Posts com a Tag ‘SUS’

Hospital Municipal de Contagem participa de capacitação do Ministério da Saúde e Hospital Sírio-Libanês

Profissionais e gestores do HMC e da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) participam em São Paulo de capacitação

O “Projeto Lean nas Emergências” tem como objetivo reduzir a superlotação dos serviços de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde (SUS)

Profissionais e gestores do Hospital Municipal de Contagem (HMC) e da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) participam nesta semana, em São Paulo, de capacitação para implementação do “Projeto Lean nas Emergências”, uma iniciativa do Ministério da Saúde em parceria com o Hospital Sírio Libanês. O curso tem como objetivo reduzir a superlotação dos serviços de urgência e emergência do Sistema Único de Saúde (SUS).

O HMC foi selecionado juntamente com outros 39 hospitais do Brasil para fazer parte do quarto ciclo de treinamentos que aborda uma gestão voltada para a melhoria de processos e eliminar desperdícios e atividades de baixo valor agregado.

“O Lean tem origem no Japão, mais precisamente na produção da empresa Toyota e tem como finalidade enxugar os processos, ou seja, produzir mais com o recurso que tem. Na unidade hospitalar, a ideia é atender toda a demanda que chega ao Pronto Atendimento de forma eficiente, diminuindo o período de internação que impacta na lotação da unidade,” esclareceu o coordenador de Produção Assistencial do Complexo Hospitalar de Contagem (CHC), Jean Santana.

Para a coordenadora de Enfermagem do HMC, Betânia Claudiano, o projeto trará oportunidades de melhoria do processo de trabalho, otimização da mão de obra, redução de custos e, principalmente, promoção na qualidade assistencial. “Foram dois dias de intenso trabalho, muito aprendizado e troca de experiências com profissionais de hospitais de todo país. Teremos muito trabalho nos próximos meses, mas certamente colheremos bons frutos,” ressaltou.

Um diagnóstico já foi feito no setor de pronto-socorro do HMC e, a partir de fevereiro, a unidade receberá equipes do Hospital Sírio-Libanês para implementação da metodologia em Contagem com os colaboradores que participaram do treinamento.

 

Texto e Foto: Bruna Alves

Data: 29/01/2020

Servidores da Saúde participam de capacitação sobre gestão e habilidades gerenciais

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, continua investindo na capacitação dos servidores. Na terça-feira (3), gestores e gerentes de distritos sanitários de saúde e de unidades básicas de saúde participaram da primeira etapa do curso Habilidades Gerenciais e Gestão na Rede de Atenção à Saúde de Contagem.

A subsecretária de Saúde de Contagem, Kênia Carvalho, ressaltou a importância da capacitação para o crescimento dos servidores, além de agradecer o apoio da PUC Minas. Kênia lembrou que “apesar das dificuldades que o SUS enfrenta , Contagem avançou muito nesses últimos anos”.

O curso, realizado na PUC Contagem, ocorrerá em três etapas (3, 10 e 17/12). Entre os temas debatidos nos três dias do curso estão: Legislação/ Servidores; Gestão da Qualidade no SUS; Gestão e Gerência  em Saúde; Gestão do Tempo, Gestão de Conflitos; além de  Gestão e Gerência em Saúde.
 
O diretor do Distrito Sanitário Ressaca, Reiner Gotschalg, destacou que foi muito importante essa capacitação. “O que mais destaco nessa primeira etapa são as noções de gerenciamento administrativo na gestão pública”.
 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio Barbosa

Data: 04/12/2019

Blitz Novembro Azul percorre ruas do bairro Riacho das Pedras

Na última quarta-feira (28) ocorreu, no bairro Riacho das Pedras, mais uma edição da Blitz Novembro Azul. A ação faz parte do movimento “Novembro Azul” que visa à prevenção e  diagnóstico do câncer de próstata. Agentes de saúde percorreram as ruas do bairro, distribuindo panfletos e conscientizando a população sobre a doença.

