Posts com a Tag ‘HMC’

Complexo Hospitalar de Contagem promove a “Semana de Humanização”

As atividades tiveram o intuito de promover um momento recreativo e de relaxamento para os funcionários

Atividades foram realizadas com objetivo de promover a interação entre funcionários do Centro Materno Infantil de Contagem (CMI) e do Hospital Municipal de Contagem (HMC)

Entre os dias 11 e 12 de novembro, o Centro Materno Infantil de Contagem (CMI) sediou a “Semana de Humanização” com objetivo de promover a integração dos funcionários do CMI e do Hospital Municipal de Contagem (HMC). Nesse sentido, os servidores tiveram a oportunidade de participar de sessões de massoterapia, oficina de meditação e consciência corporal, aula de forró, além de luau ao vivo, palestra e stand-up.

Para a responsável pelo setor de Humanização, Regiane Braga, as atividades tiveram o intuito de promover um momento recreativo e de descanso para os funcionários. “O objetivo da Política Nacional de Humanização é promover ações para amenizar a situação do ambiente hospitalar, tanto para usuário, como para gestores e funcionários. É uma missão esse trabalho em saúde, então a gente propôs esse evento para eles”, concluiu.

A assistente administrativa Tatiana Moura contou que essa ação traz um momento de interação e vínculo entre os funcionários e destacou o desejo de que todos do hospital passem pelo momento de relaxamento das atividades. “A massagem corporal é muito boa, muito relaxante, tira a gente do nosso mundo de trabalho. Faz a gente ser transportada para um momento de empatia”, finalizou.

A palestra motivacional, com o tema “humanização”, ocorreu no segundo de dia evento. A palestrante Cintia Alves discorreu sobre a política de humanização e também abordou sobre afeto. “É um momento que a gente traz os trabalhadores para trocar experiências e ter discussões e para a valorização. Também para trazer uma reflexão para eles, pensarem em si mesmos, avaliarem suas relações e como é importante o afeto entre eles”, disse.

 

Texto e Foto: Lorena Campos

Data: 14/11/2019

HMC faz sensibilização para o controle de infecções hospitalares

Na data, a unidade recebeu um importante aliado para a ação: o Robô Humanoide Ozires

Buscando fortalecer uma prática simples, mas importante para o controle de infecções hospitalares – a lavagem das mãos, o Hospital Municipal de Contagem (HMC) José Lucas Filho realizou, nos dias 28 e 29 de outubro, o Dia D – todos contra a infecção. Na data, a unidade recebeu um importante aliado para a ação: o Robô Humanoide Ozires.

Trata-se de um androide desenvolvido por meio de um projeto de pesquisa de alunos de uma faculdade mineira que vem sendo usado estrategicamente para a conscientização de boas práticas na saúde.

Durante a visita, Ozires interagiu com as pessoas, dançou tango e hip hop, tocou músicas como a Marcha Imperial (tema da série Star Wars) e fez projeções de vídeos com o objetivo de incentivar a adesão dos trabalhadores de saúde à correta lavagem das mãos.

O robô percorreu os corredores da unidade acompanhado da diretora regional do IGH, Eliana Ferreira, e da enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do HMC, Simone Tolentino. Também estava presente o professor de bioinformática e pesquisador Bráulio Couto, um dos orientadores do projeto de pesquisa que deu origem ao Ozires e demais colaboradores do HMC.

Além de profissionais de saúde, Ozires sensibilizou pacientes e acompanhantes. Alguns sorriram, outros se encantaram. Houve quem ficasse desconfiado, mas todos se surpreenderam com a inusitada visita. Muitos aproveitaram para fazer vídeos e tirar fotos.

“O DIA D foi uma ação conjunta da assistência com o objetivo de ressaltar a importância da higienização das mãos no ambiente hospitalar que também faz parte das metas da Segurança do Paciente e aumentar a adesão a esta prática a todo o momento, tanto pelos profissionais, como pelos pacientes e acompanhantes,” explicou Simone Tolentino.

