Posts com a Tag ‘Prevenção ao câncer de mamas’

Desfile marca mais uma ação do Outubro Rosa

Servidores da prefeitura acompanharam com entusiasmo 12 guerreiras na passarela da vida

O encerramento das atividades da campanha Outubro Rosa, em Contagem, foi marcado, nesta segunda-feira (30), pelo desfile de 12 pacientes do Instituto Mário Penna, acometidas pelo câncer de mama. Na passarela, sobre um tapete vermelho estendido no hall de entrada da prefeitura, as 12 mulheres esbanjaram beleza, carisma, atitude e, principalmente, otimismo. 

Para a diretoria de Humanização do Instituto Mário Penna, Maria Ângela Ferraz, o desfile é uma iniciativa de mão dupla, importante tanto para as pacientes quanto para quem o assiste. “De uma lado, nossas pacientes receberam uma explosão de autoestima por parte dos espectadores, do outro, elas exibiram sorrisos, reforçando a importância da prevenção, do auto exame e da mamografia”, ressaltou Ferraz.

Para a diretora, o câncer  de mama é algo inerente ao sofrimento, contudo, é possível aprender a lidar com a doença e sair fortalecido. “As nossas pacientes que aqui estão hoje são modelos de superação. São mulheres que aprenderam a valorizar cada nascer do sol, cada sorriso, cada olhar fraterno. São esposas, mães, enfim, mulheres que aprenderam a se cuidar a se amar, hoje mais do que nunca”, disse.

Presente ao desfile, o vice-prefeito William Barreiro parabenizou as modelos, enfatizando que o preconceito não pode ser maior do que o amor próprio e a vontade de viver. “ O câncer acomete pessoas independente de raça,  gênero, classe social ou  região. O diagnóstico não deve ser motivador da tristeza, mas da luta, pois o que vemos aqui são mulheres guerreiras e belas”, destacou. 

Para uma das modelos, a paciente Juçara Aparecida Reis, 51 anos, o prognóstico é mais importante do que o diagnóstico. “A doença física já está em nós, então, o diagnóstico não importa mais, é com o depois que nós temos que nos preocupar. Sigo com fé, pois o câncer não é sinônimo de morte. Acho que o emocional dita muito mais as regras que o físico. Estou bem feliz por estar aqui e dizer: tudo passa, é só uma fase e o amor fraterno cura. Isso aqui é cura”, disse, apontando para os servidores que assistiram ao seu desfile. 

Ação de conscientização sobre câncer de mama na Regional Sede

Dia D do Outubro Rosa acontece nessa sexta-feira (27), atendimentos e agendamentos nãos UBSs serão voltados para as mulheres

Aferição de pressão e glicemia, Zumba, Lian gong, ônibus itinerante do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e divulgação dos serviços do Centro de Referência da Assistência Social (Cras). A população de Contagem pôde conferir essas atividades e serviços, durante a comemoração do “Outubro Rosa”, promovida pela Secretaria de Saúde, em parceria com a Câmara Municipal, nesta quinta-feira (26), na Praça da Jabuticaba, região Sede.

Ao longo do mês de outubro, a Secretaria de Saúde promoveu ações nas oito regionais para comemorar o Outubro Rosa. “Esse é um mês simbólico para a conscientização e combate ao câncer de mama, devemos sempre reforçar que o autoexame é melhor maneira para a prevenção e o combate a doença”, ressaltou a diretora do Distrito Sanitário de Saúde, da Regional Sede, Francine Ana Lima. 

Nessa sexta-feira (26), acontece o “Dia D” do Outubro Rosa em Contagem. Todos os atendimentos e agendas das Unidades Básicas de Saúde serão direcionados à saúde da mulher. 

Data:26/10/2017

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio Barbosa

Uaitec promove conscientização sobre câncer de mama

Palestra vai tratar temas relacionados a doença e discutir formas de prevenção e tratamento

A Universidade Aberta e Integrada do Estado de Minas Gerais (Uaitec), parceria pública entre a Prefeitura de Contagem e o Governo do Estado, vinculada à Secretaria Municipal de Trabalho e Geração de Renda, promove, na próxima quinta-feira (26), às 14h, palestra voltada para a prevenção do câncer de mama com o objetivo de informar sobre o diagnóstico precoce e desmistificar a doença.  

