Posts com a Tag ‘Prefeitura de Contagem’

Equipes de Imunização montam postos itinerantes em órgãos públicos para a vacinação da Tríplice Viral

Além dos adultos, devem tomar a vacina crianças acima de 1 ano

Até sexta (12 de julho), ação será executada no Sine, Transcon, Câmara, Prefeitura e Secretaria de Educação

Nesta semana, equipes de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde estarão percorrendo locais públicos de Contagem para vacinar a população contra sarampo, caxumba e rubéola. Nessa terça-feira (8), o posto itinerante foi montado no Sine.

Ivanete Pereira, que saiu de casa sem imaginar que iria se vacinar, voltou com o cartão em dia. “Gostei bastante da iniciativa, pois essa vacina é muito importante”, comemorou.

A intensificação vacinal da Tríplice Viral tem o objetivo principal de controlar o surto do sarampo no Brasil. O país registra 20 casos da doença, um deles em Contagem.

Devem tomar a vacina crianças a partir de 1 ano e adultos. A enfermeira Silvana Monteiro explica que além dos postos móveis é possível se imunizar nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Contagem. “É muito importante que o cartão de vacina esteja sempre em dia”.

POSTOS MÓVEIS

9 de julho (terça-feira)
Local: Sistema Nacional de Emprego (Sine)
Endereço: avenida José Faria da Rocha, 3.185, Eldorado
Horário: 8h30 às 12h e 13h às 16h30

10 de julho (quarta-feira)
Local: Transcon
Endereço: avenida Maria da Glória Rocha, 100, Beatriz
Horário: 13h às 16h30

11 de julho (quinta-feira)
Local: Câmara Municipal
Endereço: praça São Gonçalo, 18, Centro
Horário: 13h às 16h30

12 de julho (sexta-feira)
Local: Prefeitura
Endereço: praça Tancredo Neves, 200, Camilo Alves
Horário: 8h às 12h e 13h às 16h30

Local: Secretaria Municipal de Educação
Endereço: rua Lino de Moro, 101, 2º andar, Inconfidentes
Horário: 9h às 12h e 13h às 16h30

 

 

 

Reporter: Lorena Campos (sob supervisão de Júlio César Santos) 

Foto: Fábio Silva 

Data: 09/07/2019

 

Teste de Pezinho previne uma série de doenças no recém-nascido

Dia Nacional do Teste do Pezinho lembra a população da importância da realização do exame

O Dia Nacional do Teste de Pezinho é celebrado em 6 de junho e a data foi estabelecida para lembrar a população da importância dos cuidados neonatais. Em Contagem, o teste de pezinho é realizado nas unidades básicas de saúde, entre o terceiro e o quinto dias de vida do bebê. Desde o pré-natal, as mães são orientadas sobre a importância do exame e a necessidade dele.

De acordo com a referência técnica em Saúde da Criança, Deborah Bessa, quando o bebê nasce, é fundamental que as mães procurem a UBS mais próxima de sua casa para que o exame seja realizado. “Se for constatada alguma alteração, a criança pode começar o tratamento o mais rápido possível”, ressalta a referência técnica.

Conhecido também como triagem neonatal, o teste de pezinho é feito de forma simples e rápida. A amostra de sangue para o teste é retirada de uma das áreas laterais da região plantar do calcanhar da criança. “É muito importante que os bebês façam o teste no tempo recomendado, pois é por meio dele que se pode detectar se a criança apresenta alguma doença genética”, finalizou Deborah Bessa.

Deborah Bessa destacou ainda que, entre as doenças mais comuns detectadas pelo teste do pezinho, estão a falciforme, hipotireoidismo, fenilcetonúria, fibrose cística, deficiência de biotinidase e hiperplasia adrenal congênita. “Se for constatada alguma alteração no exame, o Núcleo de Patologia Clínica (Nupac), responsável pelo exame, entra em contato com a Secretaria e a UBS para que seja feita outra coleta e assim se comprove essa alteração para se começar a cuidar do bebê”, afirma.

