Posts com a Tag ‘UBS’

Moradores devem ficar atentos aos dados cadastrais nas Unidades Básicas de Saúde

 

O Centro de Autorização de Procedimentos em Saúde (Ceaps) enfrenta um problema em Contagem. Pacientes que trocam de telefone e não informam a mudança nas Unidades Básicas de Saúde. O Ceaps é responsável por marcar exames especializados de média e alta complexidade,  cirurgias eletivas, risco cirúrgico, consultas especializadas, oncologia, entre outros.

Um paciente que deseja marcar um exame/cirurgia precisa ir a uma Unidade Básica de Saúde (UBS). Após a consulta na UBS, o médico encaminha o pedido para o Ceaps (nos casos de consultas especializadas, exames de média complexidade, cirurgia eletiva e reabilitação. Ou solicita que o paciente protocole diretamente no Ceaps a solicitação como no caso da oncologia e exames de alto custo. Após o agendamento as solicitações são encaminhadas para as unidades de saúde para orientação do paciente, porém nos casos das cirurgias, exames de alto custo, oncologia o contato é feito pela própria regulação através de contato telefônico.

Porém, cerca de 70% do arquivo morto do Ceaps, de Contagem, é de moradores que não atualiza o cadastro telefônico. O arquivo morto é um conjunto de arquivos/documentos de usuários que não foram encontrados, ou seja, os servidores do Ceaps tentam entrar em  contato com o paciente, via telefone, mas não obtém resultado.

O procedimento é o seguinte, o servidor tenta em dias e horas diferentes, entrar em contato com o morador, (caso o número mudou, não exista ou não atende). Após as tentativas, o pedido do paciente é encaminhado para o arquivo morto e sua solicitação é cancelada do sistema.

Outro dado curioso mensalmente chega ao Centro de Autorização de Procedimentos em Saúde cerca de 70 pedidos do Ministério Público para que a Secretaria de Saúde realize alguma cirurgia/exame. Porém, ao analisar o caso, a maioria desses pedidos está no arquivo morto. O morador troca o telefone, não informa a Unidade de Saúde, e perde a cirurgia/exame.

Em caso de mudança de telefone, basta o morador procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) onde realizou a consulta e informar. A UBS fará essa atualização de dados via sistema e o Ceaps poderá entrar em contato com o usuário quando for necessário.

 

Repórter: Lucas Santos 

Foto: Fábio Silva

Data: 18/08/2020

Contagem destina uma ambulância do Samu para atender em horários de pico

Mesmo em meio a pandemia que atravessa o país desde meados de março, Contagem não parou os investimentos na saúde. Em 2020 foi renovada toda a frota do Samu Contagem, além disso, nos últimos quatro meses o número de ambulâncias foi ampliado, passando de sete Unidades Suporte Básico (USB) para nove.

No total, o Samu Contagem  conta com 11 ambulâncias Unidades Suporte Básico  (USB) e duas ambulâncias Unidades de Suporte Avançado (USA). As ambulâncias atendem a Micro região (Contagem, Sarzedo e Ibirité), sendo uma nova unidade (USB) na Região do Nacional, 24 horas e uma nova para atender o horário de pico de 8h às 17h, horário que tem o maior número de atendimento.

 O coordenador do Samu Contagem, Moisés Gabriel de Abreu, destaca que além das UBS que atendem o Nacional e o horário de pico “aumentamos ainda mais duas ambulâncias especificas para o atendimento as pessoas com suspeita de Covid-19”.

Moisés ressaltou a importância da ambulância para atender o horário de pico. “Essa ambulância dará um suporte prioritário aos pacientes em situação grave que chegam as Unidades Básicas de Saúde (UBS´s)”.

 

 

Repórter: Lucas Santos
Foto: Adelcio R. Barbosa
Data: 08/07/2020

Secretaria de Saúde cria equipe para realização de testes rápidos e avaliação em domicilio a pacientes acamados, telemonitorados e moradores de asilos

A equipe de avaliação rápida já realizou mais de 240 atendimentos.
Entre as varias ações de combate à Covid-19 que vem sendo feitas no município, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), criou uma equipe de atendimento rápido, que tem como objetivo a coleta de exames em domicilio e avaliações rápidas do estado de saúde de pacientes acamados, telemonitorados e de asilos.

