Posts com a Tag ‘Reunião’

Parceria para garantir assistência aos animais abandonados

Garantir abrigo e proteção aos animais, que merecem todo respeito e carinho, foi a pauta de reunião na sexta-feira (20), entre representantes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e do ICeasaMinas( Instituto Central de Abastecimento de Minas Gerais. A ideia é de criar uma parceria entre a SMS, o ICeasaMinas e entidades de proteção animal para a construção de um local para abrigamento de animais abandonados, promover o encaminhamento dos bichinhos à adoção e, principalmente, estimular e disseminar a cultura da conscientização para a guarda responsável de cães e gatos.

O diretor de Relações Sociais do Instituto CeasaMinas, Flávio Câmpara, relatou a situação atual dos animais que são abandonados e vivem no pátio da Ceasa e a necessidade de firmar parceria com a Prefeitura de Contagem e a sociedade civil organizada, já que esse projeto precisa ser feito com a participação de todos e tem como premissa fundamental conscientização da população. “Precisamos do apoio da prefeitura, porque o instituto sozinho não consegue implantar o projeto, e retirar esses animais é uma questão de saúde. Fechando essa parceria, a ideia é de construir um abrigo com estrutura de uma clínica, com veterinários e toda parte física e operacional”, disse Flávio.

Em contrapartida, a prefeitura, por meio da SMS, em conjunto com a equipe da Vigilância em Saúde do município, buscará construir um plano de trabalho com metas e ações para potencializar a retaguarda dos serviços. “Esse é um trabalho coletivo. Temos que levar em consideração que o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) não pode ser usado pela população como local de despejo e abandono dos animais. Por isso, queremos trabalhar em parceria para estimular políticas e evitar o abandono dos bichos e, consequentemente, diminuir as doenças relacionadas aos animais errantes. Essa é uma meta do governo Alex de Freitas e Willan Barreiro”, defendeu o secretário de Saúde Bruno Diniz.

A diretora de Zoonoses da SMS, Mariana Licéia Campos de Oliveira, afirma que a base do plano de ação são a prevenção ao abandono e dos maus tratos e o incentivo às castrações e à adoção. A diretora aproveita para chamar a atenção da população quanto à responsabilidade que envolve a decisão de ter um animal de estimação. “Antes de ter um animal é necessário pensar muito sobre as responsabilidades recorrentes: um animal pode viver mais de 15 anos e precisa de atenção, tratamento, tempo e investimento. E nunca é demais lembrar que abandonar animais é crime previsto na Lei 9605/98”, lembro Mariana.

A diretora de Zoonoses da SMS, Mariana Licéia Campos de Oliveira, afirma que a base do plano de ação são a prevenção ao abandono e dos maus tratos e o incentivo às castrações e à adoção. A diretora aproveita para chamar a atenção da população quanto à responsabilidade que envolve a decisão de ter um animal de estimação. “Antes de ter um animal é necessário pensar muito sobre as responsabilidades recorrentes: um animal pode viver mais de 15 anos e precisa de atenção, tratamento, tempo e investimento. E nunca é demais lembrar que abandonar animais é crime previsto na Lei 9605/98”, lembro Mariana.

Data: 20/10/2017

Repórter: Lídia Bento

Foto: Fábio Silva

Maternidade e Vigilância são destaques em reunião da Saúde

Encontro do colegiado gestor visa discutir as questões relacionadas ao funcionamento dos serviços no município

O colegiado gestor da Secretaria Municipal de Saúde se reuniu nessa segunda-feira (9), no auditório da Nova Faculdade. O objetivo do encontro é debater as políticas públicas e monitorar as ações voltadas para a saúde no município.  O colegiado é formado pelo secretário e os adjuntos, superintendentes, gestores e os chefes de distritos. Entre os diversos assuntos discutidos estão o aumento de partos na Maternidade e avanços na Vigilância Sanitária.

O parto de cerca de 40% dos contagenses, nascidos em 2017, foi feito na Maternidade Municipal de Contagem. Cerca de 7% a mais em relação ao ano passado. “A expectativa é que nos próximos anos, 55% dos contagenses nasçam na Maternidade de Contagem, uma conquista para o município”, ressaltou o secretário de Saúde, Bruno Diniz.

Em relação à Vigilância Sanitária, o gestor de Vigilância em Saúde, Tércio Sales, ressaltou que atendendo a Resolução RDC 153/2017 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a emissão da licença sanitária será simplificada. “O procedimento de emissão do licenciamento sanitário, e fiscalização estão mais simples, para empreendimentos que tem o grau de risco sanitário baixo, permitindo a emissão de alvará imediatamente”, comentou. 

Os empreendimentos considerados de baixo risco sanitário são os comércios atacadistas de carne, massa e produtos alimentícios, restaurantes, bares e lanchonetes. Além de parques, clubes, hotéis e alojamentos, cabeleireiros, manicure e pedicure. 

 Data: 11/10/2017

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Silva

Alunos do curso de medicina da PUC visitam Vigilância Sanitária

Estudantes da PUC visitam prefeitura para saber sobre o trabalho desenvolvido na área da saúde

A parceria da Secretaria de Saúde com a Pontifícia Universidade Católica (PUC-MG) segue promovendo projetos e ações. Nessa terça-feira (3), quatro estudantes de medicina, do 10º período, conheceram o trabalho da Vigilância Sanitária. Desde setembro, alunos percorrem todos os setores da Secretaria de Saúde com o objetivo de aproximar os estudantes do serviço público e do Sistema Único de Saúde (SUS). 

O diretor da Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde, Marcílio Alves dos Santos, ressalta que “pela manhã os estudantes puderam conhecer o papel da vigilância sanitária, por meio da fiscalização e autuação no comércio e empresas de diversos segmentos. Além do controle interno nas unidades de saúde”.  Já na parte da tarde os alunos visitaram uma unidade de saúde para aprofundar sobre a prática da vigilância.

A estudante de medicina, Rayane Marques, enfatiza a importância da população na vigilância sanitária. “Aprendi, não apenas como estudante de medicina, mas como cidadão, que é fundamental colaborar com o trabalho da vigilância sanitária, seja nos cuidados ou em denúncias de locais que precisam ser vistoriados”.

Papel da Vigilância 

A Vigilância Sanitária de Contagem trabalha com a prevenção e a fiscalização de estabelecimentos comerciais, de saúde, ou prestadores de serviços, com o intuito de diminuir os riscos de danos à saúde da população.  

Data de validade dos produtos vendidos em restaurantes, bares e lanchonetes, armazenamento adequado, limpeza, fluxo da produção, organização dos utensílios, são alguns dos itens avaliados por agentes da Vigilância Sanitária.

Data: 04/10/2017

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio Barbosa