A gerente da UBS Novo Riacho, Paula Pinho, explicou que a intenção da blitz foi chamar atenção da população para a causa. “Essa ação é para a conscientização contra o câncer de próstata e a saúde do homem como um todo”, explicou.

Ainda de acordo com a gerente é muito importante ações como essa, pois muitos não sabem nada sobre a doença. “Chama a atenção da população, pois até quem não é usuário do SUS é convidado. Às vezes a pessoa não busca o Sistema de Saúde, então quando passa alguém panfletando, com os balões azuis, aquela pessoa acaba se conscientizando”, acredita.

 

Texto e Foto: Lorena Campos

Data: 29/11/2019

Secretaria de Saúde realiza ações em comemoração ao Dia Internacional do Idoso

Foram promovidas 40 atividades em todas as regionais de Contagem

A Secretaria de Saúde de Contagem promoveu uma grande mobilização nas Unidades de Saúde para celebrar o Dia Internacional do Idoso. O objetivo foi valorizar e promover a inclusão da pessoa idosa.Foram 40 ações nas oito regionais do município.

A programação foi variada. Ocorreram palestras, rodas de conversa, cafés interativos, consultas direcionadas, orientações e muito lazer. “No mundo inteiro se comemora a data, e a nossa proposta foi desmistificar a velhice. Temos como meta revelar à população que a velhice faz parte da vida, e que aceitar a velhice é aceitar a vida”, destacou a referencia técnica em saúde da pessoa idosa, Karla Geovani Silva Marcelino.

Para a servidora da rede de saúde de Contagem, Janaína Sérvulo, a ação serve como forma de aproximar ainda mais o profissional de saúde dos pacientes. A UBS em que trabalha promoveu uma tarde de cuidados especiais, com esmaltaria, escalda pés, massagem e música ao vivo. “Quando a equipe quer fazer a diferença há qualidade no atendimento prestado. Nosso trabalho vai além do acolhimento. Hoje nossas mãos falaram, acariciaram e ofereceram um pouquinho de cuidado para os pés tão merecedores de atenção”, destacou.

Segundo dados do IBGE, a cidade de Contagem possui 60 mil idosos cadastrados no Sistema Único de Saúde (SUS). Em Contagem, os profissionais de saúde passam por treinamentos com o objetivo de acolher o idoso de forma eficiente e consequentemente melhorar a qualidade de vida do paciente “Estamos qualificando os profissionais da rede de atenção básica. É importante destacar que o idoso de 60 anos é diferente do de 80 e mesmo assim é possível ter uma velhice saudável e sem problemas”, disse Karla Geovani.

 

 

Repórter:  Júlio César Santos

Foto: Fábio Silva

Data: 04/10/2019

Tecnologia a favor da saúde em Contagem

Todas as orientações necessárias estão disponíveis dentro do formulário a ser preenchido. Em caso de dúvidas, os interessados podem ligar ou mandar whatsapp para (31) 98559-3093

A Prefeitura de Contagem implementou, no início de agosto, mais uma ação para garantir comodidade aos pacientes do SUS-Contagem. Familiares e, até mesmo as equipes do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), poderão fazer as solicitações do Serviço de Oxigenoterapia Domiciliar de Contagem (SOD) por meio do site: (www.contagem.mg.gov.br/sad). Todas as orientações necessárias estão disponíveis dentro do formulário a ser preenchido. Em caso de dúvidas, os interessados podem ligar ou mandar whatsapp para (31) 98559-3093.

Como era

Os familiares ou as equipes do SAD, com o pedido em mãos, precisam se dirigir até o Centro de Consultas Especializadas (CCE) Iria Diniz para solicitar o Serviço de Oxigenoterapia Domiciliar. Além do deslocamento,  o procedimento antes adotado tomava tempo dos usuários interessados em utilizar o serviço.

