Posts com a Tag ‘Novembro Azul’

UBS Arpoador realiza ações no Novembro Azul e luta contra a Aids

Foi realizado na  sexta-feira (29) o evento do Novembro Azul na Unidade Básica de Saúde Arpoador, com café da manhã, palestras sobre a saúde do homem e sobre o câncer de próstata. Aproveitando o Dia Internacional de Luta contra a Aids,  na UBS  foi realizada um teste rápido de Hepatite B e C, Sífilis  e HIV.

Segundo a gerente da UBS, Juliana Barreto, “é muito importante promover a saúde e orientar a população sobre através de hábitos saudáveis, principalmente o público masculino que procura menos os serviços de saúde”.

No dia foram 260 atendimentos entre aferição de pressão, glicemia, teste rápido de Sífilis e HIV. Assim, com a intervenção, a Unidade Básica de Saúde Arpoador conseguiu dar oportunidade aos usuários que não frequentam as UBS’s.

Restaurante Popular

A UBS Arpoador também organizou uma intervenção no dia 22 de novembro, no Restaurante Popular Ressaca. “Aproveitamos o grande fluxo de trabalhadores da região que almoçam no restaurante e levamos até eles informações e orientações sobre a saúde do homem, prevenção a Dengue e Arboviroses”, disse a gerente. “A utilização de espaços públicos para levar cuidado e saúde gera grande impacto positivo na população”, completou Juliana.

 

Repórter: Tayna Oliveira

Foto: SMS Divulgação

Data: 05/12/2019

Blitz Novembro Azul percorre ruas do bairro Riacho das Pedras

Na última quarta-feira (28) ocorreu, no bairro Riacho das Pedras, mais uma edição da Blitz Novembro Azul. A ação faz parte do movimento “Novembro Azul” que visa à prevenção e  diagnóstico do câncer de próstata. Agentes de saúde percorreram as ruas do bairro, distribuindo panfletos e conscientizando a população sobre a doença.

A gerente da UBS Novo Riacho, Paula Pinho, explicou que a intenção da blitz foi chamar atenção da população para a causa. “Essa ação é para a conscientização contra o câncer de próstata e a saúde do homem como um todo”, explicou.

Ainda de acordo com a gerente é muito importante ações como essa, pois muitos não sabem nada sobre a doença. “Chama a atenção da população, pois até quem não é usuário do SUS é convidado. Às vezes a pessoa não busca o Sistema de Saúde, então quando passa alguém panfletando, com os balões azuis, aquela pessoa acaba se conscientizando”, acredita.

 

Texto e Foto: Lorena Campos

Data: 29/11/2019

Unidade Básica de Saúde (UBS) São Luiz funciona à noite em ação do Novembro Azul

Homens receberam orientações sobre a prevenção ao câncer de próstata, realizaram exames preventivos, além de encaminhamentos para urologista e planejamento familiar

Com o objetivo de ampliar o atendimento à saúde do trabalhador, a Unidade Básica de Saúde – UBS São Luiz II abriu as portas na última segunda-feira (25), das 17h às 20h.  A iniciativa inovadora buscou atender pacientes que trabalham no horário comercial e não possuem disponibilidade para ir à UBS.

O funcionamento em caráter especial da unidade faz parte do calendário do Novembro Azul, o mês é dedicado à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata. 

Foram atendidos 12 homens. Eles receberam orientações sobre a prevenção ao câncer de próstata, realizaram exames preventivos, além de encaminhamentos para urologista e planejamento familiar. Segundo a enfermeira da UBS São Luiz, Ravena Rielly,  a proposta de atender trabalhadores foi um sucesso. “Muitos não querem ou não podem faltar ao serviço, não gostam de levar atestado, por isso, não cuidam da saúde devido ao horário do trabalho”.

Ravenna destacou  que os paciente pediram que, pelo menos uma vez por mês, a UBS funcione à noite. “Vamos levar essa proposta para o distrito e tentar implementar essa iniciativa”, disse a enfermeira.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Silva

Data: 27/11/2019

Prefeitura de Contagem promove ação do Novembro Azul na CeasaMinas

Ação de conscientização sobre o câncer de próstata foi feita na CeasaMinas. Uma tenda foi instalada no Mercado Livre dos Produtores, conhecido como Pedra

No mês dedicado à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, a ação teve como objetivo  orientar os homens sobre a doença

Nessa quarta-feira (13), a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde,   promoveu uma ação de conscientização sobre o câncer de próstata na CeasaMinas. No mês dedicado à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata, a ação teve como objetivo  orientar os homens sobre a doença, principalmente aqueles com idade entre 40 e 70 anos.

