Posts com a Tag ‘Secretaria de Saúde’

Contagem capacita nova equipe do Serviço de Atenção Domiciliar

Capacitação de profissionais da saúde é uma política pública muito valorizada pelo atual governo

Contagem dá mais uma passo para se consolidar como referência no Serviço de Atenção Domiciliar (SAD). Na sexta-feira (22), a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu a capacitação sobre Cuidados Paliativos do SAD. A ação teve por objetivo capacitar a nova Equipe Multidisciplinar de Atenção Domiciliar (EMAD). A capacitação foi realizada pela Referência Nacional em Cuidados Paliativos, o enfermeiro e professor Alexandre Ernesto Silva.

O município passa a contar com sete equipes EMAD, que é composta por médicos, enfermeiros, fisioterapeuta, assistente social e técnicos de enfermagem. Além disso, Contagem conta com três Equipes de Apoio (EMAP). A EMAP é formada por psicólogos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos, nutricionista e cirurgião-dentista.

O superintendente de Urgência e Emergência, Flávio Luiz dos Santos, destacou que Contagem sai na frente nas ações da saúde. “É uma data muito importante para Contagem, pois a nova equipe ampliará o acesso ao serviço. Isso está dentro do contexto de capacitação dos profissionais, que é uma política pública muito valorizada pelo atual governo”. Flávio dos Santos ainda destacou a importância da nova equipe de atenção domiciliar: “Essa nova equipe é reflexo das prioridades do prefeito Alex de Freitas, que, desde o início, tem a saúde como prioridade do governo.”

O SAD é uma ação do Ministério da Saúde que visa a desospitalização de pacientes que apresentam condições de seguir com tratamento no próprio domicílio. O cuidado domiciliar apresenta-se como alternativa em que o destaque para a melhor assistência ao paciente é o tratamento em seu “habitat natural”. O SAD tem capacidade para atender até 40 crianças na pediatria, 40 pessoas na ortopedia, 20 em cuidados paliativos e 240 na clínica médica, totalizando 340 pacientes que podem ser atendidos no âmbito do programa.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Santos

Data: 25/02/2019

Interação ao ar livre e muita animação no Janeiro Branco de Contagem

Para incentivar a reflexão sobre a saúde mental, Secretaria de Saúde promove manhã de atividades no Parque do Eldorado

Na manhã desta terça-feira (29), cerca de 70 pessoas, entre usuários, familiares e trabalhadores dos Núcleos de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) participaram do evento “Janeiro Branco – Ações de Promoção de Saúde Mental”. A ação ocorreu no Parque Ecológico Thiago Rodrigues Ricardo, no Eldorado, no contexto da celebração do Janeiro Branco, campanha mundial de valorização de uma cultura da saúde mental.

A programação contou com alongamentos, relaxamentos e brincadeiras de roda com a dinâmica de grupo oferecida pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), lanche com frutas e sucos naturais, roda de conversa sobre saúde mental no trabalho e muita animação com o aulão de dança do Movimenta Contagem.

Representando o secretário de Saúde de Contagem, Cléber de Faria Silva, o coordenador do setor de Saúde Mental da SMS, Willy Simões, explicou que, durante o mês de janeiro, foram ofertadas oficinas com temáticas relacionadas ao restabelecimento e valorização de laços familiares e sociais em equipamentos da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) do município, como os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

Uma dessas oficinas foi realizada no Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil (CAPSi), oportunidade na qual crianças e adolescentes criaram telas a partir da reflexão sobre o que seria o Janeiro Branco nas suas vidas. Esses trabalhos, em que aparecem temáticas relacionadas à casa, ao ambiente familiar e a representações de como esses jovens se vêem, estiveram expostos durante o evento no Parque Ecológico. “O objetivo dessas oficinas e do evento de hoje foi convidar as pessoas à reflexão sobre a importância do cuidado com a saúde mental na vida em geral, e o início do ano é uma época propícia para se repensar metas e refletir os cuidados que precisamos ter com a saúde, inclusive a saúde mental”, disse Willy.

