois a três minutos, com o objetivo de ajudar na construção do conhecimento em torno do SUS (clique AQUI para acessar). Nas radionovelas, Susete, uma agente de saúde, reflete com suas companheiras Ângela e Norma sobre as situações e dilemas com os quais se deparam no cotidiano e, ao mesmo tempo, sobre a missão de democratizar a comunicação e a informação no SUS. O Cebes, que reúne ativistas, lideranças, pesquisadores, professores, profissionais e estudantes, é vinculado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), considerada como uma das principais instituições de pesquisa em saúde pública no mundo.

Por meio da arte, das metáforas sobre a aprendizagem e da utilização do diálogo em lugar do discurso, é possível valorizar formas de apreensão da realidade nas quais a relação direta entre aprender e fazer é o foco. Sob essa perspectiva, o entendimento é o de que qualquer pessoa, ao observar a realidade com atenção durante um determinado tempo, entenderá o funcionamento do mundo. Ciente dessa poderosa ferramenta que é a arte, o grupo de teatro Agente em Cena, formado por Agentes de Combate às Endemias (ACE) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Contagem, vem levando educação em saúde a diferentes públicos, em apresentações instigantes e que encantam pessoas de todas as idades, assim como as radionovelas do ComunicaSUS.

Agente em Cena: mais de 31 mil espectadores

Criado há cerca de 14 anos, a partir de uma iniciativa de ACEs juntamente com o programa de Educação e Saúde do município, o grupo acabou se desarticulando em 2015, tendo suas atividades retomadas em abril de 2017, na atual gestão. De lá para cá, o Agente em Cena já contabiliza mais de 680 apresentações em locais como escolas públicas e particulares, faculdades, conferências de Saúde, reuniões de bairro e Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Foto: Adelcio R. Barbosa

 

De acordo com a coordenadora do Agente em Cena, Rúbia Mageste, mais de 31 mil pessoas já assistiram a essas apresentações, que aconteceram sobre os temas mais diversos, como combate às arboviroses, obesidade, sedentarismo, hipertensão, alcoolismo, tabagismo, alimentação saudável, higiene pessoal, saúde mental, saúde da mulher, saúde do homem e, como não podia deixar de ser, sobre o SUS: “melhor acesso e qualidade”. Mageste explica que as apresentações são pensadas de acordo com a demanda e com a participação de todos do grupo, atualmente composto por oito mulheres, todas ACEs.

“As falas e fantasias são criadas em conjunto. O acervo é composto de fantasias e cenários. Tudo confeccionado pelas integrantes. O grupo se organiza para comprar o material necessário e dividimos o valor. Tudo acontece pelo amor do grupo em realmente acreditar no trabalho realizado. É importante ressaltar que nunca apresentamos sem o respaldo da área técnica”, afirma Mageste, que é também relações públicas na Secretaria Municipal de Saúde.

Agendas abertas

Para solicitar a apresentação do Agente em Cena e sua caravana de arte e educação em saúde, escolas, órgãos públicos, empresas privadas e Organizações Não-Governamentais (ONG), deve-se enviar um e-mail descrevendo a proposta, local, data e informações relacionadas. Dependendo do prazo, é possível inclusive solicitar um tema específico. “Qualquer pessoa ou entidade pode solicitar a apresentação do grupo, mas é importante ressaltar que, para uma boa apresentação, faz-se necessária uma prévia organização”, reforça Rúbia Mageste.

O e-mail para enviar proposta de apresentação do Agente em Cena é rubia.mageste@contagem.mg.gov.br.

Você sabe o que faz um Agente de Combate às Endemias (ACE)?

O trabalho dos Agentes de Saúde faz parte do combate às arboviroses e é fundamental para que o município consiga enfrentar e prevenir epidemias. Os ACEs realizam ações que incluem visitas a imóveis e prestação de orientações à população. Receba bem os ACEs!

 

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Fábio Silva

Data: 15/02/2019