Posts com a Tag ‘Vacinação’

Nota da Secretaria Municipal de Saúde sobre a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe

O Ministério da Saúde disponibilizou 15 mil doses de vacina contra a gripe para Contagem; número 80% menor do que o solicitado. Há falta da vacina em alguns postos

 

O Ministério da Saúde disponibilizou 15 mil doses de vacina contra a gripe para Contagem; número 80% menor do que o solicitado. Por isso, alguns postos já não possuem a vacina.

A Secretaria de Saúde de Contagem orienta idosos e profissionais de saúde, público-alvo da primeira etapa da campanha, a ligarem para as unidades de saúde antes de irem se vacinar. (clique aqui e veja a lista de telefones disponíveis)

Para evitar aglomeração, os postos de saúde estão utilizando espaços abertos e salas exclusivas para realizarem campanha. Ainda são respeitados os protocolos de distanciamento.

A Secretaria Municipal de Saúde ainda informa que, assim que o Ministério da Saúde enviar mais doses da vacina, irá retomar a vacinação, seguindo os critérios estipulados pela campanha.

 

Repórter: Nelson Augusto

Foto: Divulgação

Data: 23/03/2020

22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começa nesta segunda-feira (23)

A vacinação ocorrerá de forma escalonada. Em Contagem, 48 salas de vacinação irão funcionar das 8h às 16h30. É preciso levar o cartão de vacina, documento de identificação com foto e o CPF, ou o cartão nacional do SUS na sala de vacinação mais próxima de sua casa

 

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começa na próxima segunda-feira (23) e se estenderá até o dia 22 de maio. A vacinação ocorrerá de forma escalonada com objetivo de reduzir as complicações e internações causadas pelo vírus da influenza no público alvo.

Os seguintes grupos serão contemplados pela campanha:

  • Crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias);
  • Trabalhador da Saúde;
  • Gestantes;
  • Puérperas;
  • Professores;
  • Povos Indígenas;
  • Pessoas de 55 a 59 anos de idade;
  • Pessoas de 60 anos ou mais de idade;
  • População privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;
  • Trabalhadores de forças de segurança e salvamento;
  • Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, independentemente da idade.

Neste ano a campanha foi antecipada em 30 dias da data inicial prevista pelo Ministério da Saúde e será realizada por etapas aos grupos prioritários, conforme o quadro da Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações:

 

Fases da Estratégia  Grupos Prioritários  Data de início da vacinação por grupo 
1ª Fase 
  • Idosos (60 anos ou mais) e trabalhadores da saúde 
23/03/2020 
2ª Fase 
  • Professores das escolas públicas e privadas; 
  • Profissionais das forças de segurança e salvamento; 
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. 
16/04/2020 
3ª Fase 
  • Crianças de 6 meses a menores de 6 anos; 
  • Gestantes; 
  • Puérperas; 
  • Povos indígenas; 
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; 
  • População privada de liberdade; 
  • Funcionários do sistema prisional; 
  • Adultos de 55 a 59 anos de idade; 
  • Pessoas com Deficiência. 
09/05/2020 

 

Em Contagem, 48 salas de vacinação irão funcionar das 8h às 16h30. É preciso levar o cartão de vacina, documento de identificação com foto e o CPF, ou o cartão nacional do SUS e apresentá-los na sala de vacinação mais próxima de sua casa. Confira os endereços das 48 salas disponíveis (clique aqui).

Segundo a enfermeira Márcia Meira, da Central de Imunizações, é importante que a população esteja atenta à campanha. “A vacina contra a Influenza não imuniza as pessoas contra o coronavírus (Covid-19), mas a população precisa seguir as fases da campanha corretamente para não perder a oportunidade de ser imunizado”, explicou.Os sintomas da gripe são semelhantes aos provocados pelo coronavírus, mas com a antecipação do calendário de vacinação, é possível reduzir a carga da circulação de influenza. Com a campanha, haverá a proteção da população contra a influenza, além de minimizar o impacto nos serviços de saúde.