Renato Dias Paes foi um dos participantes do evento. Ele conta que tem 45 anos e que frequenta o CAPS Eldorado há mais ou menos três meses. Para ele, ações como essa são muito positivas para processos de socialização e reinserção social. “Já passei pelo Galba Veloso e hoje estou lá no CAPS. Essa interação aqui é muito boa. Às vezes, as pessoas olham pra gente e nem chegam perto, mas, às vezes, só de a gente ganhar um abraço, isso já faz toda a diferença”, relata.

Para saber mais sobre a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) de Contagem, clique AQUI.

Saúde mental no trabalho e na vida

O médico do Trabalho Sávio Henrique Teixeira Silveira, do Cerest/Visat de Contagem, proferiu palestra sobre saúde mental e trabalho. O especialista afirmou que grande parte do adoecimento relacionado ao trabalho está ligada à saúde mental. “Questões ligadas à saúde mental são a terceira maior causa de afastamentos no INSS. Em metade desses casos, ou o trabalho provocou o adoecimento ou contribuiu para ele. Hoje em dia, os adoecimentos ligados à saúde mental já são a segunda maior demanda por atendimentos no Cerest/Visat de Contagem. Atendemos, atualmente, muito mais trabalhadores com problemas relacionados à saúde mental do que há cinco anos. Como prevenir isso? Os riscos psicossociais são de difícil prevenção, mas a organização dos trabalhadores e cidadãos em torno da luta por seus direitos é uma das formas de prevenção da saúde mental”, revela o médico.

A psicóloga da RAPS de Contagem Pollyana Lúcia Costa Santos também citou a importância da convivência e do compartilhamento de experiências para a saúde mental. Ela ressaltou que falar de saúde mental é também falar de trabalho, fonte de criação e reafirmação de identidade e um dos fatores determinantes da saúde. “É preciso estarmos juntos para falar sobre nossas dores e amores, alegrias e tristezas. Falar de si e escutar o outro são atitudes que favorecem a saúde mental – muitas vezes, o adoecimento começa no silêncio. E falar sobre histórias de vida é falar também sobre trabalho. Trabalho como criação de vida, e não como subtração”, ponderou a psicóloga.

Cerest/Visat

O Cerest/Visat de Contagem presta assistência especializada a trabalhadores formais e informais e de empresas públicas ou privadas que residam nos municípios de Contagem, Ibirité e Sarzedo. Todo trabalhador acometido por doenças, problemas de saúde relacionados ao trabalho ou que tenha se envolvido em algum acidente de trabalho pode encontrar no Cerest de Contagem os seguintes serviços: orientações sobre a prevenção de doenças e acidentes do trabalho, acompanhamento social e orientação previdenciária, atividades em grupo, acompanhamento coletivo ou individual durante tratamentos e orientação psicológica.

Para acessar esses serviços, o trabalhador que apresente alguma queixa, ou é indicado a procurar os serviços do Cerest, deve primeiro procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) à qual é referenciado e apresentar a sua queixa. Após o atendimento na unidade de saúde, o profissional da unidade vai orientá-lo conforme a demanda e, constatada a necessidade, fará o encaminhamento ao Cerest.

Para saber mais sobre o Cerest/Visat, clique AQUI.

 

Repórter: Carolina Brauer 

Foto: Fábio Silva

Data: 29/01/2019

Revitalização da UPA JK entra na fase final

Com cerca de 450 atendimentos por dia, UPA JK passa por obras com investimento de R$ 700 mil

A UPA JK, localizada na principal avenida de Contagem, a João César de Oliveira, é uma referência não apenas para o município, mas para as cidades vizinhas. Diariamente, a unidade realiza cerca de 450 atendimentos. Vale ressaltar que são acolhimentos feitos 24 horas por dia, sete dias por semana.

Assim como na UPA Ressaca e Nova Contagem, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, promove obras de revitalização para trazer maior comodidade aos usuários. Na UPA JK, além da pintura completa da fachada externa da Unidade, foi construída nova recepção.