O serviço

O Serviço de Oxigenoterapia Domiciliar de Contagem (SOD) é um serviço prestado a pacientes de Contagem, portadores de pneumopatias (doenças que afetam os pulmões) graves, realizado em casa. O intuito é assegurar que pacientes, com condições clínicas debilitantes, saiam do ambiente hospitalar, local no qual a permanência aumenta riscos de infecções, contribuindo para a liberação de mais vagas em hospitais.

 

 

 

Repórter:  Lucas Santos

Data: 13/08/2019

 

 

 

 

 

Subsecretária de Saúde, Kênia Carvalho, ministra palestra para candidatos ao cargo de Conselheiro Tutelar Municipal

A palestra ocorreu na Fundação de Ensino de Contagem (FUNEC/CENTEC), com o tema Sistema Único de Saúde (S.U.S) Contagem

A subsecretária de Saúde, Kênia Carvalho, ministrou uma palestra para os candidatos a Conselheiros Tutelares Municipal. O evento fez parte do cronograma do curso de formação. A palestra ocorreu na Fundação de Ensino de Contagem (FUNEC/CENTEC), com o tema Sistema Único de Saúde (S.U.S) Contagem.

Durante a apresentação, a subsecretária destacou três eixos: O S.U.S como política publica de saúde, a rede S.U.S Contagem e os resultados do atendimento da saúde municipal. Cerca de cem pessoas participaram do evento.

“Pela peculiaridade do trabalhado do Conselho Tutelar, eles possuem uma interface próxima com a saúde. Por isso, é de suma importância que eles entendam como é estruturada a saúde pública”, destacou Kênia Carvalho.

 

 

 

Repórter: Nelson Augusto

Data: 06/08/2019

Prefeitura capacita Conselheiros Municipais de Saúde

A importância da capacitação é para integrar conselheiros, população e gestão

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e em parceria com a Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESPMG), realizou nesta quarta feira (5), no auditório da Nova Faculdade em Contagem, mais uma capacitação para os conselheiros municipais de saúde com o tema “Justiça Social e Equidade”.

O tema é uma grande oportunidade de falar sobre justiça e igualdade no que diz respeito ao atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Essa capacitação é mais uma etapa da parceria firmada entre a Prefeitura Municipal de Contagem e a ESPMG, que é uma grande escola dessa área de saúde pública.

O Presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS), professor Ronaldo Gontijo, explicou que essa capacitação irá auxiliar o entendimento dos quatro pilares que o SUS possui. O conhecimento que aqui for ministrado aqui ajudará muito nas políticas públicas de qualidade. “A população participa, fiscaliza e cobra ações de melhorias”, explicou.

Ainda conforme o professor Ronaldo, a partir dessa capacitação, os conselhos distritais, juntamente com o CMS, irão, juntos, buscar ações que possam melhorar cada vez mais o atendimento ao usuário do SUS.

A diretora da Escola de Saúde Pública, Lenira Maia, disse que a parceria firmada entre a escola e a Prefeitura trará benefícios aos usuários da rede pública de saúde no que diz respeito ao entendimento de igualdade e justiça. “ A escola tem uma grande expertise na elaboração de seminários com âmbito de saúde pública”, relatou.

De acordo com Lenira, é importante continuar falando de saúde fora do período pré-eleitoral, já que este assunto transpassa o período eleitoral e é de grande importância para que os novos gestores possam conhecer as necessidades daquela região.

 

Repórter: Jaiderson Henrique (sob supervisão de Marco Antonio Astoni)

Foto: Adelcio Ramos Barbosa

Data: 06/12/2018

Dia Nacional da Homeopatia: Cuidado é integral para a Saúde

Comemorado na última quarta-feira (21), o Dia Nacional da Homeopatia, tem como objetivo homenagear a instauração da técnica holística no Brasil e para disseminar informações sobre os benefícios do tratamento. Diferente da medicina tradicional que avalia os sintomas diagnostica a doença e prescreve o tratamento, a homeopatia é uma prática integrativa e complementar da medicina que estimula a cura do indivíduo “de dentro para fora”.