Cartilhas informativas e adesivos foram distribuídos aos participantes. Nos CTIs foi realizado um “campeonato de lavagem de mãos” por plantão. Os profissionais foram observados durante as atividades de rotina e, ao longo do dia, verificado a quantidade de lavagens de mãos realizadas. “Este é um setor muito importante para o controle de infecções e suas transmissões, uma vez que encaminha os pacientes, muitas vezes com o quadro clínico delicado, para as demais clínicas do Hospital,” comentou a coordenadora do CTI, Priscila Fazzio.

 

Foto: Bruna Alves

Data:01/11/2019

Novos equipamentos modernizam a assistência no CHC

São duas autoclaves com a capacidade 700 litros cada. A antiga máquina que foi substituída tinha a capacidade de apenas 250 litros e gastava mais água durante o ciclo de trabalho

O Complexo Hospitalar de Contagem (CHC) recebeu, em agosto, equipamentos modernos de uso constante na assistência à saúde de seus pacientes. Os aparelhos, que já começaram a ser instalados, visam melhorar a produção do trabalho das equipes e gerar economia de energia e água.

São duas autoclaves com a capacidade 700 litros cada. Uma das máquinas foi instalada no último mês na Central de Material e Esterilização do CHC. O equipamento é responsável por esterilizar e secar materiais de densidade como campos e roupas cirúrgicas, instrumentais e utensílios empacotados ou não, vidros, luvas, seringas, borrachas, líquidos em frascos herméticos ou não, utilizados no Hospital Municipal de Contagem (HMC) José Lucas Filho e Centro Materno Infantil (CMI) Juventina Paula de Jesus. A antiga máquina que foi substituída tinha a capacidade de apenas 250 litros e gastava mais água durante o ciclo de trabalho.

A nova autoclave utiliza vapor saturado de água sob pressão com remoção de ar através de pulsos de vácuo com uma potência de produção três vezes a mais que a anterior. Outro diferencial do dispositivo é que ele tem display touch screen e ampla variedade de configurações, auxiliando o funcionário nas demandas apresentadas diariamente.

Os demais equipamentos são quatro focos cirúrgicos de teto, que por serem de led melhoram iluminação do campo cirúrgico para o profissional atuar, proporcionando mais segurança no procedimento.  Com design moderno, leve e de fácil movimentação, sua tecnologia fornece iluminação adequada com baixo calor. Um foco já foi instalado este mês no Bloco Obstétrico do CMI, no início do mês.

Os novos equipamentos foram doados pela CEMIG, por meio de Programa, que tem como objetivo substituir equipamentos de alto consumo energético por outros mais novos e econômicos visando a eficiência energética dos estabelecimentos hospitalares. “Estes itens são muito bem-vindos, pois irão impactar na economia de energia e água, uma vez que são mais eficientes tecnologicamente que os antigos”, explicou o coordenador da Engenharia Clínica do CHC, Milton Aparecido de Carvalho.

A instalação está sendo feita gradativamente devido a necessidades de adequações estruturais nos setores que receberam a nova aparelhagem.

 

 

 

Foto: Adelcio R. Barbosa

Data: 25/10/2019

Paciente recebe alta no HMC com nova perspectiva de vida

O paciente era morador de rua e estava internado há mais de um ano

Antônio Marques de Oliveira, 64 anos, recebeu nesta semana alta médica do Hospital Municipal de Contagem (HMC) José Lucas Filho, no bairro Eldorado. E, junto com a evolução do estado de saúde, ele começa uma nova etapa da sua vida: tem um lugar para morar e alguns amigos para visitar na unidade que ficou por mais de um ano.

O contagense era morador de rua quando chegou no HMC em agosto de 2018, apresentando sintomas de insuficiência renal aguda. Além dos cuidados assistências recebidos ao longo do tempo que esteve lá, a equipe multiprofissional se empenhou para viabilizar tudo que ele precisasse para ter uma vida digna.

“Trata-se de uma alta responsável, além de ter recebido os cuidados de saúde, o paciente teve seus direitos sociais resgatados como documentos, moradia e benefício previdenciário. Antônio Marques seguirá sua vida com autonomia e o apoio da rede do município”, explica a assistente social do Hospital Municipal, Luíza Duarte. A profissional se sente emocionada por mais um desfecho exitoso de caso social.

