Posts com a Tag ‘HMC’

Número de partos cresce 19,8% no Centro Materno-Infantil

Em novembro foi batido o recorde de nascimentos de bebês, reflexo das mudanças de gestão implantadas desde o início de 2017

De uma unidade de saúde que funcionava com apenas 30% de sua capacidade à melhor maternidade pública de Minas Gerais, em menos de um ano. Após mudanças na gestão para acabar com problemas estruturais, além de investimentos em recursos humanos, o Centro Materno-Infantil (CMI) Juventina Paula Jesus passou a funcionar com estrutura plena em 7 de agosto. De janeiro a novembro deste ano foram feitos 3.632 partos, 19,8% a mais que no mesmo período de 2016 (3.032).

Em novembro foi batido o recorde de partos no CMI desde janeiro de 2016: foram 368 procedimentos, superando os números expressivos registrados nos meses de setembro (352) e maio (342). O aumento da quantidade de procedimento é resultado de várias adequações feitas pela Secretaria Municipal de Saúde.

A enfermaria pediátrica, o CTI neonatal e a UCI/CTI pediátrica do Complexo Hospitalar de Contagem (CHC), que antes funcionavam nas instalações do Hospital Municipal José Lucas Filho (HMC), foram transferidos para o CMI. Salas de pré-parto, parto e puerpério (PPP) foram abertas e inaugurado o Pronto-Atendimento Infantil.

Além disso, a Casa de Apoio à Gestante e à Puérpera (Cagep) passou a funcionar em um local muito mais apropriado. Dessa forma, o CMI passou a funcionar com 100% de sua capacidade.

O prefeito de Contagem, Alex de Freitas, comemora o recorde de partos. “Cada pequeno contagense que nascer aqui será do tamanho dos seus sonhos. O futuro da nossa cidade nasce aqui”, afirmou. 

O secretário Municipal de Saúde, Bruno Diniz, ressalta que os números colocam a maternidade entre as principais do Estado.

Data: 28/12/2017

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Adelcio Barbosa

Gestão apresenta retrospectiva de 2017 no Complexo Hospitalar

Cerca de dois mil servidores participam de ação que apresenta um balanço do que foi feito e do que está previsto

O ano de 2017 foi um dos mais importantes na história do Complexo Hospitalar de Contagem (CHC), que abrange o Hospital Municipal José Lucas Filho (HMC) e  0 Centro Materno- Infantil (CMI) Juventina Paula de Jesus. 

Após cerca de quase R$ 6 milhões investidos no abastecimento e melhorias no parque tecnológico, reestruturações em processos e em escalas e a implementação de uma filosofia que busca humanizar ambientes, adequando-os à legislação e oferecendo mais conforto a pacientes e trabalhadores, os problemas do hospital estão sendo enfrentados e o CHC, que vivia uma situação de sucateamento em janeiro de 2017,  se encontra bem mais  reestrurado atualmente.

Para comemorar os bons índices, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), oferece, entre os dias 13 e 15 dezembro, um café para todos os servidores do complexo. O objetivo é apresentar uma retrospectiva de 2017 no complexo, fazendo uma exposição da situação encontrada pela atual gestão há 12 meses, do que foi feito desde então e do que está por vir.

Durante esses três dias,  cerca de dois mil servidores que trabalham no complexo,  entre eles médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem  e pessoal dos setores administrativos e da limpeza, efetivos e contratados, poderão participar da ação, que foi dividida em nove sessões, para que todos os funcionários, de todos os plantões e turnos do hospital, possam ser contemplados.

O prefeito de Contagem, Alex de Freitas, destaca que houve uma mudança significativa no complexo. “Encontramos uma maternidade com apenas 30% em funcionamento ,e o hospital estava com diversos problemas estruturais. Após menos de um ano de governo, conseguimos entregar um novo complexo hospitalar para os contagenses”.

O secretário de Saúde do município, Bruno Diniz, adianta que as boas novas não param: “Ainda em dezembro, entregaremos o novo Centro de Cirurgia e Traumatologia de Contagem. Com esse novo centro, o prefeito Alex de Freitas entrega cerca de 40% do HMC revitalizado somente no primeiro ano de governo”, disse. 