A ação, denominada “Troque seu medo pela Coragem”, é aberta ao público e não há necessidade de inscrição prévia, contudo está sujeita a lotação do espaço. Ela está inserida nos eventos voltados para o Outubro Rosa, movimento que surgiu na década de 1990 para estimular a participação da população no controle do câncer de mama.

A coordenadora do Uaitec Contagem, Fernanda Alyssa Dias Machado, destaca que a palestra será de grande importância, pois irá promover a conscientização sobre a doença, além de apontar melhores formas para acessar serviços de diagnóstico e de tratamento. 

A palestra será proferida na Uaitec à rua Madre Margherita Fontanarosa, 420 – 2º andar, no bairro Eldorado. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: 3391-6697 e 3391-5442, ou pelo e-mail contagem@uaitec.mg.gov.br. 

Data: 24/10/2017

Repórter: Daniel Paiva

Ação “Outubro Rosa” no Distrito Industrial

Ações de conscientização e informação, marcam o Outubro Rosa em Contagem

A campanha de prevenção ao câncer de mama, o Outubro Rosa, foi promovida pelos Distritos de Saúde, nas oito regiões de Contagem.

No dia 27 de outubro, acontece o “Dia D”, onde todas as regiões se mobilizam com ações para atendimentos  destinados à saúde da mulher. 

Fotos: Fábio Silva

Desfile rosa para conscientizar sobre o câncer de mama

Ação ocorreu no Distrito de Saúde Industrial e contou com grande participação popular

Simbólico por diversos povos e motivos, o sete é considerado como o número da perfeição, da plenitude.  Nada mais simbólico que sete mulheres, sete lutadoras, que desfilaram nessa sexta-feira (20), na ação que comemora o Outubro Rosa, ocorrida na Região Industrial. As sete mulheres lutam contra o câncer de mama e fazem tratamento no Instituto Mário Penna. A ação foi promovida por meio da Secretaria de Saúde em parceria com o Instituto. 

Ilza Rodrigues, 42 anos, é uma das sete guerreiras. Ela retirou o seio, usa prótese, continua o tratamento e demonstra diariamente sua força e alegria. Ilza deixou um recado para todas as mulheres. “É muito importante conhecer o corpo, notar se há algo diferente, se encontrar vá diretamente ao médico”, alertou.  

A campanha de prevenção ao câncer de mama, o Outubro Rosa, foi promovida pelos Distritos de Saúde, nas oito regiões de Contagem. No dia 27 de outubro, acontece o “Dia D”, onde todas as regiões se mobilizam com ações onde os atendimentos serão destinados a saúde da mulher. 

Além do desfile, as mulheres puderam fazer a aferição de pressão e glicemia, aula de zumba e teste de HIV. Segundo a diretora do Distrito de Saúde, da Região Industrial, Carolina Moreira Duarte, essa ação tem o objetivo de conscientizar as mulheres sobre a necessidade de se cuidar. “Além do autoexame para prevenção e controle do câncer de mama, mostramos também a importância da prática esportiva, por exemplo”, disse. 

A ação contou também com o apoio da comunidade local, a participação de estudantes das escolas municipais Heitor Villa Lobos e Lígia Magalhães e da estadual Ruy Pimenta. Além do apoio da Igreja Nossa Senhora do Sagrado Coração, representantes da Cultura Afro e Cigana e da cantora contagense Thaís Moreira que esteve no The Voice Brasil.  Também presentes a Caravana da Seja Digital, oferta de empregos pelo Sine e a rádio Liberdade FM.  

Data: 20/10/2017

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Silva

Transcon promove ação de conscientização com servidoras

A prevenção do câncer de mama foi lembrada em referência ao Outubro Rosa

A Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes de Contagem (Transcon), adepta ao movimento Outubro Rosa desde 2015, sugeriu que os servidores fossem trabalhar com alguma peça de roupa da cor rosa, no último dia 11 e desenvolveu atividades relacionadas ao câncer de mama para explicar a importância da prevenção. O movimento internacional Outubro Rosa surgiu na década de 1990 para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. 

A data é celebrada anualmente e tem como objetivo compartilhar informações sobre a doença, promovendo a conscientização e proporcionando acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento, além de contribuir para a redução da mortalidade. 