Ele deixa a unidade para residir em uma pensão, no bairro Novo Eldorado, e com novos documentos. Além disso, mensalmente, Antônio Marques receberá o Benefício de Prestação Continuada (BPC), cartão alimentação para uso nos restaurantes populares do município. Outra ajuda será o transporte sanitário para procedimentos de hemodiálise no Centro de Nefrologia de Contagem, no bairro Bernardo Monteiro.

“Quero continuar cuidado da minha saúde e retomar uma rotina de atividades para meu bem”, comentou o senhor, que ficou feliz em poder deixar a unidade com outra perspectiva de vida, em relação a que tinha quando chegou.

O clínico e cardiologista, Paulo Furtado, conta que “é muito bom ver pacientes deixando o hospital ainda melhores que chegaram no local e que nos casos de longa permanência, como do Antônio Marques, que não tem familiares. Sempre há uma aproximação da equipe que passa a conviver quase que diariamente com o paciente”. Segundo o profissional, esta alta social, como é chamada, é bom para o paciente, mas também para o hospital, que terá a possibilidade dar a assistência clínica a outras pessoas.

O serviço social do Complexo Hospitalar de Contagem tem sido fundamental para identificar determinantes sociais no processo saúde-doença com o objetivo de garantir o acesso à saúde e aos direitos sociais. O assistente social desenvolve ações que refletem nas expressões das questões sociais como desemprego, habitação, idosos, pessoa com deficiência, criança e adolescente e outras.

 

 

Foto: Bruna Alves

Data: 18/10/2019

Seja um doador de órgãos e ajude a salvar vidas

Data que destaca a importância da doação é comemorada nesta sexta-feira (27)

O Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos é celebrado em 27 de setembro. A data tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância de ser doador de órgãos e ajudar outras pessoas que precisam do transplante para sobreviverem.

Na semana em que o país se mobiliza para sensibilizar mais doadores, o Hospital Municipal de Contagem (HMC) José Lucas Filho realizou mais uma captação de múltiplos órgãos para doação. A doação foi autorizada pela família de um paciente que teve morte encefálica confirmada na terça-feira (24), no Pronto Socorro do Hospital.

 “Com o gesto solidário da família, outras pessoas poderão ser beneficiadas”, explicou a enfermeira da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT), Cynthia Oliveira de Souza. A profissional esclarece que a captação de órgãos é um processo complexo que segue várias diretrizes para se concretizar e só se inicia após ter esgotado todos os recursos para salvar a vida do paciente doador.

A intervenção para a retirada dos órgãos foi realizada no Bloco Cirúrgico do Hospital pelo MG Transplantes. Essa atividade contou com um trabalho prévio da enfermeira do CIHDOTT, Cynthia Oliveira, da coordenadora do Pronto Socorro, Dra. Luiza Bárbara de Barros Melo, juntamente com demais profissionais da unidade que atuaram na otimização dos protocolos da doação de órgãos. Em 2019, o HMC já fez a captação de quatro doadores de múltiplos órgãos (rins, córneas, fígado, pâncreas) e 13 casos de doações de tecidos oculares.

Procedimento

A captação de órgãos acontece em pacientes com morte encefálica. O primeiro passo é investigar a causa da catástrofe neurológica para que se tenha um diagnóstico preciso do óbito. São feitos exames de imagem e clínicos complementares a esta etapa. O protocolo de morte encefálica é aberto visando seguir critérios para o real diagnóstico.

A doação de órgão é feita mediante autorização por escrita dos familiares. Todas essas atividades são acompanhadas pela CIHDOTT que repassa constantemente as informações para o MG Transplante. Durante o processo, a equipe multidisciplinar do hospital permanece assistindo ao paciente para que os órgãos continuem estáveis.

Regularmente são feitas capacitações na unidade para que os colaboradores entendam sobre as etapas e protocolos a serem seguidos nesta atividade que faz parte da assistência a saúde e da atuação ético-legal dos profissionais.