“Nesse momento em que vivenciamos uma pandemia, alguns pacientes sintomáticos têm evitado procurar atendimento nas UBS’s. Isso nos chamou atenção e foi motivo de preocupação porque o estado de saúde de quem é COVID positivo pode piorar muito rapidamente, principalmente nos idosos e pessoas com comorbidades. Nesse contexto criamos essa equipe para fazer avaliações rápidas do quadro de saúde dos pacientes e para fazer coletas de exames in-loco (quando necessário), sem a necessidade de encaminhar para alguma equipe de saúde”, explicou o diretor de atenção domiciliar, Erivelton Cordeiro Carvalho.

A equipe de avaliação rápida já realizou mais de 240 atendimentos. Até o momento, não foi preciso encaminhar nenhum paciente atendido a uma unidade de saúde. A equipe do SAD chega aos pacientes por meio de demandas vindas do telemonitoramento, dos Distritos Sanitários, asilos, Unidade Básica de Saúde (UBS) e Vigilância em Saúde.

 

 

 

Repórter: Nelson Augusto
Foto: Divulgação
Data: 03/07/2020

Contagem inicia a terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe

Neste primeiro dia da terceira etapa, mais de 150 pessoas foram vacinadas

Começou, nesta segunda-feira (11), a terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra em Gripe, em Contagem. As Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) estarão abertas das 8h às 16h30.

A enfermeira da Unidade Básica de Saúde (UBS) Maria da Conceição, Elza Helena, ressaltou que, apenas neste primeiro dia da terceira etapa, mais de 150 pessoas foram vacinadas. “Essa vacina é muito importante para a prevenção da gripe, principalmente nesse período de baixas temperaturas”. Elza ressaltou ainda que o morador (ou responsável) pode ligar para as Unidades Básicas de Saúde (UBS´s) para saber o melhor horário para vacinar com objetivo de evitar aglomeração. “É necessário o documento que comprove a idade e, além disso, os funcionários da saúde deverão comprovar que atuam na área”.

A terceira fase será dividida em duas etapas. A primeira se inicia no dia 11 de maio, atendendo ao público: pessoas com deficiência, gestantes, puérperas (até 45 dias) e as crianças de seis meses a menores de seis anos. Já a segunda etapa, terá inicio em 18 de maio, que incluem os professores das escolas públicas e privadas e adultos de 55 a 59 anos de idade.

Vele lembrar que durante este período todas as pessoas que pertencem aos outros grupos prioritários e não se vacinaram podem procurar os postos de vacinação. A previsão é que a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe termine no dia 5 de junho.

Segundo a Assessora Técnica da Central de Imunização da Secretaria Saúde, Fernanda Elisa, as 52 duas salas de vacina nos oito Distritos Sanitários estão vacinando contra a Influenza. “Ressaltamos que a vacinação para todos os  grupos prioritários se estenderá até o final da campanha”.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Contagem recomenda aos moradores ligar para as unidades de saúde antes de irem ao locais. Clique aqui e veja os contatos telefônicos das unidades de saúde.

Atenção:

Todos os profissionais, motoristas, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo, trocadores,  profissionais da Saúde,  professores, profissionais das forças de Segurança, funcionários do sistema funcional devem apresentar comprovação.

Grupos prioritários:

  • Idosos (60 anos e mais) – Trabalhadores da Saúde
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.
  •  Profissionais das forças de segurança e salvamento.
  •  Funcionários do sistema prisional.
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socieducativas. População privada de liberdade.
  • Caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuário.
  • Crianças de 6 meses à menores de 6 anos de idade
  •  Gestantes e puérperas
  •  Adultos de 55 a 59 anos
  •  Professores das escolas públicas e privadas
  •  Pessoas com Deficiência
  •  Povos indígenas
  • Professores das escolas públicas e privadas
 
Repórter: Lucas Santos 
 
Foto: Adelcio Ramos
 
Data: 11/05/2020

Por causa do isolamento, mães que trabalham na área da saúde terão Dia das Mães diferente do tradicional

Por trabalharem na linha de frente, nas unidades de saúde do município, muitas delas passarão a data longe dos filhos e de suas mães. 

Atualmente, trabalham na área da saúde de Contagem mais de 4.825 servidoras, sendo 1.235 delas na urgência. Mulheres que são mães e também filhas, mas que, pela primeira vez, passarão o Dia das Mães, comemorado no próximo domingo (10), de uma forma diferente. Por estarem trabalhando na linha de frente de combate ao coronavírus, dentro das Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Pronto atendimento, SAMU e Hospital Municipal, entre outros setores da Secretaria Municipal de Saúde,  muitas dessas mães e filhas vão ficar sem poder ver e conviver com seus filhos e familiares nesta data tão significativa.