Durante as atividades, a servidora Katia Braga, que atua na Transcon há dose anos, compartilhou sua experiência e emocionou as colegas presentes. “Em 2006, logo que fui nomeada, senti que havia um caroço em meu seio esquerdo, isso ocorreu no mês de maio, mas só procurei o médico em outubro do mesmo ano, pois estava muito atarefada com o novo trabalho”, explicou. 

before

A servidora Katia Braga fez um belo depoimento sobre sua experiência

 Katia explicou que o examiná-la, o médico não localizou o caroço e solicitou uma mamografia, que também não o revelou. O doutor foi insistente e pediu uma ultrassonografia, que mostrou um caroço pequeno, porém a punção foi negativa para o câncer. Ainda assim, o médico persistiu e pediu uma core biopsia, que é um exame mais elaborado, extremamente dolorido, que finalmente identificou as células malignas. Era um linfonodo infectado na axila esquerda, por isso, além da cirurgia e do esvaziamento axilar, ela teve que passar por seis sessões de quimioterapia e dois meses de radioterapia e tomar um medicamento chamado Tamoxifeno por cinco anos.

“Chorei por duas vezes: quando o médico me disse que era câncer e quando ele disse que o meu cabelo iria cair totalmente. Meu cabelo estava grande, no meio das costas para ser mais exata. Acredito que mulher nenhuma gostaria de perder o cabelo. Fiz o tratamento trabalhando, pois não quis ficar em casa pensando se iria morrer logo. Foi a melhor escolha que fiz, pois, o meu trabalho e meus colegas complementaram o apoio familiar e eu consegui vencer a doença. Hoje a única dificuldade que tenho é em me alimentar de vez em quando”, disse emocionada. 

Ao final, Katia fez um pedido as mulheres. “Desejo que todas as mulheres que não descuidem da saúde. Procurem o ginecologista regularmente, façam o autoexame e as mamografias periódicas. Dei sorte que o ginecologista que me atende, também é mastologista, e foi insistente. Por isso hoje estou aqui contando essa história, o caroço era pequeno e o câncer estava no início, se eu tivesse deixado passar mais tempo, poderia não ter tido o mesmo desfecho”, concluiu. 

Números 

No Brasil, 79 de cada 100 mil mulheres são diagnosticadas com câncer de mama por ano. O Instituto Nacional do Câncer (Inca), estima que 57.960 mulheres serão acometidas pela doença no ano de 2017. O Instituto ressalta ainda que esta é a principal causa da morte de brasileiras diagnosticadas com algum tipo de câncer.

 O movimento mundial vem crescendo a cada ano, mostrando a realidade atual do câncer de mama e a importância do diagnóstico precoce. É importante enfatizar que a prevenção deve ser feita ao longo dos 12 meses. No entanto, este o mês de outubro representa a causa.

Programação Outubro Rosa em Contagem

Cada um dos oito distritos sanitários da cidade terá uma programação voltada para o Outubro Rosa, bem como equipes de saúde e UBS’s do município. O Dia D da campanha ocorrerá em 27/10, com o funcionamento das unidades de saúde voltado exclusivamente à saúde da mulher. Durante todo o mês, será possível à população conferir palestras sobre prevenção de câncer de mama e de colo de útero e sobre saúde da mulher, orientar-se sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), tabagismo, nutrição e saúde bucal, aferir pressão e glicemia, participar de aulões de lian gong e de zumba .

Para conferir locais e a programação detalhada, acompanhe as publicações no site da Prefeitura de Contagem. Programe-se e participe!

 

Ação “Outubro Rosa” no Distrito Eldorado

Um mês inteirinho dedicado à Saúde da Mulher.

Orientação, prevenção e atendimento especializado marcam as ações do outubro Rosa, em cada um dos oito distritos sanitários, em Contagem.

Fotos : Lucas Santos

Cidade engajada na prevenção do câncer de mama e de colo do útero

Milhares de mamografias e preventivos ginecológicos foram feitos em 2017, cidade não apresenta demanda reprimida para esses exames

Em 2016, entre os residentes de Contagem, o câncer de mama foi o responsável por 37 mortes. O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais reincidente no mundo, atrás somente do câncer de pulmão, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca). Entre as mulheres em todo o mundo, o câncer de mama é o mais frequente, respondendo por cerca de 25% dos casos. Já o câncer de colo de útero foi a causa mortis em 2016 de 15 mulheres residentes em Contagem.