O grande número de atendimento trazia um transtorno devido a recepção não comportar o fluxo. Além disso, os usuários dividem o espaço com as ambulâncias do SAMU. A obra de ampliação da recepção e a pintura da fachada gira em torno de R$ 700 mil. A previsão é que as intervenções terminem em fevereiro.

O secretário de Saúde, Cléber de Faria Silva, destacou que, mesmo em momento de crise dos governos Federal e Estadual, os investimentos na saúde não pararam em Contagem. Cléber ressaltou que o prefeito Alex de Freitas não mede esforços: “Com o apoio dele, realizamos diversas obras que mudam a cara da saúde de Contagem. A nova recepção da UPA JK, por exemplo, irá resolver um antigo gargalo da unidade, o fluxo de pessoas. Propiciaremos aos usuários uma maior comodidade”, conclui o secretário.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio Ramos Barbosa 

Data: 25/01/2019

Agentes de Saúde e Endemias se reúnem na Secretaria de Saúde

Os agentes levaram uma pauta com três pontos para ser discutida no encontro

Uma comissão representando os Agentes de Combate a Endemias (ACE) e Agentes Comunitários de Saúde (ACS) se reuniram nessa sexta-feira (17) na Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Os agentes foram recebidos pelo secretário municipal de Saúde, Cléber de Faria Silva, e pelo subsecretário de Gestão em Saúde, Maurício Rangel, entre outros representantes da (SMS).

Os agentes levaram uma pauta com três pontos para ser discutida no encontro. O novo vínculo dos agentes após a extinção da Fundação de Assistência Médica e de Urgência de Contagem – Famuc. Com a reforma administrativa, a fundação foi extinta, e os agentes não tiveram seus vínculos e acertos regularizados. O jurídico da SMS encaminhou essa demanda para a Procuradoria-Geral do Município para avaliar a situação e dar resposta aos agentes.  O segundo ponto foi a nova Política Nacional de Atenção Básica – PNAB. Os agentes querem que PNAB, instituída pelo governo Federal em 2017, seja amplamente debatida em Contagem. Entre os pontos divergentes, estão as atribuições dos agentes. Por último, os agentes discutiram com os representantes da Saúde, o adicional por incentivo (14º salário). Essa pauta, também, foi encaminhada para a Procuradoria do Município, para também, dar um posicionamento aos agentes.

O representante da Associação dos Agentes de Saúde de Contagem – AASCOM, Helison Francisco, enfatizou que a primeira conversa foi produtiva entre as partes. “Esperamos dar sequencia nas conversas para que possamos achar um bem comum. Dessa forma continuaremos colaborando com o município em favor da população”. A AASCOM está em fase final de criação para fortalecer a luta dos agentes.

Além dos encaminhamentos para a Procuradoria-Geral do Município, o secretário municipal de Saúde, Cléber de Faria Silva, propôs uma ampla reunião. “Em setembro, já deveremos estar com as respostas da Procuradoria, então iremos realizar um amplo encontro com os mais de 700 agentes de saúde e endemias para esclarecer as dúvidas”. Cléber indicou ainda que reuniões devam acontecer com freqüência. “Os agentes são fundamentais para o município, devido ao excelente trabalho e o contato direto com o usuário. Propomos, a cada 60 a 90 dias reunir com eles para alinharmos ações em conjunto”

ACS e ACE
O Agente Comunitário de Saúde (ACS) é o profissional responsável por atuar na promoção e prevenção da saúde, mapeando e encaminhando pessoas ao serviço de saúde. O agente participa, com as equipes de saúde e a comunidade, da elaboração, programação, avaliação e reprogramação do plano de ação local de saúde.

O Agente de Combate a Endemias (ACE) promove ações de educação em saúde junto à comunidade e informa à população sobre os riscos das doenças. Além disso, o ACE também realiza visita aos imóveis e outras localidades com o objetivo de prevenir e controlar doenças como dengue, malária, leishmaniose e doença de Chagas. Atua, ainda, no controle de roedores e na prevenção de acidentes por cobras, escorpiões e aranhas e participa das ações de vacinação de cães e gatos para prevenção e controle da raiva.

Já atualizou seus dados na Unidade Básica de Saúde?