Uma tenda foi instalada no Mercado Livre dos Produtores, conhecido como Pedra. No local foi ofertado aferição de pressão, distribuição de camisinhas, palestras, orientação sobre câncer de próstata, de boca e orientação sobre doenças sexualmente transmissíveis.

“Estamos comemorando o Novembro Azul por meio dessa ação que extremamente importante para saúde do homem. E poder promover este evento no local como o Ceasa que tem 80% do publico masculino é muito eficaz”, destacou a gerente da Unidade de Saúde Ceasa, Angela Ribeiro Costa da Cunha.

Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 2018 foram diagnosticadas mais de 68 mil novos casos da doença em todo o país.

 

 

Repórter: Nelson Augusto

Foto: Tayna Oliveira

Data: 13/11/2019

CeasaMinas abraça o Novembro Azul

Chegou a vez do Novembro azul, período em que se intensifica o a prevenção ao câncer de próstata. Nessa quara-feira (13), a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, irá realizar uma campanha de conscientização no CeasaMinas.

Aproximadamente 70 mil pessoas circulam diariamente pelo CeasaMinas, em sua maioria homens. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens no Brasil (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).

Campanha Novembro Azul CeasaMinas

Local: MLP (Pedra Ceasa)

BR-040, s/n, Kennedy- Contagem

Horário: 8h às15h

Saúde do Homem é tema para ser tratado permanentemente

Homens não costumam procurar pelas unidades de saúde antes do adoecimento, mas esse comportamento pode favorecer mortes por cânceres, como o câncer de próstata, uma das principais causas de falecimento masculino entre homens com mais de 40 anos. O urologista é o profissional indicado para esse tipo de demanda. Em Contagem, CCE Iria Diniz oferta mais de 500 consultas mensais com esse especialista

O Novembro Azul, campanha que chama a atenção para a saúde do homem, já acabou, mas falar sobre a prevenção da saúde masculina deve ser uma atitude permanente: os homens costumam procurar as unidades de saúde somente quando enfermidades que poderiam ser prevenidas ou tratadas já se agravaram. É preciso que haja uma mudança de comportamento dos homens, para que frequentem as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e se cuidem mais.

“A consulta do homem na UBS é importante para que possam ser feitos exames que detectem doenças antes que estejam em estágios avançados”, reforça a superintendente de Atenção à Saúde (SAS), Diana Barbosa. O encaminhamento ao urologista, quando necessário, pode fazer a diferença entre vida e morte masculina. No Brasil, segundo o Inca/Ministério da Saúde (MS), um homem morre a cada 38 minutos por causa do câncer de próstata. A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino que tem como principal função, juntamente com outras glândulas, produzir o esperma, e é o urologista o especialista que define junto ao paciente a melhor modalidade de tratamento caso um tumor na próstata seja detectado, de acordo com as características de cada pessoa.

Em Contagem, são ofertadas aproximadamente 560 consultas mensais com urologista no Centro de Consultas Especializadas (CCE) Iria Diniz, uma média de 140 consultas por semana. O equipamento conta com três urologistas. Um deles é o médico Carlos Fabricio Sousa de Almeida, que na semana passada concedeu entrevista ao Portal da Prefeitura de Contagem sobre o câncer de próstata (disponível AQUI ).

Homens morrem mais, diz Fiocruz

Pesquisa divulgada pela Fiocruz em 2010 revelou que “dentre as situações que mais matam o homem, até os 40 anos, estão as causas externas (violência, agressões e acidentes de trânsito/trabalho). Depois dos 40 anos, em primeiro lugar estão as doenças do coração e, em segundo, os cânceres, principalmente do aparelho respiratório e da próstata. A cada três pessoas que morrem no Brasil, duas são homens”.

Essa mesma pesquisa divulgou resultados de um levantamento feito com sociedades médicas brasileiras, antropólogos, psicólogos e integrantes de conselhos de secretários de saúde, aproximadamente 250 pessoas, que apontou que os homens não costumam frequentar os consultórios médicos (resumo dos resultados disponível AQUI  ).

