Posts com a Tag ‘Prefeitura de Contagem’

Inscrições abertas para 41 vagas de Agente Comunitário de Saúde

Elas serão encerradas em 11 de março e as provas estão marcadas para 25 de março

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, abriu nesta sexta-feira (23) as inscrições do Processo Seletivo Público (PSP) para Agente Comunitário de Saúde (ACS). As vagas são para composição do quadro de reserva para contratações referentes ao cargo público.

São oferecidas 41 vagas, divididas pelos oito Distritos Sanitários de Saúde. O salário é R$ 1.284,28 por 40 horas semanais. As inscrições podem ser feitas até 11 de março. A prova será em 25 de março.

Os interessados devem residir desde a data da publicação do Edital de Seleção Pública na área da comunidade distrital em que vai atuar. Além disso, precisam estar cursando ou ter concluído o ensino fundamental, ou comprovar experiência de no mínimo um ano no exercício de atividades próprias do emprego público de Agente Comunitário de Saúde.

O ACS é o profissional responsável por atuar na promoção e prevenção da saúde, mapeando e encaminhando pessoas aos serviços de Saúde. O agente participa com as equipes de saúde e a comunidade da elaboração, programação, avaliação e reprogramação do plano de ação local de saúde.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 3391-6187 ou e-mail funec.concurso@edu.contagem.mg.gov.br

Clique aqui para fazer a inscrição

Clique aqui para ler o Edital.

Repórter: Lucas Santos

Data: 23/02/2018

Zoonoses participam de capacitação

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, continua investindo em capacitação dos profissionais da saúde. Entre os dias 19 e 23 de fevereiro foi realizado o curso voltado para o Processo de Trabalho em Equipe e Liderança no Controlo de Zoonoses.

A capacitação foi realizada no  auditório da Faculdade Nova. Entre os temas debatidos estão : Atribuições dos Supervisores, Organização e Planejamento  do trabalho de campo, Conteúdo Técnico e Gestão  de Pessoas.

Participaram da capacitação o técnicos das secretarias Municipal  e Estadual de Saúde, da iniciativa  privada e Gestão  de Vigilância  em Saúde.

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio R Barbosa

Data: 21/02/2018

Núcleo das Indústrias recebe vacina contra a febre amarela

Cerca de 500 pessoas foram imunizadas durante a ação na região

Durante cinco dias, servidores da Secretaria de Saúde percorreram as empresas localizadas no Núcleo das Industrias, no Jardim Riacho, para imunizar os empregados dessas instituições contra a febre amarela, facilitando o acesso dos mesmos as doses da vacina. Cerca de 500 doses foram aplicadas durante a campanha na região. A ação, que contou com o apoio da administração Regional Riacho, foi encerrada nesta terça-feira (20).

O Núcleo das Industrias é uma associação, composta por 60 empresas, que tem o objetivo de debater ações em comum. “Muito importante essa parceria com a prefeitura, pois facilitou a imunização dos nossos colaboradores”, ressaltou, o gerente da Braspress Contagem, Marcelo Figueiredo.  

A imunização faz parte das ações da Prefeitura de Contagem para combater a doença no município. O objetivo é alcançar a meta, preconizada pelo Ministério da Saúde, de 95% do público-alvo vacinado. A cidade está com aproximadamente 88% da população vacinada.

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio R Barbosa

Data: 21/02/2018

Funcionários e frequentadores do Mercado Central são vacinados

Ação é mais uma promovida pela prefeitura no combate à febre amarela

Nessa sexta-feira (16), a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, fez a imunização de funcionários e frequentadores do Mercado Central, cerca de 500 vacinas foram disponibilizadas para o local. Essa é mais uma ação da prefeitura que continua firme no combate e prevenção da febre amarela. O município já imunizou cerca de 87% do público-alvo. A meta do Ministério da Saúde é atingir aproximadamente 95% de imunização.  

Segundo a administração do Mercado Central, no local circulam cerca de duas mil pessoas por dia. A diretora de Imunização da Secretaria de Saúde, Fernanda Elisa, destacou o empenho do município na campanha contra a doença. “Além das 50 unidades de saúde, continuaremos realizando ações específicas, como essa, em que levamos profissionais da saúde em locais de grande fluxo de pessoas, para vacinar a população”, disse. 

Ainda há um número considerável de pessoas que precisam tomar a vacina. Ela é recomendada para quem tem de nove meses a 59 anos e é a medida mais eficaz para prevenção e controle da febre amarela.