O tratamento tem como objetivo mobilizar as defesas do corpo para que este se reequilibre e combata a causa, podendo ser utilizada pra tratar distúrbios que estão no início, como resfriados e diarréias.

Os medicamentos homeopáticos são produzidos em farmácias de manipulação e têm como matérias-primas ervam naturais, ou mesmo raízes, minerais, animais entre outras fontes provenientes da natureza.

Segundo a psicóloga no CSU Eldorado, Josiane Francisca Gualberto Gusmão, é importante que o paciente entenda que a homeopatia não é um método alternativo e sim uma prática integrativa e complementar aos métodos tradicionais da medicina. “A medida que a homeopatia contribui para harmonizar o indivíduo, ele terá uma resposta melhor ao tratamento convencional, lidando melhor com as causas que fazem com que ele adoeça”, concluiu a psicóloga Josiane.

Tratamento homeopático também é oferecido pelo SUS

Presente no SUS desde 2006, por meio da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do SUS, o acesso é feito a partir dos serviços de saúde, tanto em unidades básicas de saúde como em serviços especializado, e até mesmo em hospitais.

O usuário deve buscar Unidade de Saúde mais próxima para saber como acessar esse tipo de atendimento, que varia de acordo com a oferta que cada município.

A homeopatia no Brasil

No dia 21 de novembro de 1840 começou a ser praticada no Brasil a medicina homeopática que foi iniciada pelo homeopata francês Dr. Benoit Jules Mure, responsável pela criação do Instituto Homeopático do Saí – o primeiro que tratava os pacientes com técnicas homeopáticas no país. Dr. Benoit, foi salvo de uma tuberculose através da Homeopatia, pelas mãos do conde Dr. Sebástien des Guidi, discípulo direto do médico alemão Christian Friedrich Samuel Hahnemann, criador da Homeopatia.

 

Repórter: Ágatha Dumont(sob supervisão de Lucas Santos)

Foto: Divulgação

Data: 22/11/2018

CAPS Sede passa por obras de revitalização

Entre as melhorias está a pintura externa e o reforço no muro da unidade. Investimento é de cerca de R$ 45 mil

O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Sede, um dos quatro CAPSs de Contagem, está passando por obras de revitalização desde o fim do mês de setembro. A unidade, que está ganhando nova pintura externa, recebeu reforço estrutural e aumento do muro para oferecer mais segurança a servidores e usuários. O antigo sistema de fossa também foi eliminado, dando lugar à ligação junto à rede de esgoto da Copasa. Está previsto que as obras sejam finalizadas já na segunda quinzena deste mês, quando termina a pintura. O investimento feito é de aproximadamente R$ 45 mil.

O CAPS Sede atende a uma média de 100 pacientes em regime de permanência/dia (são atendidos durante todo o dia em dias intercalados da semana) e 200 pacientes ambulatoriais (atendimentos quinzenais ou mensais), e tem capacidade para até oito pacientes em permanência noturna. Entre os profissionais que atuam na equipe da unidade há oito psicólogos e seis psiquiatras.

O diretor do CAPS Sede, Rafael Coelho Kalil, ressalta que as melhorias infraestruturais em execução na unidade refletem a valorização da atual gestão de toda a Rede de Atenção Psicossocial (Raps) de Contagem. “A reforma é um reflexo do processo de humanização da atenção em saúde mental em curso no município. Esse processo pode ser percebido ao longo de todo o atendimento estruturado em rede, desde o acolhimento do usuário em crise psiquiátrica, nos CAPSs, até o seu direcionamento à atenção básica. As ações da Raps Contagem incluem articulações intersetoriais, tais como reuniões de matriciamento com CRAS, CREAS, ESF, NASF, Equipes Intermediárias, Centro de Convivência e serviços de outras secretarias envolvidas, em que o cuidado com o usuário da saúde mental se torna integral, extrapolando uma estrutura hierarquizada e endossando a horizontalidade e autonomia do indivíduo nos diversos campos do conhecimento. Vale frisar que estão sendo priorizados equipamentos com maior demanda e necessidade, e essa estratégia atende ao princípio SUS de equidade, que tem relação direta com os conceitos de igualdade e justiça: oferecer mais a quem mais precisa e menos a quem requer menos cuidados”, afirma o diretor.