 

 

 

Repórter:  Bruna Alves

Data: 27/09/2019

 

 

Abraço marca aniversário de 16 anos do HMC

Inaugurado em 30 de agosto de 2003, o Hospital Municipal possui 46 leitos de clínica médica, 48 de clínica cirúrgica e 30 de CTI. Atualmente, a segunda ala da Clínica Médica está em obras para revitalização do local

Colaboradores, pacientes, visitantes e parceiros comemoraram juntos, na quinta-feira (29/08), o aniversário do Hospital Municipal de Contagem (HMC) José Lucas Filho, na Regional Eldorado. O estabelecimento faz 16 anos no mesmo dia que Contagem faz 108 anos (30/08). A festa teve balões, parabéns, bolo e um grande abraço do grupo na unidade.

Quem puxou a fila, passando por alguns setores do Hospital na hora do abraço, foram dois servidores efetivos da prefeitura que já estão há anos trabalhando no local: o clínico geral, Dr. Francisco Rodrigues de Soares e a auxiliar de rouparia, Gesmair Aparecida Carneiro Miranda.

O médico contou que há praticamente 16 anos, ele esteve presente no primeiro plantão da urgência e emergência do Pronto Socorro do HMC e, em sua memória, o dia foi bem tranquilo em vista da rotina dinâmica do que realmente é. “De lá para cá muitas pessoas foram atendidas, histórias e casos clínicos aconteceram … que se eu for descrever, a emoção toma conta… Aqui é como se fosse nossa segunda casa e família,” destacou Dr. Francisco Soares. Para ele, muitas mudanças ocorreram ao longo destes anos e, principalmente, melhorias no Hospital Municipal.

Perto de aposentar-se, Gesmair ficou muito emocionada por abrir o evento, pois além de boas lembranças do dia a dia, ela ama trabalhar no Hospital Municipal. Nestes sete anos em que está abastecendo profissionais e pacientes com os enxovais, ela disse que sente muito feliz em sua função e em tudo que participa. “Além das minhas atividades no setor, contribuo em outras ações da Humanização realizadas na unidade para pacientes e colaboradores”.

Os participantes do abraço se reuniram na portaria principal do HMC para também cantar parabéns. A equipe do Serviço de Nutrição e Dietética (SND) distribuiu pedaços de bolos para todos os presentes e também para os colaboradores nos setores internos. Na tarde do mesmo dia, um culto ecumênico foi feito no auditório para fechar as comemorações.

Hospital Municipal de Contagem (HMC) José Lucas Filho

Inaugurado em 30 de agosto de 2003, o Hospital Municipal possui 46 leitos de clínica médica, 48 de clínica cirúrgica e 30 de CTI. Atualmente, a segunda ala da Clínica Médica está em obras para revitalização do local. Com a reforma, mais 42 leitos estarão disponíveis para atendimentos até o final do ano.

Por mês são mais de 500 procedimentos nas especialidades de gastroenterologia, neurologia clínica, neurocirurgia, cardiologia, ortopedia, cirurgias vascular, geral, plástica, torácica, de cabeça e pescoço. Exames laboratoriais, colonoscopia, endoscopia , tomografia, raio-x, ultrassom, duplexscan e outros, também são feitos no local.

O Pronto-socorro é porta de entrada para emergências do Município e cidades ao redor. São 19 leitos de observação, 12 vagas rotativas da sala de decisão clínica e oito leitos do politraumatismo, além de três leitos da sala vermelha.

Lotado no na ala de Politraumatismo, o Dr. Francisco Soares acredita no potencial da instituição e dos colegas de trabalho que fazem tudo acontecer com dedicação e empenho, pensando nos próximos anos, ele deixa a seguinte mensagem a todos que constroem a história do HMC: “Fazer o melhor possível nas condições que tem, para que em condições melhores possa fazer mais ainda”.