Atenção, homens: sempre é tempo de se cuidar! Procure uma UBS e se informe sobre prevenção e promoção da saúde do homem!

Mutirão de vasectomia foi estendido até dezembro

Em julho deste ano, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), deu início a um mutirão de vasectomias. A vasectomia é um método contraceptivo masculino que consiste na realização de uma pequena cirurgia feita com anestesia local, sem necessidade de internação, para que o homem não possa mais gerar filhos e evite a gravidez feminina. Normalmente, são ofertadas cerca de 40 cirurgias de vasectomia e, com o mutirão, houve um incremento de mais 40 procedimentos, totalizando a abertura de 80 agendas mensais. Inicialmente, a ideia era de manter o mutirão até o mês de setembro, mas a gestão decidiu estendê-lo até dezembro. Ao final da ação, terão sido ofertadas aproximadamente 480 cirurgias de vasectomia.

UBS é a porta de entrada para o acesso à vasectomia

Os homens interessados em fazer a vasectomia devem procurar a UBS em que são referenciados e passar pela reunião de planejamento familiar, um grupo de orientação que ocorre periodicamente nas unidades de saúde, para que dúvidas possam ser tiradas e esclarecimentos possam ser feitos. Posteriormente, é feito o encaminhamento ao urologista. Em matéria publicada no Portal da Prefeitura de Contagem em agosto deste ano, o médico urologista Arley Valle Soares, um dos médicos urologistas do CCE iria Diniz, apresentou informações sobre o procedimento, inclusive sobre mitos que costumam acompanhá-lo (clique AQUI e veja a matéria).

 

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Divulgação

Data: 12/12/2018

Vamos falar sobre o câncer de próstata?

O Novembro Azul, campanha que chama a atenção para a saúde do homem, já acabou. Mas falar sobre a prevenção do câncer de próstata deve ser uma atitude permanente. Afinal, no Brasil, segundo o Inca/Ministério da Saúde (MS), um homem morre a cada 38 minutos por causa dessa doença. A próstata é uma glândula do sistema reprodutor masculino que tem como principal função, juntamente com outras glândulas, produzir o esperma.

Quem nunca ouviu falar sobre campanhas de saúde que estabelecem cores para alguns meses do ano, com o objetivo de difundir informações, derrubar preconceitos e prevenir doenças? Ao longo dos anos, sobretudo a partir da década de 1990, sociedades médicas, pacientes e organizações da sociedade civil mundo afora vieram difundindo campanhas que relacionam cores para os meses do ano com o objetivo de informar, quebrar preconceitos e ampliar a prevenção de doenças. No mês passado, o Novembro Azul chamou a atenção para câncer de próstata, um dos tipos mais comuns entre os homens, de acordo com o Ministério da Saúde (MS).

O mês de novembro acabou, mas é muito importante seguir com a conscientização sobre câncer de próstata, doença que, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca)/MS, dados de 2017, mata um homem a cada 38 minutos no Brasil.

Em Contagem, assim como em toda a rede pública de saúde do Brasil, para se informar sobre a doença e fazer exames de detecção, se necessário, o homem deve primeiramente passar por uma consulta na Unidade Básica de Saúde (UBS), principal porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS), onde são solicitados diversos exames, dentre eles o PSA, quando o homem completa 50 anos de idade. Em casos de histórico familiar da doença, essa prevenção inicia-se aos 45 anos. O médico da UBS é quem faz o encaminhamento para o exame de prevenção do câncer de próstata a um dos especialistas do CCE Iria Diniz. Sempre que for à consulta com o urologista, o paciente já deve ter em mãos o resultado do seu PSA.

Para falar sobre os problemas que essa pequena glândula, localizada próxima à bexiga e ao intestino pode causar, o médico urologista Carlos Fabricio Sousa de Almeida, que atua no Centro de Consultas Especializadas (CCE) Iria Diniz desde o ano 2006, traz informações o câncer de próstata, incluindo formas sobre sua detecção, o que pode permitir a recuperação precoce dos pacientes e salvar vidas.

O especialista reforça que o diagnóstico precoce é a melhor arma contra esse tipo de doença. “Com um simples exame de sangue e um rápido e indolor exame de toque, podemos evitar muito sofrimento e a perda de muitas vidas”, atesta o médico.