 

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Carolina Brauer

Data: 22/10/2018

Saúde Mental: a conscientização é fundamental

Nesta quarta-feira (10), se comemora o Dia Mundial da Saúde Mental

Vistos como grande tabu pela sociedade, os problemas mentais têm se agravado entre a população mundial. Os sintomas, diagnosticados em sua fase inicial, muitas vezes são confundidos com ansiedade, estresse e/ou depressão. Nesta quarta-feira (10), se comemora o Dia Mundial da Saúde Mental. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), saúde mental é um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades, recuperar-se do estresse rotineiro, ser produtivo e contribuir com a sua comunidade.

Segundo o coordenador de Saúde Mental, da Secretaria Municipal de Saúde, Willy Simões, é uma data para conscientizar a população sobre as causas das doenças psíquicas. “A sociedade que vivemos com excessos de cultura do imediatismo, excesso de redes sociais, necessidade de auto-afirmação aumenta os casos de doenças mentais, como por exemplo, a depressão. A saúde mental é fundamental para que possamos exercer qualquer atividade diária”.

Oferecida no Sistema Único de Saúde (SUS), a partir da Política Nacional de Saúde Mental, Contagem tem unidades voltadas exclusivamente para a Saúde Mental. Os usuários que apresentarem sofrimento em função de transtornos mentais já identificados ou suspeitados devem procurar ajuda nas equipes de PSF ou nos Centros de Saúde, que estarão capacitados para acolher e dar o devido encaminhamento ao problema.

Caso necessário, os usuários são encaminhados para os Centros de Atenção Psicossocial (CAPs), os Serviços Residenciais Terapêuticos, os Centros de Convivência e Cultura. Além de atender pessoas com transtornos mentais, estes espaços acolhem usuários de álcool, crack e outras drogas modificando a estrutura da assistência à saúde mental.

Os usuários com distúrbios mentais, antes encarcerados em manicômios, sendo submetidos a torturas físicas e psicológicas passaram a receber um verdadeiro tratamento, direito ao cuidado, e a não serem apenas excluídos pela sociedade.

Dia mundial da Saúde Mental
Criada em 1992 pela Federação Mundial de Saúde Mental, a data tem como objetivo de combater o preconceito, conscientizar a população e chamar a atenção pública para a questão da saúde mental no mundo.

No Brasil, transtornos mentais e comportamentais são a terceira causa de incapacidade para o trabalho, correspondendo a 9% da concessão de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez, de acordo com dados do 1º Boletim Quadrimestral sobre Benefícios por Incapacidade (Secretaria de Previdência/Ministério da Fazenda/2017).

Centro de Atendimento a Saúde Mental em Contagem:
CAPSI – Rua Urucuri nº 130, Novo Eldorado.
Telefone: 3356-3307 e 3392-1927

CAPS III Eldorado – Rua Marguerita Fontanarezza nº 106, Eldorado.
Telefone: 3355-1558 e 3352-2252

CAPS AD – Rua Sevilha nº 110, Santa Cruz.
Telefone: 3398-7378 e 3398-9922

CAPS III Sede – Rua Felisbino Pinto Monteiro nº 1099, Praia.
Telefone: 3352-5822 e 3352-7215

Centro de Convivência Horizonte Aberto – Rua Livorno nº 96, Santa Cruz.
Telefone: 3352-5350

 

Repórter: Ágatha Dumont (sob supervisão de Lucas Santos)

Foto: Adelcio Ramos Barbosa

Data: 10/10/2018