Pela primeira vez em 43 anos, a coordenadora de enfermagem no Hospital Municipal de Contagem, Betânia Claudiano de Oliveira, passará a data longe da sua mãe. “A maior prova do meu amor por ela nesse momento é garantir esse cuidado de me manter distante dela. O sentimento que todas nós vamos ter nesse dia é de muita saudade, aquela vontade louca de poder abraçar e beijar, mas nos mantendo distante a gente garante a segurança das pessoas que mais amamos”, afirma Betânia. Diante desta situação, a tecnologia ajuda para que mesmo distantes, elas estejam perto. “A gente dá um jeitinho de fazer uma ligação, uma chamada de vídeo, o importante é estar de alguma forma presente e não deixar passar em branco essa data”, relata. 

Já a técnica de enfermagem do Samu Contagem, Ana Paula Galli Santos, estará junto da mãe e das filhas, mas sem poder dar aquele abraço e aquela troca de carinho que ela tanto gostaria. Ela que é mãe de duas meninas  de 8 e 12 anos, sendo uma delas uma criança especial, conta que a filha não entende essa distância física.“Estou ficando cerca de dez a quinze dias sem ver minhas filhas. É muito difícil, porque é no abraço que sentimos o carinho e, até mesmo, o cheirinho delas. Minha menina especial não tem noção, então vem pedir colo e tenho que evitar e isso me dói muito”, conta.

Longe do filho de 3 anos a mais de cinquenta dias, uma das médicas do Hospital Municipal de Contagem,  Andrommeda Luciana Couto Moreira, conta as dificuldades enfrentadas na hora de matar a saudade por telefone com o filho tão pequeno. “Ás vezes consigo falar com ele uma ou duas vezes por dia, mas como ele é bem pequenininho, a gente tenta explicar o que está acontecendo e porque estou longe, mas para ele é difícil entender. Têm dias que ele diz que não quer mais ficar com minha mãe e quer ficar comigo. No domingo vou tentar falar com ele por vídeo-chamada e tentar matar um pouco da saudade que já está tão grande e será bem difícil por não ter aquele aconchego e nem aquele cheirinho”, diz a médica.

Para finalizar, ela deixa uma mensagem para todas as mães que estão na mesma situação que ela, principalmente,  as mães da saúde. “Primeiramente eu quero desejar  a todas as mães de Contagem, que elas tenham um feliz Dia das Mães, e ao mesmo tempo, vou direcionar minha fala principalmente as mães da saúde, a toda equipe que  está na linha de frente, as mães médicas, enfermeiras, técnicas de enfermagem, técnicas de laboratórios, do setor administrativo, da segurança, enfim, todas essas mães que estão na luta. Quero agradecê-las  por não ter desistido, não ter largado mão e deixado de lutar com a gente na linha de frente. Juntos vamos conseguir combater à covid-19. Meu muito obrigada”, finaliza.

 

Repórter: Milla Silva

Foto: Divulgação

Data: 08/05/2020

Mais de 600 pacientes acompanhados por telemonitoramento por suspeita de Covid-19 recebem alta em Contagem

A gestante Camila Patrícia Cruz de Souza recebeu alta após ter sido monitorada pelo teleatendimento após ter se curado da doença

Ao todo, 613 já receberam alta do monitoramento por telefone que é feito diariamente por oito profissionais da saúde

Mais de 600 pessoas que estavam em isolamento domiciliar e eram observadas por telemonitoramento receberam alta do procedimento após descartada a doença, ou em casos nos quais a pessoa se curou. O acompanhamento via telefone é uma das muitas ações promovidas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para combater a disseminação do novo coronavírus.

O telemonitoramento foi implantado no dia 19 do mês passado. O acompanhamento é feito após avaliação e notificação dos pacientes pela rede de saúde como casos suspeitos da Covid-19 e que estão em isolamento domiciliar. Ao todo, oito profissionais da saúde monitoram diariamente 154 pacientes confinados nas suas residências. Desde o dia 19 de março, mais de 760 pessoas foram observadas por esse tipo de procedimento, sendo que e 613 já receberam alta do monitoramento.

“A intenção do monitoramento é mitigar a curva de casos relacionados ao novo coronavírus. O monitoramento evita com que o cidadão saia de casa para procurar o serviço de saúde. Então, com as ligações médicas diárias, a população fica segura em sua residência e sem deixar de receber os devidos cuidados, sendo avaliada todos os dias. Os casos que tem alguma modificação, a intervenção acontece logo no mesmo dia que for detectado, com a equipe indo até a residência do paciente” destacou o diretor do serviço de atenção domiciliar, Erivelton Cordeiro Carvalho.