 

 

 

 

 

Repórter:  Bruna Alves

Foto: Divulgação

Data: 02/09/2019

 

Cuidando de Quem Cuida para colaboradores do CHC

O projeto “Cuidando de quem cuida” acontece desde maio, ofertando momentos de relaxamento, rodas de conversa, exercícios físicos, reflexões, escuta, acolhimento, oficina, entre outras ações para acompanhantes dos pacientes do HMC

Iniciou na segunda-feira (26/8), um momento dedicado à saúde do trabalhador do Complexo Hospitalar de Contagem (CHC). Com oficinas de respiração, consciência corporal e meditação, as atividades fazem parte do projeto Cuidado de Quem Cuida e estão reservadas para o horário de almoço, semanalmente, das 12h às 13h.

Em sessões de 30 minutos, os colaboradores são convidados a fazer uma viagem para dentro de si mesmo com as técnicas abordadas, buscando se conectar com sua essência. Quem conduz os procedimentos é a psicóloga do Centro Materno Infantil (CMI), Noriene Teodoro Sartori.

Ela explica que a proposta da atividade é mostrar que o cuidado é institucional, ajuda a quem precisa e também de quem cuida. “Os profissionais da saúde lidam com situações específicas em suas rotinas, como a dor e a perda. Vivências que impactam a saúde mental e física e, por isso, também merecem atenção e cuidado,” esclareceu.

A profissional usa de várias técnicas, entre elas o Método Rességuier que é uma abordagem do corpo sensível. A ferramenta de âmbito terapêutico auxilia na construção do sentido de unidade e organização corporal tornando o paciente agente ativo no seu processo de reabilitação, equilíbrio emocional e mudanças de atitudes perante a vida.

A ação tem início em uma semana muito especial, em que se celebra o dia do psicólogo (27/8). Esse profissional é habilitado para identificar conflitos mentais e dar assistência adequada para questões emocionais e de comportamento para melhoria da qualidade de vida.

Cuidando de Quem Cuida no CHC

O projeto “Cuidando de quem cuida” acontece desde maio, ofertando momentos de relaxamento, rodas de conversa, exercícios físicos, reflexões, escuta, acolhimento, oficina, entre outras ações para acompanhantes dos pacientes do Hospital Municipal de Contagem (HMC) José Lucas Filho e Centro Materno Infantil (CMI) Juventina Paula de Jesus.

 

 

 

Foto: Bruna Alves

Data: 28/08/2019

Hospital Municipal completa 16 anos com abraço dos cidadãos de Contagem

O HMC é referência para atendimentos de urgência e emergência

O Hospital Municipal de Contagem (HMC) José Lucas Filho, na Regional Eldorado, comemora 16 anos na próxima sexta-feira, 30 de agosto, mesmo dia do aniversário de 108 anos de Contagem. Para celebrar a data, colaboradores e acompanhantes de pacientes irão realizar um grande abraço em torno da unidade, às 10h, na quinta-feira (29). O abraço simboliza todo o acolhimento e cuidado à saúde dado aos cidadãos contagenses. O HMC faz parte da história do município nestes 108 anos.

Uma referência para atendimentos de urgência e emergência, o Hospital Municipal realiza cirurgias e internações nas especialidades de gastroenterologista, neurologia clínica e neurocirurgia, cardiologia, ortopedia, cirurgias vascular, geral, plástica, torácica, de cabeça e pescoço. Por mês são feitos mais de 500 procedimentos. No local, há 46 leitos de clínica médica, 48 de clínica cirúrgica e 30 de CTI.

Serviço: Abraço de aniversário 16 anos HMC

Data: 29/08/2019, quinta-feira

Local: Av. João César de Oliveira, n° 4495 – Eldorado, Contagem

Horário: 10h

 

 

 

Foto: Ronaldo Leandro

Data: 27/08/2019

 

 

Dia do Hospital, saiba um pouco mais sobre o Hospital Municipal de Contagem

Dois de julho é comemorado o Dia do Hospital

No dia 2 de julho comemora-se o dia do hospital. Em Contagem, o Hospital Municipal José Lucas Filho é uma unidade de alta complexidade e referência à população do município para pronto atendimento, cirurgias e internação pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Inaugurado em 30 de agosto de 2003, o Hospital Municipal de Contagem (HMC) tem profissionais especializados em gastroenterologista, neurologia clínica e neurocirurgia, cardiologia, ortopedia, cirurgias vascular, geral, plástica, torácica, cabeça e pescoço. Por mês são mais de 500 procedimentos.