O resultado do exame sai em três dias e fica disponível para as unidades de saúde e familiares do paciente pelo site www.nupad.medicina.ufmg.br.

É importante lembrar que, para a realização do exame, as mães devem levar um documento de identificação e o cartão SUS dela. Do bebê, é necessária a caderneta da criança e o cartão SUS.

 

 

Repórter: Milla Silva (sob supervisão de Lucas Santos)

Data: 07/06/2019

Manter informações atualizadas em sua UBS é fundamental para que você possa ser comunicado sobre marcação de consultas, exames e cirurgias. Além disso, é preciso ter certeza sobre qual é a unidade que você deve procurar para resolver suas demandas de saúde, para evitar perdas de tempo e aborrecimentos desnecessários

Há quanto tempo você não vai à sua Unidade Básica de Saúde (UBS)? Tem certeza de que permanece a mesma de tempos atrás? Será que seus dados estão atualizados e, para aquela tão esperada marcação de um procedimento, as equipes de saúde da unidade conseguirão localizá-lo através dos dados disponíveis no seu cadastro? E se o seu telefone tiver mudado nesse meio-tempo? É muito importante ter a certeza de qual é a sua UBS de referência e de manter o seu cadastro junto a ela atualizado, para que você possa ser localizado e saiba onde procurar quando tiver necessidades.

É através do contato telefônico que a equipe de saúde comunica o agendamento de consultas, exames e cirurgias marcados. Mas, se o seu telefone não estiver atualizado no seu cadastro, que fica na sua Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência, isso pode prejudicar a comunicação. Imagine perder aquela tão aguardada consulta especializada por causa de um telefone errado… por isso, é muito importante manter todos os seus dados atualizados na sua unidade de saúde.

E também é importante saber qual é a sua unidade de referência. Se você mudou de endereço, ou se houve alguma reorganização administrativa interna na Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a sua UBS de referência pode ter mudado. E se você não sabe mais qual é a sua unidade de referência, isso pode atrasar procedimentos e lhe trazer aborrecimentos. É que para facilitar o planejamento, a organização e a gestão de redes de ações e serviços de saúde, a Portaria nº 2.436/2017, que estabelece diretrizes para a organização da Atenção Básica, determinou que cada UBS atenda à população compreendida em um território específico, território esse que é previamente determinado. Assim, é importante saber em qual território da UBS você está presente.

Para tirar todas essas dúvidas, basta procurar a UBS mais próxima de sua casa, levando um documento oficial com foto e um comprovante de endereço (água ou luz), para que seus dados sejam atualizados e/ou que você possa saber qual é a sua unidade de referência.

Início de ano é época propícia a várias boas iniciativas. Aproveite o período para conferir sua unidade de referência e atualizar seu cadastro! A renovação cadastral e a indicação da UBS de referência são práticas e rápidas.

 

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Divulgação

Data: 27/12/2018

Com investimentos desde 2017, Contagem vira referência em Minas no controle populacional de cães e gatos

Número de castrações foi ampliada com reestruturação da Unidade de Vigilância de Zoonoses, além de ações para a guarda dos animais

A castração e a guarda responsável são apontados por especialistas como os métodos mais eficientes para o controle populacional de cães e gatos, evitando os problemas de saúde pública relacionados aos animais de rua. Em Contagem, a atual gestão está ampliando ações que tornam o Município referência em Minas Gerais nesta área.

Essa política pública era um dos compromissos de campanha do prefeito Alex de Freitas. Estima-se que haja cerca de 85 mil cães e gatos (entre domiciliados, semidomiciliados e errantes) em Contagem.

De janeiro a outubro de 2016 foram feitas 1.217 castrações, quando os procedimentos foram suspensos. Em 2017 as castrações foram gradativamente retomadas. Em março, quando passaram a ser feitas 200 por mês no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), foi anunciada a meta de no mínimo 400 cirurgias mensais. O número passou para 431 em maio e 424 em junho, 424.