Camila Patrícia Cruz de Souza, 19 anos, moradora de Contagem, testou positivo para o Covid-19 na primeira quinzena de março. Grávida de seis meses, ela foi encaminhada à Maternidade Municipal, onde foi constatada a doença. “Minha cabeça doía muito e tinha bastante febre. Fui até a UBS aqui do bairro e, de lá, fui encaminhada para maternidade”, destacou Camila.

A gestante foi medicada, e por não ter sintomas mais graves, foi orientada a ficar em isolamento em casa, tomando os devidos cuidados e sendo monitorada pelo tele atendimento da equipe de Saúde. “Todos os dias o pessoal me ligava, perguntavam como estava me sentindo, se os sintomas estavam sendo mais brandos. E foi feito esse acompanhamento até o último dia da quarentena. Agora estou totalmente bem, não sinto nenhum dos sintomas e ganhei alta do monitoramento”, disse Camila, que ficou em confinamento até o dia 26 de março. Ela será acompanhada frequentemente pela equipe da Maternidade Municipal, devido à gravidez.

 

Repórter: Nelson Augusto

Foto: Adelcio Ramos

Data: 30/04/2020

Prefeitura de Contagem baixa Decreto com medidas de combate ao Coronavírus que engloba interrupção das aulas, funcionamento dos restaurantes populares e atendimento na Receita Municipal e Sine

O Decreto foi assinado pelo prefeito Alex de Freitas após reunião com todo o seu secretariado

 

Foi criado o Comitê Intersetorial de Crise do Covid 19 com integrantes de todas as secretarias e autarquias municipais, que farão reuniões semanais

O prefeito de Contagem, Alex de Freitas, assinou nesta segunda-feira (16 de março de 2020) o Decreto nº 1.510 com série de providências para enfrentamento do Covid 19 no Município. São orientações e medidas com embasamento sanitário cujo foco é evitar ao máximo aglomerações de pessoas e consequentemente a possibilidade de propagação do Coronavírus. As aulas estarão suspensas em todas as escolas a partir da próxima quarta-feira (18 de março). Também fica estipulada a interrupção do funcionamento dos três restaurantes populares (Ressaca, Eldorado e Nova Contagem) e o atendimento na Receita Municipal e Sistema Nacional de Empego (Sine).

O Decreto estipula a criação do Comitê Intersetorial de Crise do Covid 19, com integrantes de todas as secretarias e autarquias municipais, que farão reuniões semanais. “Também poderão ser convocadas reuniões extraordinárias determinadas pelo prefeito. As regras do Decreto entram em vigor imediatamente, mas ajustes serão feitos ao longo dos dias”, destaca o presidente do Comitê, o secretário Municipal de Saúde Cleber de Faria. Ele ressalta que foram traçadas ações internas, externas e de efeito externo.

Na Saúde, foi ampliado o número de leitos de tratamento intensivo e semi-intensivo, feitas mudanças nas regras de visitas a pacientes no Complexo Hospitalar, Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde (UBSs), bem como nos serviços prestados no Centro de Consultas Especializadas (CCE) Iria Diniz, CCE Ressaca e Centro Especializado em Reabilitação (CER IV). Será publicado nesta semana um Plano de Contingência sobre o atendimento na rede municipal de Saúde. Também foi antecipada a aquisição de insumos hospitalares para um possível período crítico da doença em Contagem.

Alex de Freitas explica que o Comitê Intersetorial trabalha com mais duas fases de enfrentamento do Coronavírus. “São ações lideradas pela secretaria Municipal de Saúde com as devidas orientações da Secretaria Estadual e do Ministério da Saúde, baseadas em protocolos de vigilância sanitária, necessárias para que não tenhamos perdas de vidas humanas em Contagem”, disse.

 

Repórter: Ernesto Braga

Foto: Cassio Matias

Data: 16/03/2020

Campanha de Vacinação contra o sarampo termina nesta sexta-feira (13)

As 49 salas disponíveis no município estão funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. É preciso levar o cartão de vacina e um documento com foto

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, que teve início em fevereiro, será finalizada nesta sexta-feira (13). Em Contagem, a campanha teve o diferencial da abrangência de público. Segundo o Ministério da Saúde, o público-alvo compreenderia pessoas entre 5 e 19 anos, mas em Contagem, a cobertura foi ampliada para crianças a partir de 6 meses de vida e pessoas com até 59 anos.