Confira a entrevista:

O que é próstata? Onde ela está localizada? Só os homens possuem próstata?

É uma glândula que só está presente nos homens e tem a forma de uma noz, localiza-se abaixo da bexiga, em frente ao reto, e engloba a uretra.

Há fatores de risco ou comportamentos que podem favorecer o câncer de próstata?

A hereditariedade é o principal fator de risco. Quem tem parentes próximos com a doença tem maior risco de vir a desenvolvê-la. Fatores como a raça negra e alimentação rica em gorduras e pobre em vegetais e frutas também estão relacionados com maior incidência do câncer de próstata.

O que acontece com a próstata quando ela é afetada pelo câncer?

Primeiramente, surgem nódulos no interior da glândula, que podem se expandir e invadir estruturas próximas, como as vesículas seminais, bexiga e reto. Entretanto, o maior problema é que antes que isso aconteça, células tumorais caem na corrente sanguínea e são levadas para diversas estruturas e órgãos distantes, como ossos, fígado e cérebro.

Existem sinais ou sintomas que podem indicar que a pessoa esteja com câncer de próstata?

Este é o maior problema que enfrentamos. Em sua fase inicial, justamente quando o câncer de próstata pode ser adequadamente tratado e curado, ele não costuma apresentar sintomas. Os sintomas surgem apenas quando a doença já se espalhou e, então, torna-se muito difícil controlá-la. Sintomas como sensação de urina presa, jato urinário fraco e levantar-se muitas vezes à noite para urinar, na maioria dos casos, estão relacionados com o aumento benigno da próstata, a hiperplasia prostática, e não com o câncer. Por isso, a detecção precoce é fundamental.

Existe algum perfil ou grupo populacional que tenha indicação de realizar exames de detecção?

O exame de prevenção do câncer de próstata deve ser realizado por todos os homens a partir dos 50 anos de idade e ser repetido anualmente. Homens que têm parentes próximos com esta doença devem iniciar a prevenção aos 45 anos de vida.

Como é feito o diagnóstico do câncer de próstata? Há métodos diferentes para cada tipo de pessoa?

O diagnóstico é feito através de um exame de sangue que se chama PSA ou antígeno prostático específico, que costuma estar elevado nos casos de doenças da próstata, dentre eles o câncer, e também através do exame de toque prostático, em que o médico consegue palpar irregularidades e diferenças na textura da próstata. Se houver alteração no conjunto desses exames, é indicada então a biópsia da próstata, que consiste em se retirar vários fragmentos da glândula. É um exame realizado pelo reto, guiado por ultrassonografia. É só a biópsia que pode confirmar a presença das células malignas na próstata.

Caso o câncer de próstata seja detectado, quais são os próximos passos?

Caso o tumor seja detectado, ou seja, confirmado pela biópsia, o urologista define junto com o paciente a melhor modalidade de tratamento, de acordo com as características de cada pessoa. Na atualidade, os pacientes são encaminhados à Comissão Municipal de Oncologia, que é o órgão que distribui os pacientes entre as diversas instituições vinculadas ao SUS, como por exemplo o Hospital da Baleia e o Instituto Mario Penna. O tratamento é completamente gratuito no SUS.

Qual ou quais são os tratamentos para o câncer de próstata? Nesses tratamentos, a próstata é extraída do corpo ou é “somente” tratada?

O tratamento depende de até onde a doença se espalhou. Se for um tumor localizado, ou seja, só dentro da glândula prostática, a cirurgia para a retirada de toda a próstata e das vesículas seminais é a melhor opção. Em casos onde os riscos anestésico e cirúrgico são muito altos, não se retira a próstata e, nesses casos, opta-se pela radioterapia, que consiste na destruição por radiação das células tumorais. A radioterapia também é indicada nos casos em que a doença já saiu da próstata mas não acometeu órgãos distantes. E quando a doença encontra-se em fase avançada, ou seja, quando já se espalhou para outras estruturas como ossos, fígado ou cérebro, as chamadas metástases, a melhor opção passa a ser a hormonioterapia e, então, a quimioterapia.

Em um ranking de neoplasias malignas que matam homens, o câncer de próstata ocupa qual posição?

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo tumor mais frequente no homem e só perde para o câncer de pele. O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que teremos mais de 68 mil novos casos de câncer de próstata neste ano. Todo ano, morrem cerca de 13 mil  homens devido à doença.