É através do seu contato telefônico que a equipe de saúde comunica o agendamento de consultas, exames e cirurgias marcadas. Se o seu telefone não estiver atualizado no seu cadastro, que fica na sua Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência, isso pode prejudicar o contato para que você seja avisado. Por isso, manter o cadastro atualizado na UBS é fundamental.

Procure a sua UBS e atualize seus dados! A renovação cadastral é prática e rápida.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Silva

Data: 17/08/2018

Conscientizar a sociedade brasileira sobre a importância da educação sanitária, despertando na população o valor e os cuidados para com a saúde, nunca foi tão importante

Neste domingo (5) é comemorado o dia nacional da Saúde, que tem como objetivo conscientizar a sociedade brasileira sobre a importância da educação sanitária, despertando na população o valor e os cuidados para com a saúde. O que nem todos sabem é que a data foi escolhida em homenagem ao médico sanitarista Oswaldo Cruz, que nasceu em 5 de agosto de 1872 e foi pioneiro no estudo de moléstias tropicais, da medicina experimental no Brasil e um dos principais responsáveis pelas erradicações de perigosas epidemias que acometiam o Brasil no final do século XIX e começo do século XX.

Durante a trajetória de Oswaldo Cruz e devido a sua obstinação, a vacinação tornou-se prática corriqueira no Brasil e a preocupação com a saúde pública se implantou em definitivo. Uma pessoa saudável não é apenas aquela que não apresenta doença, mas, sim, aquela que está bem consigo mesma e também apresenta uma boa relação com a sociedade. Logo, para o corpo e a mente entrarem em equilíbrio, profissionais da saúde recomendam que a população mantenha uma rotina alimentar saudável, praticar atividades físicas e manter-se bem hidratado – de preferência com água e sucos naturais.

 A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, apóia essa ideia ao lançar no dia 20 de julho, o programa Movimenta Contagem, que promove a saúde e o bem-estar dos contagenses misturando dança, atividade física, esportes e estimulando a interação social. Atualmente, cerca de três mil pessoas vêm participando do projeto, que oferece diferentes modalidades, orientadas por profissionais, em diversos espaços públicos do município. O programa Movimenta Contagem é uma parceria entre a Prefeitura de Contagem e o Núcleo de Incentivo à Cidadania (NIC), tem caráter transversal e envolve também as secretarias municipais de Cultura, Esporte e Juventude, de Desenvolvimento Urbano e Habitação e de Saúde (SMS), além das oito regionais administrativas da cidade.

Segundo o Art. 196 da Constituição Federal de 1988, “a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.”

Confira algumas dicas para o seu bem estar:

Alimente-se a base de frutas, verduras, proteínas e carboidratos; pratique atividade física. Movimente-se; mantenha-se bem hidratado. Evite bebidas alcoólicas e gaseificadas. Dê preferência aos sucos naturais, água e chás; tenha uma boa noite de sono; durma entre 7h á 8h/noite. Um local confortável, sem ruídos e livre da claridade contribuíra para um sono de qualidade; use filtro solar. Ele é um ótimo aliado na prevenção de queimaduras e do câncer de pele; esqueça o cigarro. Ele é o causador do câncer de pulmão e enfisema pulmonar.

Já atualizou seus dados na Unidade Básica de Saúde?

É através do seu contato telefônico que a equipe de saúde comunica o agendamento de consultas, exames e cirurgias marcadas. Se o seu telefone não estiver atualizado no seu cadastro, que fica na sua Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência, isso pode prejudicar o contato para que você seja avisado. Por isso, manter o cadastro atualizado na UBS é fundamental.

Procure a sua UBS e atualize seus dados! A renovação cadastral é prática e rápida.