Lista de doenças crônicas cujos portadores serão atendidos na Campanha de Vacinação contra a Influenza a partir do dia 16/4

NCampanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e condições clínicas especiais, independente da idade, encaixam-se no grupo principal de imunização, com início da vacinação para o dia 16 de abril. 

A vacinação deste grupo deve ser realizada em todos os postos. No entanto, mantém-se a necessidade de prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina, que deverá ser apresentada no ato da vacinação. Os pacientes já cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem se dirigir aos postos que estão cadastrados para receberem a vacina.  

Clique aqui e veja quais doenças são consideradas crônicas

 

Repórter: Tayna Oliveira

Foto: Divulgação

Data: 20/03/2020

 

Secretaria de Saúde monta força-tarefa e presta assistência a moradores atingidos pelas chuvas

Força-tarefa percorre região afetada pela tempestade e orienta os moradores sobre a limpeza dos imóveis

A secretaria também montou postos itinerantes para consultas e vacinação em três vilas atingidas pelo temporal

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, montou uma força-tarefa composta por 69 agentes de saúde que percorrem os locais afetados pelo temporal do último domingo (19) e orientam a população sobre a limpeza dos imóveis. Os agentes entregam aos moradores garrafas de água sanitária e panfletos informativos. Além disso, a secretaria montou postos itinerantes em três vilas atingidas pela chuva. Nesses locais, as pessoas podem fazer consultas, obter informações sobre medicamentos e ainda receber vacinas.

Em outra frente, uma ONG, em parceria com alunos de veterinária do Centro Universitário Newton Paiva, já resgatou 15 animais, entre gatos e cachorros, na Vila Barraginha. Eles serão tratados e devolvidos aos donos.

A enfermeira da Secretaria de Saúde Carolina Hespanha, que atende no posto Itinerante da Vila Barraginha, destacou a importância dessa ação. “Muitos têm dificuldade de procurar uma unidade de saúde. Então, trazer uma equipe médica até eles, nesse momento de dificuldade, traz um conforto”. Mais de 150 pessoas foram atendidas no posto itinerante da Barraginha.

Gildázio Ribeiro mora há mais de 20 anos na Vila Barraginha. Ele estava entre os voluntários que ajudaram as pessoas após a tempestade e fez uma pausa no trabalho para ir ao posto Itinerante. “Achei muito importante essa ação, aproveitei para colocar o cartão de vacina em dia”.

Postos itinerantes

Vila Barraginha
Vila Itaú (o posto ainda está sendo montado)
Vila Sapolândia
E. M. Pedro de Alcântara

Unidades Básicas de Saúde próximas da região afetada pela chuva

Frigo Diniz
Vila São Paulo
Vila da Paz

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio Barbosa

Data: 21/01/2020

Mais de 200 profissionais da Saúde participam de curso sobre o calendário vacinal das gestantes

Também foram dadas orientações sobre dar orientações sobre difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e gripe, as causas, consequências e agravos dessas doenças

Nos dias 3 e 4 de julho, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) promoveu o curso de Atualização do Calendário Vacinal das Gestantes, direcionado a médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem que atuam na Atenção Básica. “A vacina é dinâmica, está em constante mudança, por isso é importante os profissionais da Saúde estarem sempre bem informados”, destacou a assessora técnica de Imunização da SMS, Fernanda Elisa Ferreira de Almeida.

Mais de 200 profissionais participaram do curso. O objetivo foi esclarecer a importância da vacinação para gestantes, apresentar o calendário de vacinação da mulher dar orientações sobre as doenças (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e gripe), as causas, consequências e agravos. Além disso, sensibilizar os profissionais de Saúde sobre a necessidade da vacinação em todas as etapas da vida.

No período gestacional, a transmissão perinatal, período compreendido entre a 28ª semana de gestação e o 7° dia de vida do recém-nascido, é uma das vias mais comuns de transmissão de doenças. Muitas são passíveis de imunização prévias e evitáveis.

Além da proteção materna, a vacinação de mulheres grávidas garante a proteção do bebê por meio da transferência de anticorpos passivamente, por via placentária ou pela amamentação.