Na Unidade Básica de Saúde (UBS) Bernardo Monteiro, a enfermeira Maria Helena Pereira explicou que a população compareceu durante o tempo hábil da campanha. “Esse período de campanha está bem tranquilo, pois o trabalho das técnicas de enfermagem, que fazem toda checagem nos cartões dos usuários, está facilitando e favorecendo e otimizando o atendimento ”.

Ainda de acordo com a enfermeira cerca de 90% dos usuários da UBS Bernardo Monteiro estão com as cadernetas em dia, diante as últimas campanhas que foram realizadas no município. Até o dia 13 de março, as 49 salas de vacinação estarão à disposição da população nas oito regionais. Elas funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30. É preciso levar o cartão de vacina e um documento com foto.

 

Repórter: Tayna Oliveira

Foto: Adelcio Barbosa

Data: 11/03/2020

Servidores da Saúde de Contagem são capacitados para atender casos suspeitos de coronavírus

O município está preparando uma ala do Hospital Municipal de Contagem para atender exclusivamente casos suspeitos, caso seja necessário, já que o Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte, é referenciado para esse atendimento

 

Contagem já coloca em prática o plano de contingência para atendimento, desenvolvido com base no Plano Estadual de Contingência para Emergência em Saúde, do governo de Minas Gerais. Uma das primeiras ações foi a capacitação de servidores da Secretaria de Saúde de Contagem. Cerca de 200 profissionais, entre enfermeiros, médicos, gestores de saúde e profissionais do SAMU, participaram de um treinamento, ontem, terça-feira (3), sobre como atender os possíveis casos suspeitos de coronavírus no município.

“Essa é a primeira capacitação dos servidores da rede municipal para o enfrentamento dos possíveis casos que podem aparecer sobre o coronavírus.  Abordamos temas sobre a doença, como história, protocolo clínico disponibilizado pelo Ministério da Saúde e pelo Estado de Minas Gerais, fluxos de atendimento em Contagem, formas de encaminhamento e procedimentos quando houver suspeita nas unidades de saúde”, elencou a subsecretária de Assistência em Saúde, Kênia Silveira Carvalho.

Além da capacitação, o município está preparando uma ala do Hospital Municipal de Contagem para atender exclusivamente casos suspeitos. O Hospital  servirá como retaguarda no atendimento, já que o Hospital Eduardo de Menezes, em Belo Horizonte, é referenciado pelo zoneamento. A ala já passa por reforma e vai contar com 14 leitos. A entrada é individual, separada dos demais pacientes.

 “A ala está sendo providenciada para dá suporte aos casos do município, caso haja necessidade, uma vez que a referência é o Hospital Eduardo de Menezes, porém, é preciso estar com essa ala pronta, para que, se houver lotação no hospital referência, os pacientes possam ser encaminhados para o Hospital Municipal de Contagem”, explicou Kênia Silveira Carvalho.

Ainda sobre o atendimento, a Secretaria de Saúde vem orientando da seguinte forma: se a pessoa apresentar febre e sintomas gripais, principalmente, após ter  visitado países onde há casos da doença ou após contato com pessoas que estiveram nessas regiões, deve procurar uma unidade de saúde (UBS ou UPA). A melhor forma de prevenção da doença é lavar as mãos, utilizar álcool em gel, evitar aglomerações e aperto de mãos. Ao tossir ou espirrar, utilize o braço como proteção. As máscaras só devem ser utilizadas por pessoas com quadro gripal aparente.

 

Repórter: Nelson Augusto

Foto: Adelcio Barbosa

Data: 04/03/2020

UBS Bela Vista está em novo endereço a partir do dia 14/2

Atendimento passa a ser realizado na rua Carlos Vitoriano de Sá, nº 625, bairro Bela Vista. Mudança visa proporcionar mais conforto e comodidade aos pacientes

 

A Prefeitura de Contagem informa que a Unidade Básica de Saúde (UBS) Bela Vista, localizada na rua Eugênio Sá Fortes, irá funcionar em novo endereço. A partir desta sexta-feira (14/2), o atendimento passa a ser realizado na rua Carlos Vitoriano de Sá, nº 625, bairro Bela Vista.

A mudança é uma forma de proporcionar mais conforto e comodidade aos pacientes. A nova sede terá mais salas de atendimento, consultórios amplos e reformados.

 

Repórter: Nelson Augusto

Foto: Divulgação

Data: 12/02/2020