A estimativa para o Brasil em 2016 era a de mais de 57 mil casos novos de câncer de mama e de mais de 17 mil novos casos de câncer de cólon e reto em mulheres. Contra essas doenças que seguem vitimando mulheres a cada ano, a prevenção segue sendo o melhor remédio.

Entre as formas de detecção precoce do câncer de mama e de colo de útero, fazer exames como a mamografia e o preventivo ginecológico são importantes aliados das mulheres e dos profissionais de saúde.

Em Contagem, que durante todo este mês promove a campanha Outubro Rosa, não há demanda reprimida para esses dois exames, segundo o Setor de Regulação do município, e o acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento se dá a partir da Unidade Básica de Saúde (UBS). De janeiro a agosto de 2017, foram feitos 5.928 exames de mamografias e 14.523 exames citopatológicos, também conhecidos como preventivos ginecológicos ou papanicolau.

O público-alvo das ações de rastreamento do câncer de mama por meio da mamografia são as mulheres entre 50 e 69 anos, que devem fazer o exame a cada dois anos. Em se tratando do rastreamento do câncer do colo de útero por meio do preventivo ginecológico, estão as mulheres de 25 a 64 anos. Mulheres de outras faixas etárias que apresentem sinais ou queixas relativas à saúde da mama ou ao sistema genital feminino também devem procurar uma unidade de saúde.

Preventivo ginecológico: única forma de detecção de uma alteração no colo do útero antes de o câncer se formar

O médico ginecologista José Helvécio Kalil, referência técnica em Saúde da Mulher da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), explica que a partir dos 25 anos, se a mulher já tiver tido relação sexual e tiver exames negativos consecutivos por dois anos, o papanicolau pode ser feito de três em três anos. E aos 64 anos, a mulher pode parar de fazer o exame se a partir dos 55 anos não tiver nenhum exame alterado.

“Contagem oferece a possibilidade de rastreio, diagnóstico, propedêutica e tratamento do câncer de colo de útero a todas as mulheres compreendidas na faixa etária de 25 a 64 anos. O exame pode ser feito por enfermeiro, ginecologista ou médico da saúde da família. Não há demanda reprimida. A única forma de detectar uma alteração no colo do útero antes de o câncer se formar, o que pode demorar entre sete e 12 anos, é fazer o exame preventivo”, afirma Kalil.

Vacina contra o HPV previne contra os tipos mais comuns do câncer de colo de útero

O público adolescente também pode se engajar nessa corrente preventiva, por meio da imunização contra os tipos mais comuns de câncer de colo de útero: a vacina contra o HPV está disponível nas 48 salas de vacinação do município para meninas com idade entre 9 e 14 anos e meninos de 11 a 14 anos, faixas etárias determinadas pelo Ministério da Saúde (MS). Durante o ano de 2017, cerca de 11.200 doses da vacina foram aplicadas no município.

Diagnóstico precoce e autoexame na prevenção do câncer de mama

before

Diagnóstico precoce aumenta as chances de cura

Hélia Alves Gomes mora no bairro Amazonas, na Regional Industrial, e esteve em uma unidade de saúde da região para seguir com o controle da saúde da mama que vem fazendo há aproximadamente dez anos. “Tenho o que os médicos chamam de mama policística, um nódulo benigno. Já fiz até biópsia e está tudo bem, mas é preciso acompanhar sempre. A gente precisa priorizar esse controle”, explica ela.

E Hélia está certíssima. Renice Lins Fontes Valadares é médica mastologista no Centro de Consultas Especializadas (CCE) Iria Diniz e reafirma a importância da prevenção para o diagnóstico precoce de doenças da mama, principalmente o câncer de mama, não só neste mês, mas também durante todo o ano: “É preciso fazer um diagnóstico precoce para a gente ter um tratamento inicial com sucesso e chances de cura”, ressalta a médica. Quanto ao autoexame, no qual a própria mulher apalpa seus seios para buscar alterações, a mastologista frisa: “A gente indica o autoexame porque a mulher precisa conhecer o corpo. E a partir do momento em que ela identifica uma lesão, o que às vezes poderia demorar mais até ela chegar ao profissional, que a indicaria ao mastologista, ela pode adiantar esse papel. Então, o autoexame é importante para a identificação precoce de lesões, para que a mulher possa chegar mais rapidamente ao profissional”, diz.