E em setembro, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deu mais um importante passo ao implementar o serviço de cadastramento online de esterilizações de cães e gatos. Foi inaugurada a reforma e ampliação do CCZ, que passou a se chamar Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVS). Foi uma iniciativa inédita em toda a Região Metropolitana de Belo Horizonte.

É importante destacar que o serviço de castrações de cães e gatos da Prefeitura de Contagem segue as determinações da Portaria n° 8.075, de 11 de setembro de 2017, que estabelece os critérios da triagem de aprovação ou deferimento das esterilizações.

 

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Adelcio Ramos Barbosa

Data: 27/12/2018

Saúde Mental reúne usuários para confraternização natalina

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizou nesta terça (18), no Clube Arvoredo, uma confraternização natalina com os usuários da Saúde Mental. Participaram do evento, todos os serviços em saúde metal, a Residência Terapêutica e o Centro de Convivência.

A Diretora do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (Capsi) Delzira de Oliveira diz que o intuito dessa confraternização é a promoção e inserção dos usuários no convívio social. “ É buscar a autonomia dos nossos pacientes”, relata.

 Ainda de acordo com Delzira, é uma maneira de sair do ambiente de unidade de tratamento hospitalar e propiciar uma atividade diferenciada, mostrando aos usuários que existem outras atividades integrativas que possam ajudar no tratamento. “Saindo do campo medicamentoso e passando para a área de atividades integradoras”, destacou Delzira.

 

Repórter: Jaiderson Henrique(sob supervisão de Lucas Santos)

Foto: Adelcio Ramos Barbosa

Data: 18/12/2018

Comunidade abraça o Natal do CAPS Sede

Dia 13 de dezembro, quase 12hs e sol a pino que lembra os verões mais quentes do litoral, nem o calor nem o horário tira o sorriso dos profissionais do Centro de Atenção Psicossocial (CAPSSede. Os motivos são simples o amor pelo CAPS, além de ser dia de festa.  O natal do CAPS Sede envolveu os profissionais e a os moradores da região.

Os usuários tiveram um dia regado a pipoca, algodão doce e um almoço especial. O coordenador da Saúde Mental do Caps, Rafael Coelho destacou que é um dia sem igual para homens e mulheres que sofrem diariamente com o preconceito e abandono. “Nosso objetivo é dar carinho a essas pessoas, mostrar o verdadeiro espírito natalino que é o altruísmo, ou seja, se dedicar aos outros”, concluiu Rafael

Atualmente, o CAPS Sede atende a cerca de 230 usuários. “Nosso foco é a humanização do atendimento da saúde mental no CAPS Sede, envolvendo os profissionais e moradores”, destacou Rafael Coelho. A comunidade contribuiu com brindes e doações para o almoço natalino.

CAPS

O Centro de Atenção Psicossocial é um serviço referência no tratamento de pessoas que sofrem com transtornos mentais graves e persistentes. Para ter acesso aos serviços do CAPS o usuário deve ir a uma Unidade Básica de Saúde mais próxima.

O CAPS oferece atendimento multiprofissional, estimulando a integração social e familiar da pessoa com sofrimento, além de oferecer atendimento em regime de hospital-dia.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio Ramos Barbosa

Data: 18/12/2018

Enfermeira de Contagem cria projeto que humaniza saúde

O projeto que ajuda pacientes idosos a se lembrarem de tomar os remédios nos horários certos chamou a atenção do Programa da Rede Globo “É de Casa”

A enfermeira servidora da Prefeitura de Contagem, Ana Flávia Carvalho, há um ano, está mudando a vida dos usuários da Unidade Básica de Saúde (UBS) Vila São Paulo, Região Industrial. Ela criou potes de remédios para orientar os pacientes sobre o horário certo para tomar os medicamentos.