Quem pode tomar a vacina (com restrições)

– Pessoas com mais de 60 anos deverão ser vacinadas somente se residirem ou se deslocarem para áreas com transmissão ativa da febre amarela, e que não tiverem alguma contraindicação;
– Gestantes (em qualquer período gestacional) e lactantes (com filhos amamentando) só deverão ser vacinadas se residirem em local próximo onde ocorreu a confirmação de circulação do vírus e que não tiverem alguma contraindicação;
– Lactantes devem suspender o aleitamento materno por 10 dias após a vacinação e procurar um serviço de saúde para orientação e acompanhamento;
– Portadores de HIV, desde que não apresentem imunodeficiência.

Quem não pode tomar a vacina

– Pessoas com imunossupressão secundária à doença ou terapias imunossupressoras (que fazem quimioterapia, radioterapia e usam corticoides em doses elevadas);
– Pacientes em uso de medicações anti-metabólicas ou medicamentos modificadores do curso da doença (Infliximabe, Etanercepte, Golimumabe, Certolizumabe, Abatacept, Belimumabe, Ustequinumabe, Canaquinumabe, Tocilizumabe, Ritoximabe);
– Transplantados e pacientes com doença oncológica em quimioterapia;
– Pessoas que apresentaram reação de hipersensibilidade grave ou doença neurológica após dose prévia da vacina;
– Pessoas com reação alérgica grave a ovo;
-Pacientes com história pregressa de doença do timo (glândula do sistema imunológico). 

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio R Barbosa

Data: 19/02/2018

Novos conselheiros do Conselho Municipal de Saúde são empossados

Cerimônia marcou a posse de representantes de usuários, trabalhadores e gestores do CMS para o biênio 2018-2019

Para dar continuidade à participação popular na política de saúde por meio do controle social, os novos conselheiros do Conselho Municipal de Saúde (CMS) foram empossados em uma cerimônia ocorrida na quinta-feira (8), no Complexo Hospitalar de Contagem (CHC).

Na ocasião, o vice-prefeito, Willian Barreiro, e o secretário de Saúde, Bruno Diniz, assinaram o decreto que dispõe sobre a composição do CMS, dando posse a membros titulares e suplentes de representantes de usuários, trabalhadores e gestores da rede SUS/Contagem para o biênio 2018-2019. Já os conselheiros que integraram a última composição do biênio 2016-2017 do CMS foram contemplados com certificados de agradecimento. 

No mesmo dia, após a posse dos novos conselheiros, foi eleita a Mesa Diretora do conselho, composta por Cléber de Faria Silva (segmento gestor), eleito presidente da Mesa, Paulo Simão dos Santos (segmento trabalhador), eleito vice-presidente, e Lucas Davidson Guedes e Maria José Pinto, ambos representantes do segmento usuário, eleitos como 1ª secretário e 2º secretário, respectivamente.

William Barreiro agradeceu pela atuação de todos os conselheiros do biênio anterior e pediu a participação, a confiança e a colaboração dos conselheiros empossados. “Não se faz gestão nenhuma, principalmente pública, sem a participação de todos. E, para isso, temos de acreditar em uma Contagem com qualidade de vida cada dia melhor, principalmente para aqueles que mais precisam do serviço público. O conselho tem uma grande importância para isso, trabalhando com a gente para que a gestão possa cumprir o dever de oferecer saúde de qualidade à população”, disse o vice-prefeito. 

Bruno Diniz ressaltou que o ano de 2017 foi de conquistas no campo da participação popular no SUS de Contagem, com a criação e/ou retomada dos conselhos locais em unidades de saúde de todos os distritos sanitários, a abertura do diálogo e o fortalecimento da atuação do conselho. O secretário também agradeceu aos antigos conselheiros pela parceria e se colocou à disposição para o trabalho em conjunto com a nova gestão do CMS, frisando que há ainda muitos desafios a serem enfrentados.

“Apesar das conquistas que tivemos, 2017 foi também um ano de muita dificuldade. Estamos passando pelo pior cenário na saúde de Minas Gerais. Temos R$ 65 milhões em dívidas na saúde a receber do estado, o que nos tira a capacidade de investimento e de realização das melhorias necessárias. E para manter os serviços e aprimorá-los, cada vez a prefeitura coloca recursos próprios do Tesouro Municipal na saúde, dinheiro que poderia ir para outras áreas se estivéssemos recebendo essa verba. Se não fosse o empenho da gestão, que priorizou a saúde, não teríamos avanços como a entrega do Centro Materno Infantil 100% funcionando, a redução das filas de espera para cirurgias, consultas especializadas e exames, a ampliação de serviços em odontologia e as castrações gratuitas”, afirmou o secretário.

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Adelcio R Barbosa

Data: 15/02/2018

Saúde Mental promove Carnaval da unificação para festejar as diferenças

Pacientes dos sete postos de atendimento de Contagem participaram da folia

Animação e muita alegria. Foi assim o Carnaval da Saúde Mental de Contagem, que lotou o Espaço do Saber, no Eldorado, cedido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Os foliões cantaram e dançaram ao som da banda da Guarda Civil.