Ter câncer de próstata pode afetar a capacidade de homens terem ereções ou trazer outros problemas relacionados a atividades sexuais? A retirada da próstata afeta as funções sexuais dos homens?

O câncer de próstata não costuma afetar a função sexual na sua fase inicial, só mesmo quando ele avança. Tanto a cirurgia quanto a radioterapia para o tratamento da doença podem afetar a capacidade do homem em obter ereção. Mas não em todos os casos, depende muito de como era a ereção anteriormente ao tratamento e, também, da técnica operatória e da precisão dos aparelhos de radioterapia. Entretanto, existem diversas formas de se recuperar esta função, seja com medicamentos orais ou locais e até mesmo com o implante de próteses.

Sobre os tabus em torno da doença: é comum que os homens não procurem por um médico para realização do exame de próstata por causa de percepções que associem a realização do exame à problematização da opção sexual?

Sempre houve uma resistência por parte dos homens ao exame de toque retal. Entretanto, percebemos que este tabu tem sido quebrado ao longo dos tempos. Trata-se de um exame muito rápido e indolor e muitos homens estão mais conscientes da importância do diagnóstico precoce da doença. Homens: previnam-se!

 

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Divulgação

Data: 05/12/2018

Movimenta Contagem se veste de azul contra o câncer de próstata

A Praça da Glória, na Regional Eldorado, sedia nessa sexta-feira (23), o Movimenta Azul

Após o mês de conscientização sobre o câncer de mama e colo de útero, o chamado Outubro Rosa, novembro chegou trazendo mais uma importante ação para a saúde. Realizada todos os anos, a campanha Novembro Azul conscientiza os homens em relação à prevenção do câncer de próstata.

As comemorações do Novembro Azul se encerrarão em  grande estilo. A Praça da Glória, na Regional Eldorado, sedia nessa sexta-feira (23), o Movimenta Azul. A ação é um projeto promovido pelo Programa Movimenta Contagem que tem como objetivo conscientizar sobre a prevenção e os riscos do câncer de próstata.

O Movimenta Azul convoca toda a população a partir das 19h para um dia de conscientização e promoção da saúde e bem-estar. Os 70 núcleos do Movimenta Contagem participarão da ação. A ação conta uma programação para toda a família. Além de orientações sobre o câncer de próstata, haverá aferição de pressão, cadastramento dos participantes do Movimenta, entre outros.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA),  o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens brasileiros, ficando atrás apenas do câncer de pele. A partir dos 50 anos, os homens devem se consultar anualmente com um urologista. Quem tem casos de câncer de próstata em parentes próximos (pai, irmãos ou tios) precisa procurar atendimento com um especialista aos 45 anos.

Movimenta Contagem

O Movimenta Contagem está presente em todas as oito regionais administrativas da cidade. Atualmente, mais de cinco mil pessoas usufruem do programa que visa exercitar o corpo e a mente por meio de práticas de atividades físicas como: ginástica aeróbica, fisioterapia, hidroginástica, tai chi chuan e ioga, além de promover a interação social.

Para participar do Movimenta Contagem, o interessado deverá se encaminhar até os núcleos do Movimenta Contagem e fazer o cadastro, ou  entrar neste site.

Programação:
19h – Abertura:
19h20 – Aulão Movimenta
21h – Encerramento

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Divulgação

Data: 21/11/2018

Centro Materno Infantil também participa do Novembro Azul

O Novembro Azul é uma campanha para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata

 

Assim como cada mês do ano tem uma comemoração voltada para a saúde, em novembro não será diferente. O Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Foi em prol dessa campanha que o Centro Materno Infantil (CMI) está promovendo durante todo o mês de novembro uma homenagem e também um lembrete aos pais, visitantes e profissionais que utilizam e trabalham no Alojamento Conjunto.

“Buscamos conscientizar o público masculino que temos na maternidade, que são pais, avós e tios que vêm visitar os bebes, e também os profissionais que trabalham no setor. O novembro azul é tão importante quanto ao outubro rosa, que foi  voltado para prevenção ao câncer de mama.”, disse a assistente social do Centro Materno Infantil, Érica Fernanda Elias Santana.