 

Repórter: Nelson Augusto

Foto: Adelcio R. Barbosa 

Data: 04/07/2019

Servidores da Secretaria de Saúde foram imunizados contra a Tríplice Viral

Nessa segunda-feira (01) o posto móvel de vacinação foi montado em um novo local. Para atender os servidores, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu a vacinação da Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola) no prédio da secretaria.

Quem  ainda não tinha se vacinado aproveitou para se imunizar. “Já que o posto móvel estava aqui na Secretaria, aproveitei o momento e tomei a vacina”, explicou a servidora Letícia Garcia.

Os servidores, e a população em geral, que não se vacinaram poderão se imunizar em 50 Unidades Básicas de Saúde em Contagem.

 

 

Repórter: Lorena Campos (sob supervisão de Lucas Santos)

Foto: Fábio Silva

Data: 03/07/2019

 

 

Contagem intensifica vacinação contra caxumba, rubéola e sarampo

Cinquenta postos de saúde e mais quatro pontos de apoio oferecem a vacina Tríplice Viral

Com o objetivo de controlar o surto do sarampo, após constatação de 20 casos no Brasil, sendo um deles em Contagem, o Ministério da Saúde recomendou a intensificação da vacinação da Tríplice Viral (sarampo, rubéola e caxumba), para crianças a partir de um ano e adultos.

Até o dia 19 deste mês, quem passar pela Estação Eldorado do Metrô ou pelos dois shoppings de Contagem (Big e Itaúpower) também poderá se vacinar. Nos dias 27, 28 e 29, a vacinação será retomada nos shoppings. “O Ministério da Saúde emitiu um alerta para todos os estados para ficarem atentos quanto à circulação do vírus do sarampo. Já houve casos confirmados em Minas Gerais. Por se tratar de uma doença de fácil e rápida transmissão, montamos essa estratégia para vacinar a população e assim controlar a circulação do vírus”, destaca a assessora técnica da Imunização, Fernanda Elisa.

A situação epidemiológica pode ser agravada com o início da Copa América no Brasil. Segundo o comitê organizador da competição, a estimativa é que torcedores de 99 países venham ao Brasil para assistir ao torneio de futebol. “Com a realização da Copa América, vamos receber visitantes de vários países, sendo que a maioria desses países possui o surto da doença. Como não há exigência de comprovante de vacinas para entrar no país, temos então que intensificar a proteção da nossa população”, disse Fernanda Elisa.

Flávia Nóbrega, 40 anos, utiliza diariamente a Estação Eldorado e aproveitou a oportunidade para se vacinar, na manhã de quarta-feira (12). “Foi uma iniciativa importante em colocar esse ponto de vacina aqui na estação, porque é complicado para a maioria das pessoas sair do serviço e ir ao posto de saúde”, ressalta.

Locais de vacinação:

Shoppings Big e Itaúpower

– Período: de 10 a 19 e de 27 a 29 de junho

– Segunda a sexta-feira: 18h às 21 – Sábado: 13h às 16h (no domingo, não haverá vacinação)

Estação Eldorado do Metrô

– Período: de 10 a 19 de junho

– Segunda a sexta-feira: 9h às 11h e 14h às 16h (sábado e domingo não)

UBS

– Período: de 10 a 19 e dias 27 e 28 de junho

– Segunda a sexta-feira: 8h às 16h30 (sábado e domingo não)

 

Repórter: Nelson Augusto

Foto: Adelcio Ramos Barbosa

Data: 12/06/2019

Com a disputa da Copa América, Contagem intensifica a vacinação da Tríplice Viral

A partir de segunda-feira (10), vacina estará disponível nas 50 UBSs e em quatro postos volantes

Em 2018, o Brasil enfrentou a reintrodução do vírus do sarampo, com ocorrência de surtos em 11 estados. Em fevereiro de 2019, o Ministério da Saúde confirmou três casos de sarampo em tripulantes de um navio de cruzeiro na costa brasileira. Até março, foram confirmados 20 casos de sarampo no Brasil. Em Minas Gerais, já foram confirmados três casos, sendo um em Contagem, o que deixa o município em alerta.