Ana percebeu que seus pacientes idosos tinham dificuldades em lembrar os horários dos remédios. “Lembrei que na faculdade eu tinha feito uns potinhos, pedi minha mãe que faz artesanato para fazer uns potes que iriam ajudá-los a organizar os remédios”. O pote dos remédios da manhã é decorado com um sol , da hora do almoço tem um pratinho e o da noite, uma lua.

O projeto chamou atenção do programa “É de Casa”, da Rede Globo, e da apresentadora Cissa Guimarães. No final de novembro, Cissa foi até a UBS Vila São Paulo conhecer o projeto. Visivelmente emocionada ela destacou que, “cada potinho desses é o amor dela e de sua mãe (pelos pacientes) que estou sentindo em meu coração”.

Mãos talentosas

Ana Flávia contou com o apoio do talento de dona Conceição Carvalho. Mesmo morando em Ponte Nova, cerca de 180 km de Contagem, a mãe de Ana já fez mais de 400 potes. O material básico é garrafa pet, EVA, miçangas, entre outros.

Conceição fez um pedido à Ana Flávia que mudou a vida delas. “Tinha pedido a minha filha para divulgar o projeto na internet, para inspirar outras pessoas”, contou. O projeto repercutiu e a inspiração foi imensa, outras Unidades de Saúde de Contagem e de outros estados querem repetir o projeto.

Com materiais simples e muito carinho, dona Conceição dedica um pouco de seu tempo em mudar a vida de, até então, “desconhecidos”. Cissa Guimarães aproveitou a oportunidade para promover o encontro entre Conceição e os pacientes da filha.

Dona Terezinha França, moradora da Vila São Paulo, está entre as pessoas ajudadas pelo projeto. Terezinha não escondeu a gratidão: “meu irmão toma muitos remédios, devido à idade, ele sempre confundia os horários, agora não mais”.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Silva

Data: 17/12/2018

Prefeitura capacita Conselheiros Municipais de Saúde

A importância da capacitação é para integrar conselheiros, população e gestão

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e em parceria com a Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais (ESPMG), realizou nesta quarta feira (5), no auditório da Nova Faculdade em Contagem, mais uma capacitação para os conselheiros municipais de saúde com o tema “Justiça Social e Equidade”.

O tema é uma grande oportunidade de falar sobre justiça e igualdade no que diz respeito ao atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS). Essa capacitação é mais uma etapa da parceria firmada entre a Prefeitura Municipal de Contagem e a ESPMG, que é uma grande escola dessa área de saúde pública.

O Presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS), professor Ronaldo Gontijo, explicou que essa capacitação irá auxiliar o entendimento dos quatro pilares que o SUS possui. O conhecimento que aqui for ministrado aqui ajudará muito nas políticas públicas de qualidade. “A população participa, fiscaliza e cobra ações de melhorias”, explicou.

Ainda conforme o professor Ronaldo, a partir dessa capacitação, os conselhos distritais, juntamente com o CMS, irão, juntos, buscar ações que possam melhorar cada vez mais o atendimento ao usuário do SUS.

A diretora da Escola de Saúde Pública, Lenira Maia, disse que a parceria firmada entre a escola e a Prefeitura trará benefícios aos usuários da rede pública de saúde no que diz respeito ao entendimento de igualdade e justiça. “ A escola tem uma grande expertise na elaboração de seminários com âmbito de saúde pública”, relatou.

De acordo com Lenira, é importante continuar falando de saúde fora do período pré-eleitoral, já que este assunto transpassa o período eleitoral e é de grande importância para que os novos gestores possam conhecer as necessidades daquela região.

 

Repórter: Jaiderson Henrique (sob supervisão de Marco Antonio Astoni)

Foto: Adelcio Ramos Barbosa

Data: 06/12/2018

Contagem promoveu ação no Dia Mundial de Combate à AIDS

Foi promovido um mutirão para a realização de testes rápidos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) / HIV

Para celebrar o Dia Mundial de Combate à AIDS, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na última sexta-feira (30), um mutirão para a realização de testes rápidos de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) / HIV. O evento aconteceu no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), instalado no Centro de Consultas Especializadas (CCE) Iria Diniz.