“Para que todas as melhorias ocorridas durante o ano fossem implantadas, a atuação e a colaboração de cada servidor foi fundamental. A atual gestão não teria conseguido avançar tanto, em tão pouco tempo, sem as contribuições de cada um”, ressaltou o superintendente do CHC, João Pedro Laurito Machado.

Conceição Maria da Cruz trabalha na limpeza do hospital há dois anos e vem acompanhando todas essas mudanças: “Houve uma melhora enorme”, afirma a servidora, contratada por uma empresa prestadora de serviços.

 O otorrinolaringologista e coordenador do Serviço de Otorrinolaringologia do HMC, Rodrigo Fantauzzi, há 11 anos atuando no hospital, frisa a importância da garantia de acesso aos serviços de saúde. “Estamos lidando com expectativas de pessoas que contam com a nossa atuação para a resolução dos problemas que chegam ao consultório, ao bloco cirúrgico. Contamos com a disponibilidade de todos os insumos e equipamentos necessários para resolver esses problemas, e é muito gratificante ver como a vida das pessoas pode melhorar graças a esse acesso”, explica o médico.

before

Ação ocorre durante três dias Mais  melhorias

Mais melhorias

Ao longo do ano, houve uma melhoria geral nos indicadores do hospital, como o aumento de cerca de 25% das internações hospitalares quando são comparados os anos de 2016 e 2017: de janeiro a outubro de 2016, 1.117 internações foram feitas; já em 2017, no mesmo período, 1.761 cidadãos com necessidade de internação e cirurgia de urgência/eletiva encaminhadas por Unidades de Pronto Atendimento (UPA) ou que estavam na fila de espera da Regulação puderam ser internados.

Foram feitos milhares de partos e de exames de média e alta complexidade, como tomografias, ressonâncias, ultrassons e endoscopias. Dez leitos de CTI que estavam interditados foram reabertos, e um novo prestador de análises laboratoriais foi contratado.

A enfermaria pediátrica, o CTI neonatal e a UCI/CTI pediátrica do complexo, que antes funcionavam nas instalações do HMC, foram transferidos para o CMI, que conta com ambiência mais preparada e humanizada para atender aos pequeninos. Salas de pré-parto, parto e puerpério (PPP) foram abertas e houve, ainda, a inauguração do Pronto Atendimento Infantil. Além disso, a Casa de Apoio à Gestante e à Puérpera (Cagep) passou a funcionar em um local muito mais apropriado. Dessa forma, o Centro Materno passou a funcionar com 100% de sua capacidade instalada, ante os 30% encontrados em janeiro deste ano.

A quantidade de leitos disponíveis em todo o complexo aumentou dos 199 encontrados no início do ano para os 360 atuais, e a meta é chegar a 408 em 2018.

O complexo hospitalar recebeu, ainda, obras de drenagem de água pluvial, melhorias no sistema de ar condicionado, subestação de tratamento de esgoto e no sistema de oxigênio, além de melhorias na limpeza e na alimentação dos pacientes.

 Data: 14/12/2017

Repórter: Carolina Brauer e Lucas Santos

Fotos: Adelcio Barbosa

Mais 60 leitos são entregues no Hospital Municipal de Contagem

O secretário de Saúde de Contagem, Bruno Diniz, acompanhou o vice-prefeito William Barreiro na visita técnica que marcou a entrega dos leitos. Assim o Complexo Hospitalar de Contagem (CHC) chega a 360 leitos, praticamente dobrando sua capacidade em relação ao início do ano, quando havia apenas 199 leitos. A meta é chegar a 400 leitos até janeiro de 2018.

Data: 05/12/2017

Fotos: Adelcio Barbosa

Mais sessenta leitos são abertos no Hospital Municipal

Complexo hospitalar saiu de 199 leitos para 360 em apenas 11 meses, meta é chegar a 400 em janeiro de 2018

 O vice-prefeito de Contagem, William Barreiro, representando o prefeito Alex de Freitas, entregou nesta terça-feira (21) 60 novos leitos de enfermaria no Hospital Municipal de Contagem. Com investimentos em torno de R$ 2 milhões, os novos leitos receberão pacientes que passaram por cirurgias. Essa entrega da  continuidade a um novo tempo para a saúde no município.  