A situação epidemiológica pode ser agravada com o início da Copa América, competição de futebol com seleções sul-americanas. Belo Horizonte será sede de cinco jogos. Segundo o comitê organizador, a estimativa é que torcedores de 99 países venham ao Brasil para assistir à competição. E alguns deles vivenciam frequentes surtos de sarampo.

Pensando nisso, o Ministério da Saúde recomendou a intensificação da vacinação da Tríplice Viral (sarampo, rubéola e caxumba), para crianças a partir de um ano e adultos. Na segunda-feira (10), inicia-se a intensificação da vacina Tríplice Viral, que será realizada entre os dias 10 e 19 e 27 e 29 deste mês.

Para atingir o maior número de pessoas, a Saúde de Contagem adotará uma estratégia arrojada. Além das 50 Unidades Básicas de Saúde (UBS), a vacina será oferecida na Estação do Metrô Eldorado e nos dois shoppings do município, Itaú e Big 

A assessora técnica da Imunização, Fernanda Elisa, destacou que o sarampo é uma doença infecciosa, transmissível e extremamente contagiosa. “Foram disponibilizadas pelo Ministério da Saúde inicialmente 80 mil doses, que estão sendo distribuídas em todas as salas de vacina do município e nos quatros pontos volantes de vacinação (shoppings e metrô)”, contou Fernanda Elisa.

Fernanda Elisa reforça que a vacina não imuniza somente contra o sarampo. Além disso, é de suma importância observar o cartão de vacina e, em caso de dúvida, deve-se procurar a Unidade de Saúde mais próxima para orientar-se e/ou vacinar-se.

Locais de vacinação:

Shoppings Itaúpower e Big

– Período: de 10 a 19 e de 27 a 29 de junho

– Segunda a sexta-feiras: 18h às 21 – Sábado: 13h às 16h (no domingo, não haverá vacinação)

Estação Eldorado do Metrô

– Período: de 10 a 19 de junho

– Segunda a sexta-feiras: 9h às 11h e 14h às 16h (sábado e domingo não)

UBS

– Período: de 10 a 19 e dias 27 e 28 de junho

– Segunda a sexta-feiras: 8h às 16h30 (sábado e domingo não)

 

 

Repórter: Lucas Santos 

Data: 07/06/2019

Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe entra na reta final

Prazo para se vacinar termina no dia 31 de maio

Faltando 15 dias para o fim da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, Contagem convoca a população que se enquadra no público-alvo para se vacinar. Segundo levantamento da Central de Imunização da Secretaria de Saúde, o município chegou a 57,41% do público-alvo vacinado, cerca de 80 mil pessoas. A meta é atingir 90% do grupo prioritário.

No município, 165.570 pessoas estão dentro dos grupos que podem receber a vacina. Além das pessoas com 60 anos ou mais, podem se vacinar crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Para o gerente de Imunização, Davi Siqueira, o principal fator que impediu Contagem de já ter atingido a meta é a dengue. “A epidemia de dengue que toma conta do estado leva as pessoas que contraíram a doença a não se vacinar”.

Segundo a diretora de Imunização da Secretaria Saúde, Fernanda Eliza, cerca de 50 Unidades de Saúde, nas oito regionais, estão preparadas para atender a população. O horário de atendimento nas salas de vacinação é de 7h30 às 16h30. “Quem for se vacinar deve levar o cartão de vacina e um documento com foto”, avisa.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Geraldo Tadeu 

Data: 16/05/2019

Contagem dá início à campanha de vacinação contra a gripe

Mais de 165 mil pessoas devem ser vacinadas no município

Começou nessa quarta-feira (10), a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. O público-alvo da campanha é de cerca de 60 milhões de pessoas e a meta é atingir 90% dos grupos prioritários. Em Contagem, a estimativa é atingir um público de 165.570 pessoas. A campanha foi antecipada em cerca de 15 dias em relação aos anos anteriores, quando iniciava na segunda quinzena de abril.