 

Repórter: Ágatha Dumont ( sob supervisão de Marco Antonio Astoni)

Foto: Divulgação

Data: 03/08/2018

Semana Mundial da Amamentação chama a atenção para importância do aleitamento materno

Leite materno é capaz de reduzir ocorrência de infecções e de mortes por causas evitáveis em crianças com menos de cinco anos. Amamentação exclusiva é recomendada até os seis primeiros meses de vida, mas aleitamento pode e deve prosseguir até os dois primeiros anos de idade ou mais

A amamentação é um ato de amor, no qual mãe e bebê estabelecem um vínculo profundo de afeto. E ela vai além, proporcionando uma vida mais saudável para as crianças e para as mães que amamentam. Com o objetivo de reforçar a importância do leite materno para o desenvolvimento e a proteção da criança, o Brasil e mais de 150 países comemoram a Semana Mundial da Amamentação. Celebrada entre os dias 1 e 7 de agosto, a campanha deste ano, que acontece sob o slogan “Amamentação é a base da vida”, busca conscientizar a população sobre os benefícios para a saúde da criança e da mulher.

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), o leite materno é capaz de reduzir em 13% a mortalidade por causas evitáveis em crianças menores de cinco anos, reduz o risco de desenvolvimento de hipertensão, colesterol alto, diabetes, sobrepeso e obesidade na vida adulta e protege a criança de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergias. E para a mulher, pesquisas indicam que o ato de amamentar atua diminuindo as chances de desenvolvimento dos cânceres de mama e de ovário.

Jéssica Damasceno Zeferino é mãe da pequena Valentina, que nasceu no Centro Materno Infantil (CMI) Juventina Paula de Jesus, a maternidade de Contagem, em 20 de fevereiro de 2017. Jéssica foi doadora por cerca de seis meses do Rota do Leite, iniciativa do município que coleta o leite humano oriundo de doações e o encaminha para a pasteurização no Banco de Leite da cidade de Betim.

No dia seguinte ao nascimento de Valentina, Jéssica participou da reunião de sensibilização oferecida na maternidade sobre a importância da amamentação, oportunidade na qual puérperas e familiares também recebem orientações sobre os cuidados necessários ao recém-nascido e sobre doação de leite. A participação nas reuniões de grupo, que atualmente acontecem nas instalações do CMI todos os dias da semana, às 13h30, é voluntária. À ocasião, Jéssica disse, após participar do encontro, que a experiência tinha sido muito válida, “principalmente em relação à amamentação. Estou amamentando e, se possível, vou inclusive doar leite. Até ordenhadeira eu já tenho em casa. Acho que a amamentação ajuda não só a fortalecer o elo que tenho com minha filha, mas também na recuperação do meu próprio corpo”, afirmou Jéssica.

E o vaticínio de Jéssica acabou se confirmando: ela não só se tornou doadora do Rota do Leite, seguindo os passos da mãe e da avó, que segundo Jéssica foram amas de leite, mas também se tornou a madrinha da campanha em favor da amamentação promovido pela Prefeitura de Contagem em 2017.

Hoje, um ano e cinco meses após o nascimento de Valentina, embora não participe mais do Rota do Leite, Jéssica conta que segue firme com a amamentação da filhota. “Eu trabalho e estudo e passo muitas horas do dia longe de casa. Mas, depois do trabalho e antes da faculdade, eu ainda a amamento, e também antes de dormir. É até hoje um momento único com a Valentina”, relata a mãe.

Jéssica está certíssima: o Ministério da Saúde (MS) e a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendam que os bebês sejam amamentados até os dois primeiros anos de vida ou mais, sendo o leite materno o único alimento recomendado nos seis primeiros meses de vida. Segundo a OMS e o Fundo das Nações Unidas para a infância (Unicef), cerca de seis milhões de crianças são salvas a cada ano com o aumento das taxas de amamentação exclusiva até o sexto mês de vida.

Um viva à Jéssica e à Valentina!

Amamentação cruzada pode transmitir doenças
 
A presidente do Comitê de Aleitamento Materno do CMI, Kátia Fonseca, chama a atenção para o fato de que a prática de amamentar filhos de outras mulheres, atualmente conhecida como “amamentação cruzada”, pode trazer riscos à criança, uma vez que o leite materno pode transmitir infecções como o HIV. “As amas de leite eram figuras muito comuns antigamente. Mas, hoje, sabe-se que essa prática pode trazer riscos. A recomendação é de que as mães procurem o posto de coleta de leite humano do CMI para se informar sobre doação de leite humano”, ressalta a técnica.