O Alojamento Conjunto é um local com 61 leitos destinado para as mães ficarem com o filho após saírem da sala de parto, e também, para gestante que necessita de um cuidado mais próximo antes do parto. No alojamento, os pais também ficam de acompanhantes, por isso a campanha do novembro azul está sendo feita nesse setor.

 

Repórter: Nelson Augusto

Foto: Adelcio Ramos Barbosa

Data: 06/11/2018

Saúde do homem foi tema de ação no restaurante popular Ressaca

Atividade faz parte da semana de conscientização sobre o Novembro Azul que ocorre em diversos equipamentos da Segurança Alimentar

Quem almoçou no restaurante popular Ressaca no início da tarde dessa quarta-feira (22), foi convidado a participar da ação de conscientização do Novembro Azul.  Atividade promovida pela Prefeitura de Contagem, por meio da Coordenadoria de Segurança Alimentar e Abastecimento da Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, em parceria com a Secretaria de Saúde e Distrito Ressaca. O evento também teve o incentivo do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Comsan).

 O restaurante popular Ressaca foi o primeiro a receber essa ação, que ocorre durante as últimas semanas de novembro. Os profissionais da Secretaria de Saúde fizeram a aferição da pressão, entrega de preservativos e acompanhamento médico, sanando dúvidas sobre à saúde do homem, e prevenção de doenças como o câncer de próstata, e ligadas ao tabagismo.

 Contribuíram para a ação os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Agentes de Combates a Endemias (ACE) e acadêmicos de enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Além da presença da equipe da Zoonoses que falou sobre a importância do combate ao mosquito Aedes Aegypti, na prevenção das doenças como Dengue, Febre Amarela, Zika e Chikungunya.

A equipe do Distrito Ressaca promoveu a entrega de informativos retratando a saúde do homem. Tabagismo, Tuberculose, câncer de próstata foram alguns dos temas abordados.

Para a senhora Maria Luiza Marques Vieira, de 66 anos, a ação é muito positiva. “Eu acho muito bacana, é uma bela iniciativa da Prefeitura de Contagem, aqui vem muita gente então fala com muitas pessoas”, disse. 

before

Saúde do homem foi destaque da ação

   O gerente da Unidade Básica de Saúde da Vila Perola, Anderson Borges informou que o restaurante Popular Ressaca cedeu o espaço para que fosse feito, ali, o dia D do Novembro Azul, que é o dia de conscientização em relação as doenças masculinas, principalmente o câncer de próstata, as doenças sexualmente transmissíveis e o tabagismo. “Viemos com a equipe completa médicos, enfermeiros, técnico de enfermagem, com a disponibilização de materiais impressos, material para exames rápidos como aferição de pressão e médicos para tirar dúvidas dos usuários”, informou o gerente.

O médico da Equipe 38, Flávio Coelho, falou da importância da prevenção. “Nesse mês todas as unidades de saúde estão preparadas para oferecer exames preventivos para os homens, principalmente, com relação ao câncer de próstata”, destacou o médico. Flávio frisou ainda que “o câncer de próstata é o câncer que mais acomete o homem. É o câncer que mais causa morte entre os homens. A prevenção é importante”.

A ação também foi marcada pela apresentação dos músicos Cássia e Milton. Por uma iniciativa dos restaurantes populares em firmar parcerias com artistas locais que, de forma voluntária, divulgam seus trabalhos durante as refeições e em eventos nos restaurantes.  

No período da tarde, os funcionários do restaurante participaram da palestra promovida pelos profissionais da Saúde abordando temas como câncer de mama e próstata.

Confira programação restante 

– Dia 24/11/17 – Restaurante Popular Eldorado

10h30 às 14h – Panfletagem com material informativo e orientações sobre câncer de próstata, aferição de pressão, orientações sobre DST, AIDS. 

– Dia 28/11/17 –  Banco de Alimentos 

14h – Palestra para os beneficiários e funcionários sobre câncer de mama e próstata, seguido de panfletagem com material informativo e orientações sobre câncer de próstata, aferição de pressão, orientações sobre DST, AIDS.  

– Dia 30/11/17 – Centro Municipal de Agricultura Urbana e Familiar (Cmauf)

9h30 – Palestra para os funcionários e público sobre câncer de mama e próstata, seguido de panfletagem com material informativo e orientações sobre câncer de próstata, orientações sobre DST, AIDS.

Data:23/11/2017

Repórter: Ketrily Andrade

Foto: Elias Ramos