São 46 leitos de clínica médica, 48 leitos de clínica cirúrgica e 30 leitos de CTI. Outros seis são voltados para a transição dos pacientes.

O Pronto Socorro do estabelecimento é porta de entrada para emergências do município e cidades ao redor. São 19 leitos de observação, 12 vagas rotativas da sala de decisão clínica e oito leitos do politraumatismo, além de três leitos da sala vermelha.

O HMC realiza consultas em algumas especialidade e exames laboratoriais, de colonoscopia, endoscopia , tomografia , raio X, ultrassom, duplexscan e outros.

Dois de julho é um dia para homenagear o estabelecimento e os profissionais que trabalham na área da saúde, como médicos, enfermeiros e toda a equipe multiprofissional.

Foto: Fábio Silva
Data: 02/07/2019

Prefeitura e Rotary Club discutem parceria em projeto de atendimento odontológico

Ideia é de articular atuação da prefeitura, de uma instituição de ensino em Odontologia e do Rotary para operacionalizar uma iniciativa que complemente os serviços de saúde bucal já ofertados no município

Na quinta-feira (13), o prefeito de Contagem, Alex de Freitas, e o secretário de Saúde do município, Cleber de Faria, reuniram-se com integrantes do Rotary Club para o início das conversas de formatação de um possível projeto para prestar atendimento odontológico gratuito à população, de forma a complementar a rede de saúde bucal já existente no município. A reunião ocorreu no gabinete do prefeito.

Em linhas gerais, a concepção do projeto envolve a participação do Rotary, com a cessão de gabinetes odontológicos, equipamentos compostos por cadeira odontológica e outros itens; de uma faculdade de odontologia, com a disponibilização de alunos prestes a se formar que prestam o atendimento à população, sob a supervisão de professores; e da prefeitura, com viabilização dos locais para o funcionamento dos gabinetes odontológicos.

Atualmente, a rede de Saúde Bucal do município dispõe de 38 Unidades Básicas de Saúde (UBS) com equipamentos de saúde bucal, nas quais atuam 48 equipes de Saúde Bucal (eSB). No âmbito da atenção básica, no atendimento individual, há o controle das principais doenças bucais, tais como cárie, doença periodontal (na gengiva) e câncer de boca, bem como cirurgias e atendimentos aos quadros de urgência. Já na atenção bucal especializada, a rede SUS/Contagem conta com os serviços do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e do Hospital Municipal José Lucas Filho (HMC).

O secretário municipal de Saúde Cleber de Faria destaca os próximos passos das negociações: “vamos marcar uma visita técnica para verificar as condições dos equipamentos, para sabermos que adaptações serão necessárias. A partir daí, teremos condições de estimar quantos gabinetes odontológicos seriam necessários, substituindo equipamentos antigos e acrescentando novos equipamentos em locais que possam recebê-los”.

O prefeito Alex de Freitas ressalta que a parceria com o Rotary é muito bem-vinda, tendo o potencial de contribuir para a melhoria das políticas públicas de saúde bucal já ofertadas pelo município: “O controle passa pelos aspectos definidos pela Secretaria de Saúde para melhorar, lá na ponta, o atendimento para a nossa população, seja substituindo equipamentos que já estão antigos ou sucateados na rede, seja criando novos pontos de atendimento, em parceria com uma faculdade e o Rotary. E com a participação do Rotary, a gente ganha mais um parceiro para ajudar a fiscalizar o funcionamento dos serviços e a coibir a politicagem. As políticas públicas devem sempre ser priorizadas”, deixa claro o prefeito.

O presidente da Comissão de Fundação do Rotary Club de Contagem, Aluisio Pêgo de Oliveira, explica que o projeto trabalha com a ideia de articulação entre teoria e prática odontológica e necessidades da população. “O projeto articula a atuação de executivo municipal, universidade e o Rotary para prestar atendimento odontológico gratuito”, detalha Aluisio.

 

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Cássio Matias

Data: 14/09/2018