Agosto Dourado e Mamaço em Contagem

No Brasil, a amamentação ganhou mais um estímulo no mês de agosto: a Lei nº 13.435/2017, que institui o mês de agosto como o Mês do Aleitamento Materno. Em Contagem, está prevista uma ação de incentivo ao aleitamento materno para sensibilizar a população quanto à importância do aleitamento. Será o primeiro Mamaço de Contagem, quando um grupo de mães se reunirá, ainda neste mês, para amamentar seus bebês em público.

Acompanhe no Portal da Prefeitura de Contagem e no Blog De bem com a vida, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a divulgação da data, horário e local do Mamaço.

 

Já atualizou seus dados na Unidade Básica de Saúde?

É através do seu contato telefônico que a equipe de saúde comunica o agendamento de consultas, exames e cirurgias marcados. Se o seu telefone não estiver atualizado no seu cadastro, que fica na sua Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência, isso pode prejudicar o contato para que você seja avisado. Por isso, manter o cadastro atualizado na UBS é fundamental.

Procure a sua UBS e atualize seus dados! A renovação cadastral é prática e rápida.

 

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Fábio Silva

Data: 03/08/2018

Vem aí mais uma Capacitação sobre Boas Práticas para Serviços de Alimentação

Curso, gratuito, é voltado a comerciantes, supervisores e manipuladores de alimentos de Contagem

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promove mais uma edição da Capacitação sobre Boas Práticas para Serviços de Alimentação (RDC 216/2004, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa).

O objetivo é o de capacitar, apoiar e auxiliar os manipuladores de alimentos a aperfeiçoarem as boas práticas para reduzir riscos de problemas associados ao consumo de alimentos e promover as condições higiênico-sanitárias do alimento preparado.

O curso, gratuito, acontecerá nos dias 17 e 18/7, das 8h às 12h, no auditório do SEST/SENAT. As inscrições já podem ser feitas no link . Serão ofertadas 100 vagas. A iniciativa é voltada a comerciantes, supervisores e manipuladores de alimentos de Contagem.

Assim como na primeira edição do curso, executada em maio deste ano,  que contou com a participação de aproximadamente 170 pessoas, serão debatidas ações e procedimentos relacionados à elaboração, formas de armazenamento e conservação dos alimentos e à legislação relativa ao ramo. Se feita no mercado, uma capacitação nos mesmos moldes chega a custar quase R$ 600,00.

O diretor da Vigilância Sanitária da SMS, Rodrigo Torres, afirma que a ideia é de que aconteçam capacitações mensais voltadas a empreendedores que necessitam de um alvará sanitário para os serviços de alimentação, tais como bares e padarias.

“Além de fiscalizar, a vigilância em saúde também promove ações de educação sanitária. Na primeira capacitação que fizemos, estávamos esperando mais ou menos 50 pessoas, mas cerca de 170 pessoas acabaram participando, porque existe um grande interesse por parte de trabalhadores e comerciantes em conseguir a certificação e em melhorar a qualidade dos alimentos ofertados. Queremos fazer uma capacitação a cada mês aos regulados. Com isso, a população em geral, que consome os alimentos, e trabalhadores e comerciantes, que os vendem, serão beneficiados”, explica o diretor.

Serviço
Capacitação sobre boas práticas para serviços de alimentação
Data: 17 e 18/07/2018
Dia: terça e quarta-feira
Horário: 8h às 12h
Local: Auditório do SEST/SENAT – rua Dorinato Lima, nº 450, bairro Inconfidentes – Contagem
Inscrições clique aqui

 

Repórter: Carolina Brauer

Data: 25/06/2018

Projeto Cuidar começa a funcionar em Contagem

Iniciativa visa auxiliar e orientar os usuários que utilizam serviços de saúde

Bruna Ferreira, 9º período de enfermagem, é uma das selecionadas para participar do ‘Projeto Cuidar’. Popularmente conhecido como ‘Posso Ajudar?’, a iniciativa realizada pela Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, visa auxiliar e orientar os usuários que utilizam serviços de saúde.