Data: 05/10/2017

Repórter: Carolina Brauer

 Fotos: Adelcio Barbosa/Carolina Brauer

Outubro Rosa: 31 dias de conscientização pela saúde da mulher

Mês contará com diversas ações dedicadas ao assunto. Objetivo é de mobilizar a todos quanto à importância da prevenção

Quando o assunto é câncer de mama e de colo de útero, a prevenção continua sendo o melhor remédio. Mas, na correria do cotidiano, muitas mulheres acabam deixando para depois exames importantes para o diagnóstico precoce dessas doenças: a mamografia e o preventivo ginecológico. Com o intuito de reforçar a importância da prevenção e de promover ações de disseminação de informações e de conscientização quanto ao tema, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, promove, durante todo o mês, a campanha Outubro Rosa.

Para marcar o início da ação, desde  1º de outubro, a fachada do Centro de Consultas Especializadas (CCE) Iria Diniz iluminou-se de rosa, encantando a quem passou pela região. O domingo também registrou a Corrida e Caminhada Outubro Rosa, no Eldorado, que integrou também o programa “A Rua é Nossa”, uma ação conjunta das secretarias municipais de Esportes, Lazer e Juventude (Selju) e de Saúde (SMS). O CCE Iria Diniz permanecerá iluminado durante todo o mês de outubro.

O público-alvo das ações de rastreamento do câncer de mama por meio da mamografia são as mulheres  entre 50 e 69 anos, que devem fazer o exame a cada dois anos. Em se tratando do rastreamento do câncer do colo de útero por meio do preventivo ginecológico, estão as mulheres de 25 a 64 anos. Mulheres de outras faixas etárias que apresentem sinais ou queixas relativas à saúde da mama ou ao sistema genital feminino também devem procurar uma unidade de saúde. Em todas essas situações, o acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento se dá a partir da Unidade Básica de Saúde (UBS).

“O objetivo é o de mobilizar o máximo possível, não só de mulheres contagenses, mas toda a população de Contagem”, explica a referência técnica em Saúde da Mulher de Contagem, Silviane Flávia.

Novidade na marcação de mamografias em outubro

Normalmente, quando a mulher recebe o pedido de mamografia em uma unidade de saúde, precisa encaminhá-lo ao Setor de Regulação da SMS, para fazer a marcação do exame. Entretanto, especialmente entre os dias 1 e 31 deste mês, mulheres compreendidas na faixa etária de 50 a 69 anos que residem em Contagem e, que fizeram o exame há mais de dois anos, poderão marcar a mamografia diretamente nos prestadores do município, nos telefones e horários listados abaixo. No dia do exame, é preciso apresentar o Cartão Nacional de Saúde (CNS), um documento oficial com foto e o comprovante de endereço.

– Ecoimagem: 2557-5910 / 2557-8855 / 2557-9967 (das 8h às 17h30)

– CDI: 3398-5777 (as 8h às 19h)

Programação

Cada um dos oito distritos sanitários da cidade terá uma programação voltada para o Outubro Rosa, bem como equipes de saúde e UBSs do município. O Dia D da campanha ocorrerá em 27/10, com funcionamento das unidades de saúde voltado exclusivamente à saúde da mulher. Durante todo o mês, será possível à população conferir palestras sobre prevenção de câncer de mama e de colo de útero e sobre saúde da mulher, orientar-se sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), tabagismo, nutrição e saúde bucal, aferir pressão e glicemia, participar de aulões de lian gong e de zumba .

Acompanhe abaixo horários e locais das atividades programadas em cada distrito sanitário. Para conferir locais e a programação detalhada, acompanhe as publicações no site da Prefeitura de Contagem. Programe-se e participe!

Data Horário Distrito Sanitário
5/10 8h às 12h Eldorado
6/10 8h às 12h Vargem das Flores
11/10 8h às 12h Riacho
11/10 13h às 17h Nacional
11/10 8h às 11h Ressaca
17/10 8h às 12h Petrolândia
20/10 8h às 12h Industrial
26/10 8h às 12h Sede
27/10 – Dia D 8h às 17h Todos os distritos