Mais uma vez, a Prefeitura de Contagem se empenha para atingir a cobertura vacinal estabelecida pelo Ministério as Saúde, que é de 90% do público-alvo. Segundo a diretora de Imunização da secretaria municipal de Saúde, Fernanda Eliza, cerca de 50 Unidades de Saúde, nas oito regionais, estão preparadas para atender a população. “Além disso, no dia quatro de maio (sábado) será promovido na cidade o “Dia D”, para atender a demanda da vacina”, concluiu Fernanda.

A gerente da Unidade Básica de Saúde Novo Eldorado / Santa Cruz, Ana Moreira da Cruz, disse que a procura pela vacina no primeiro dia de campanha tem sido grande. Cerca de 100 pessoas foram imunizadas na UBS. “O horário de atendimento nas salas de vacinação é de 7h30 às 16h30. Quem for se vacinar deve trazer o cartão de vacina e um documento com foto”, destacou.

Além das pessoas com 60 anos ou mais, serão vacinadas crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores, os povos indígenas, os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que cumprem medidas socioeducativas, os presos e os funcionários do sistema prisional.

Saiba Mais
A gripe é uma infecção viral que afeta especialmente as vias aéreas e o pulmão. Para contraí-la, basta entrar em contato com secreções de pessoas infectadas. Após um espirro ou um beijo, o vírus Influenza se adere às células do aparelho respiratório do novo hospedeiro e passa a se multiplicar em alta velocidade.

Reportagem: Lucas Santos
Data: 10/04/2019

Ei, você que é jovem: procure uma unidade de saúde para se vacinar contra a Febre Amarela

Adolescentes de 10 a 19 anos representam mais de 80% das pessoas que têm indicação mas ainda não se vacinaram contra a doença, que pode matar. Risco de contrair Febre Amarela aumenta com a intensificação das chuvas e o calor intenso

Com o verão chegando, aumenta muito o risco de contração de doenças transmitidas por mosquitos, como Dengue, Zika, Chikungunya e Febre Amarela. No caso da Febre Amarela, é possível se proteger não somente eliminando focos de postura de ovos de mosquitos, interrompendo a cadeia de transmissão dessas doenças, mas também com a vacinação, que é feita gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Em suas manifestações graves, a Febre Amarela pode ser letal.

A vacina contra a Febre Amarela segue sendo disponibilizada nas salas de vacina de Contagem, assim como aconteceu durante todo o ano (clique AQUI e veja os endereços). A indicação para a vacinação contra Febre Amarela, de acordo com o Ministério da Saúde (MS), são as pessoas que têm entre 09 meses e 59 anos de idade.

O horário de funcionamento das salas de vacina é das 8h30 às 16h30. É necessário apresentar o documento de identidade e o cartão de vacinação. Cabe ressaltar que, se o cidadão tiver qualquer tipo de problema de saúde, deve informar ao profissional de saúde.

Em Contagem, a cobertura vacinal acumulada (2007 – 2018) relativa à Febre Amarela é de 84,20%, com 516.811 doses aplicadas nesse período. A meta do Ministério da Saúde é de 95%. A assessora técnica da Central de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Fernanda Elisa Ferreira de Almeida, explica que a grande procura pela vacina contra a Febre Amarela aconteceu somente no período em que a situação esteve crítica, mas que com a diminuição dos casos notificados, a busca pela vacina diminuiu.

“Nesta época do ano, com a chegada do período das chuvas e o calor intenso, é muito importante que todos os que têm indicação estejam vacinados contra a Febre Amarela. É fundamental que quem ainda não se vacinou procure uma unidade de saúde, principalmente os adolescentes, que representam mais de 80% das pessoas que têm indicação e ainda não se vacinaram contra a doença. Hoje, temos uma estimativa de que cerca de 129 mil pessoas em Contagem ainda não se vacinaram contra a Febre Amarela e, dessas, pelo menos 110 mil são adolescentes com idades entre 10 e 19 anos. Vale lembrar que quem já tomou uma dose já está protegido, por isso é tão importante guardar o cartão de vacinas, mesmo os adultos”, adverte a técnica.

 
Repórter: Carolina Brauer
Foto: Divulgação
Data: 12/12/2018