A estudante de enfermagem destacou que “o projeto é uma oportunidade de colocar o conhecimento em prática”. Além disso, ela ressalta que será uma forma de levar conhecimento e informação para a população. Bruna está atuando no Pronto Atendimento Infantil, no Centro Materno Infantil.

O secretário de Saúde, Cléber de Faria Silva, recebeu nessa quinta-feira (21) os estudantes selecionados. Cléber reforçou a importância do ‘Projeto Cuidar’ para o município. “Será uma oportunidade única para que os estudantes vivenciem de perto o dia a dia das Unidades de Saúde, sendo facilitadores no momento em que o usuário necessita de um atendimento”, conclui o secretário.

O secretário de Saúde ainda ressaltou que o projeto já foi implantado em vários municípios do país e já obtiveram resultados positivos. “Com o apoio do prefeito Alex de Freitas, a Saúde conseguiu tirar do papel essa iniciativa em Contagem”.

O projeto inicialmente selecionou 14 estudantes de Enfermagem. Sendo que 10 atuarão nas Unidades de Pronto Atendimento, e quatro no Centro Materno Infantil, em horários alternados. No total, 63 estudantes se inscreveram, 24 compareceram ao processo. A seleção foi feita em duas etapas: teórica (prova) e prática.

Antes que o projeto iniciasse, os futuros enfermeiros passaram por um treinamento para conhecer o cotidiano das unidades de saúde e de como deverá ser o atendimento. O objetivo da Secretaria de Saúde é implementar esse projeto em outras unidades de saúde de Contagem.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adélcio Ramos

Data: 21/06/2018

Saúde participa do Big Arraiá

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, é parceira da festa

Junho chegou, mês das festas juninas. O Big Shopping não seria diferente, e preparou também seu ‘arraiá’. De 11 a 24 de junho, os clientes poderão aproveitar o Big Arraiá. A festa junina que possui cunho social e oferece aos clientes, comidas típicas da época e artesanatos. A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, é parceira da festa.

O Centro de Convivência (CCV) Horizonte Aberto representa a Secretaria de Saúde na festa. O CCV é uma instituição que integra a rede substitutiva de atenção à saúde mental, de Contagem. O centro oferece aos usuários, a construção de laços sociais, por meio de oficinas, trocas e encontros, além de atividades externas como passeios e participação em eventos da Comunidade.

A gestora do CCV Horizonte Aberto, Karen Alvim, ressalta a importância da ação para o centro. “O evento uma forma de inclusão para os usuários da saúde mental, alguns deles, vieram ao shopping pela primeira vez. Além disso, o recurso arrecadado com a venda do artesanato é revertido para o Horizonte Aberto”.

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Silva

Data: 13/06/2018

Profissionais da atenção básica são capacitados para o pré-natal

No total, 260 profissionais da atenção básica, entre enfermeiros e médicos participarão da capacitação

Com o objetivo de qualificar os profissionais da Saúde, que atendem nas Unidades Básicas de Saúde – UBS, para o atendimento às gestantes, a Prefeitura de Contagem iniciou nessa terça-feira (22), Pré-Natal – Capacitação para Atenção Básica.

No total, 260 profissionais da atenção básica, entre enfermeiros e médicos participarão da capacitação. As equipes serão divididas em quatro dias de curso. Debaterão desde as possíveis doenças durante a gestação até onde encaminhar as pacientes em casos mais graves.

O assessor de Secretaria de Saúde, Luiz Fernando Avelar, representando o Secretário de Saúde, Cléber de Faria Silva, disse que “desde que o prefeito Alex de Freitas iniciou a gestão determinou que a saúde oferecesse constantemente cursos para aprimoramento dos profissionais”.

A médica Ginecologista e Obstetra, do Centro de Especialidade Iria Diniz, Grace Piacesi, destacou o valor da capacitação. “É muito importante, pois queremos aproximar os profissionais da saúde que estão na ponta, na chamada atenção básica, como Centro de Consultas Iria Diniz”, destacou Grace.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Silva

Data: 22/05/2018