Foi a primeira vez que todos os pacientes atendidos nos serviços de saúde mental da Prefeitura de Contagem participaram do Carnaval em um evento único. Até então, cada Centro de Apoio Psico-Social (Caps) se organizava e fazia a sua festa.

Pacientes assistidos nos sete locais de atendimento mental do município aproveitaram o momento para a diversão, mas também para agradecer a gestão e organização do evento.

Flávio Mosele não faz mais o acompanhamento nos Caps de Contagem, mas continua frequentando o Centro de Convivência. Para ele, momentos assim são os melhores da vida, pois o ajudam a se relacionar melhor com a sociedade.

Mesma opinião tem Soraya ferreira, usuária dos serviços de saúde mental da prefeitura. “Tudo muito bom. Essa alegria e festa fazem com que eu fique menos surtadinha”, brincou. Ela gosta de todo o atendimento que recebe no Caps e diz que esse envolvimento com outros atendidos a ajuda a superar muitos problemas na vida, fazendo com ela consiga viver em sociedade.

Para Karen Alvim, uma das organizadoras do evento, o objetivo foi atingido. A ideia de unificar o Carnaval surgiu da diretora do Caps Sede, Angelita Marques, e foi abraçada pela coordenadora de Saúde Mental, Luísa Mara.

Rafael Kalil, referência técnica da Saúde Mental, disse que a ação pública serve para buscar a unidade e comunidade. Os atendidos vivem a diversidade preservando as diferenças de cada um. A proposta, destaca Kalil, é proporcionar um momento com música e cultura para os portadores de sofrimento mental.

Servidores de vários setores da Prefeitura de Contagem também deram seu grito de apoio. O secretário Municipal de Saúde, Bruno Diniz, foi representado pelo coordenador técnico da Secretaria, Luiz Fernando Avelar.

Repórter: Aida Matos

Foto: Fábio Silva

Data: 15/02/2018

Samu de Contagem faz parceria com Polícia Rodoviária no Carnaval

Médico e enfermeiro ajudam a salvar vidas em UTI montada em helicóptero da corporação

Carnaval é sinônimo de estradas lotadas de pessoas que vão curtir a folia em várias partes do país. Para aumentar a segurança, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) intensifica ações nas rodovias. Em Minas, a corporação conta com o apoio de um helicóptero vindo do Rio de Janeiro,   que terá como área de abrangência as Brs 040, 381 e 262.

Dentro da aeronave,  médicos e enfermeiros da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) de Contagem,    integram a equipe de tripulação com o objetivo de prestarem os atendimentos de urgência e emergência nas situações em que não é possível aguardar o socorro por via terrestre. Nestes casos, a PRF desloca o helicóptero para que sejam realizados os atendimentos e posterior encaminhamento aos hospitais de referência, como João XXIII e Risoleta Neves.

O diretor-geral do Samu 192 de Contagem, Hudson Douglas Ferreira, destaca que o serviço é uma referência em Minas Gerais. “Em 2014 atuamos na Copa do Mundo, em 2016 nas Olimpíadas e agora no Carnaval. Isso mostra o respeito e a competência da Saúde e do Samu de Contagem”, aponta.

A aeronave funciona como uma unidade de terapia intensiva (UTI) móvel, com modernos equipamentos e medicamentos diversos. “O Samu  de Contagem equipou toda aeronave para que possa prestar os atendimentos de urgência e emergência e, junto com a Polícia Rodoviária Federal, prestar atendimentos com agilidade”, ressaltou o assessor técnico da Superintendência de Urgência e Emergência, Alexandre Viana de Andrade.

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio R Barbosa

Data: 15/02/2018

Membros de superintendências da Saúde são apresentados

Secretário reforçou necessidade de trabalho em equipe e busca por eficiência

Com o objetivo de apresentar novos integrantes de superintendências da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e de reforçar a importância da disposição e do engajamento de todos neste ano de 2018, o secretário de Saúde de Contagem, Bruno Diniz, reuniu-se com assessores técnicos, diretores de distritos sanitários e servidores hoje, sexta-feira (9), nas instalações da Fundação de Assistência Médica e de Urgência de Contagem (Famuc).

Bruno Diniz reforçou que mudanças nas equipes são muitas vezes necessárias para o aprimoramento do trabalho de gestão. “As pessoas que estão aqui acreditam no projeto de governo do prefeito Alex de Freitas e do vice William Barreiro e fazem parte de uma equipe. E no interior de uma equipe, às vezes, precisamos mexer nas engrenagens para trazer novas ideias, imprimir um novo ritmo e seguir buscando os objetivos traçados, que são os de oferecer um SUS com cada vez mais qualidade em Contagem”, afirmou o secretário.