Ao longo do mutirão foram realizadas mais de 100 testagens. A ação foi voltada para todas as pessoas que quiseram se testar rapidamente para as seguintes ISTs: HIV, Sífilis e Hepatites B e C. Caso confirme alguma das doenças o tratamento possibilita melhora a qualidade de vida e interrompe a cadeia de transmissão dessas infecções.

A assistente social Paula Santana realiza o teste com freqüência como forma de prevenção. “Além de prevenir, caso descubra alguma das doenças, aceleraria o tratamento”. O atendimento e o tratamento são gratuitos nos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).

O médico infectologista Leandro Curi, do Serviço de Atenção Especializada (SAE) do Programa IST/AIDS e Hepatites Virais de Contagem, ressalta que as ISTs, causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos, são transmitidas principalmente por meio do contato sexual. Além disso, o compartilhamento de seringas é outro meio comum de transmissão.

A transmissão de uma IST pode acontecer, ainda, da mãe para a criança durante a gestação, o parto ou a amamentação. “A população mais jovem deixou de ter medo da AIDS, e por isso não fazem mais o uso de camisinha, o preservativo e não compartilhar seringas são as formas mais eficazes de não contrair a doença”, destacou Leandro.

O Centro de Testagem e Aconselhamento funciona de segunda a quinta-feira, com distribuição de senhas às 7h30 e às 13h. O endereço é Avenida João César de Oliveira, nº 2.889, no Eldorado. É preciso apresentar um documento oficial com foto.

Dia Mundial de Combate à Aids
Há 30 anos, no dia 27 de outubro de 1988, a Assembleia Geral da ONU e a Organização Mundial de Saúde instituíram o dia 1º de dezembro como o Dia Mundial de Luta contra a AIDS. Cinco anos após a descoberta do vírus causador da AIDS.

Em 2018, até o mês de novembro, foram notificados cerca de 60 casos de pacientes infectados com HIV no município.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Silva

Data: 03/12/2018

SERVIDOR EM FOCO

“Ser percebido pela gestão é sinal que nosso trabalho está sendo bem feito”.

A valorização do funcionário é algo importante dentro de uma organização. E a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, deseja mostrar o trabalho que seus servidores realizam em seu dia a dia. E para começar, no espaço alegria vamos contar a história de uma mulher guerreira.

Eliana Alves da Silva, servidora efetiva que está na rede desde o ano de 2010 é um exemplo de perseverança. Segundo ela, chegou ao setor de Compras sem nenhuma bagagem. A partir de então, iniciou cursos fornecidos pela Secretaria e em seguida, buscou uma faculdade para aperfeiçoar cada vez mais os seus conhecimentos. “ Foi preciso investir para chegar até onde cheguei”, conclui.

Para Eliana, o grande desafio foi impor-se em meio a uma área em que imperava vozes masculinas. “Precisei ser mais incisiva para que pudessem perceber que eu também tinha condições de atuar nessa área”, relatou. Ainda de acordo com Eliana, é gratificante perceber que seu trabalho está sendo visto pela gestão.

Ela e todos seus familiares são usuários constantes do Sistema Único de Saúde (SUS), o que faz com que compreendam os trâmites necessários para as demandas cotidianas.

Perguntada sobre o que a motiva, a servidora foi enfática em dizer que a família é o combustível que todos os dias se renovam para realizar um ótimo trabalho. Ao final, ela conclui dizendo que amor, Deus e família são seus maiores incentivos para fazer mais e melhor a cada dia.

 

Repórter: Jaiderson Henrique(sob supervisão de Rubia Mageste)

Foto: Fábio Silva

Data: 30/11/2018