Na Superintendência de Vigilância em Saúde, o novo superintendente passa a ser Marcílio Dias Magalhães, que possui uma carreira de mais de 30 anos de serviços prestados no estado de Minas Gerais, muitos deles vivenciados na área de assistência à saúde.

Na Superintendência de Assistência à Saúde (SAS) assume Maurício Rangel, que participou do processo de descentralização de algumas políticas sociais no município no período de 2005 a 2012.

 E na Superintendência de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (Sugest), passa a ocupar o cargo de superintendente Ronaldo Gontijo, que acumula grande experiência no legislativo e esteve presente à 8ª Conferência Nacional de Saúde. O relatório final produzido nesta histórica conferência serviu como subsídio para os deputados constituintes elaborarem o Art. 196 da Constituição Federal – “Da Saúde”, da Constituição Federal (CF) de 1988. Com a promulgação da CF de 1988, a saúde tornou-se um direito, bem como o Sistema Único de Saúde (SUS) foi criado.   

O atual superintendente da Atenção à Urgência e Emergência (Surg), Cléber de Faria Silva, passa a ser o novo presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS), instância de participação social e de controle popular da saúde que teve os novos integrantes (biênio 2018-2019) empossados em cerimônia ocorrida ontem (8), no Complexo Hospitalar de Contagem (CHC).

Reporter: Carolina Brauer

Foto: Adelcio R Barbosa

Data: 15/02/2018

 

Secretário visita defensoria e destaca investimentos na saúde

Contagem investiu mais de 290 milhões em saúde pública no ano de 2017

O secretário de Saúde, Bruno Diniz, visitou nesta quarta-feira (7), a Defensoria Pública de Minas Gerais, na comarca de Contagem. Na oportunidade, Bruno Diniz se encontrou com a Defensora Pública da Saúde, Sheila Santos Nunes. O objetivo do encontro foi estreitar as relações entre a Secretária de Saúde e o órgão. 

Além disso, foram debatidas ações que possam melhorar o fluxo das respostas entre os dois órgãos. “Destacamos e agradecemos a parceria que tivemos com a defensoria. Colocamo-nos a disposição nesse novo ano que se inicia para a saúde de Contagem”, destacou Bruno. O secretário de Saúde apresentou os avanços e gargalos que a saúde teve em 2017.

 Bruno Diniz ressaltou que os avanços na saúde só foram possíveis devido ao grande investimento feito pela prefeitura. Do orçamento previsto para o ano de 2017, Contagem destinou 28,99% para melhorias na saúde pública o que corresponde a quase R$ 295 milhões. 

beforeSecretário visitou a Defensoria Pública, em Contagem

 Esse investimento é praticamente o dobro do previsto pela constituição, que determina que o município invista 15% na saúde. O recurso permitiu, por exemplo, a abertura do Centro de Cirurgia e Traumatologia Célio Elias, que representa uma ampliação de 132,5% no atendimento: de 430 para mil cirurgias por mês, passando a fazer procedimentos de alta complexidade em neurologia e ortopedia.

Na contramão da história

No encontro ocorrido na defensoria, Bruno Diniz destacou a triste realidade da saúde pública estadual. Que não tem atrasado constantemente os repasses para os municípios. Somente para Contagem o governo estadual deixou de repassar, em 2017, cerca de R$ 65 milhões para a saúde. 

A dívida é referente a repasses para incentivos de custeio de programas estaduais, relativos ao Complexo Hospitalar de Contagem, além de recursos relacionados ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), as Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e atenção primária à saúde.

Constitucionalmente existe uma divisão de responsabilidades entre os governos Federal, Estadual e Municipal.  Cada um dos três poderes tem a sua função, seus limites de atuação, para o funcionamento do sistema de saúde nas cidades.

 

Repórter: Lucas Santos 

Foto: Adelcio R Barbosa

Data: 08/02/2018

Novos conselheiros da saúde tomam posse nesta quinta-feira (8)

O Conselho Municipal de Saúde é um importante instrumento de participação popular

O prefeito Alex de Freitas empossa nessa quinta-feira (8), às 18 horas, os membros do Conselho Municipal de Saúde de Contagem, para o biênio 2018/2019.  O conselho conta com 16 membros titulares e 15 suplentes. A cerimônia acontece no auditório do Centro Materno-Infantil Juventina de Paula Jesus.  

A eleição ocorreu em 19 de dezembro, na Escola Municipal Dona Babita Camargos. Os delegados titulares, que tiveram direito a voz e voto para a composição do Conselho, foram eleitos durante o mês de agosto, nas pré-conferências que ocorreram em todos os oito distritos sanitários da cidade. 

Os Conselhos de Saúde são instrumentos estabelecidos pela Lei nº 8.142/1990 para atuar na formulação de estratégias e no controle da execução da política pública nos âmbitos nacional, estadual e municipal.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio R Barbosa

Data: 08/02/2018