O secretário de Saúde de Contagem, Bruno Diniz, acompanhou o vice-prefeito William Barreiro na visita técnica que marcou a entrega dos leitos. Assim o Complexo Hospitalar de Contagem (CHC) chega a 360 leitos, praticamente dobrando sua capacidade em relação ao início do ano, quando havia apenas 199 leitos. A meta é chegar a 400 leitos até janeiro de 2018.

Desde que assumiram o governo, Alex e William determinaram que a saúde seria uma das prioridades de governo, ao lado da educação e mobilidade. Essa é a primeira obra de reestruturação completa do Hospital Municipal de Contagem em 14 anos.  Com a entrega dos 60 leitos, 25% do hospital já foi revitalizado. Em dezembro, o percentual de reestruturação do hospital chegará a 40%, com a entrega do novo Centro de Cirurgia e Traumatologia de Contagem. 

O vice-prefeito de Contagem, William Barreiro, destacou os avanços da saúde em apenas 11 meses de governo. “Ao entrar no Hospital, me deparei com um cenário completamente diferente. Ao longo da minha carreira como vereador, visitava frequentemente o espaço, ele era um lugar desumano. Estamos fazendo um esforço para entregar um novo complexo para os Contagenses”, disse o vice.

O secretário de Saúde Bruno Diniz frisou que as mudanças vão além de novos leitos. O CHC passou por obras de drenagem de água pluvial, melhorias no sistema de ar condicionado, limpeza, alimentação dos pacientes, subestação de tratamento de esgoto e alimentação de oxigênio.

“O contagense encontrará um Complexo Hospitalar renovado após o mandato de Alex de Freitas e William Barreiro. É um marco para a cidade ter seu hospital sendo 100% revitalizado. Para isso, a saúde recebeu um aporte financeiro de R$ 40 milhões a mais em relação aos outros anos”, ressaltou Bruno Diniz.

Data: 22/11/2017

Repórter: Lucas Santos 

Fotos: Adelcio Barbosa

Comitiva visitou um dos 60 novos leitos que serão inaugurados no Hospital Municipal

O secretário de Saúde, Bruno Diniz, acompanhado do presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Contagem, vereador Wellington Ortopedista, visitou nesta quarta-feira (8), as obras do Hospital Municipal de Contagem (HMC). A previsão é que, ainda neste mês, mais 60 leitos estejam à disposição dos cidadãos contagenses.

A prefeitura de Contagem juntamente com a secretaria de Saúde investe na saúde para adequar os serviços aos usuários e oferecer um atendimento digno aos cidadãos.

Fotos: Adelcio Barbosa

Mais 60 leitos para atender cidadãos no Hospital Municipal

Inauguração dos novos espaços está prevista para o próximo dia 21 de novembro

O secretário Municipal de Saúde, Bruno Diniz, acompanhado do presidente da Comissão de Saúde da Câmara de Contagem, vereador Wellington Ortopedista, visitou nesta quarta-feira (8), as obras do Hospital Municipal de Contagem (HMC). Desde o início da gestão do prefeito Alex de Freitas, o hospital passa por obras de revitalização e reconstrução das alas. No dia 21 de novembro, (terça-feira), serão entregues mais 60 novos leitos no HMC. 

O secretário de Saúde, Bruno Diniz, ressaltou ainda que Contagem, até o fim do ano dobrará o número de leitos no hospital, passando de 199 para 400. “A nossa meta é chegar a 550 leitos até 2019”. Além de investimentos na estrutura, houve também o reforço no corpo clínico. “Combatemos o déficit de funcionários no HMC, contratamos profissionais para ampliar o atendimento”, explicou. 

Em apenas 10 meses, quase metade da estrutura do HMC recebeu ou ainda passa por alguma melhoria. Bruno Diniz destaca que já foram investidos mais de R$ 7 milhões em obras e R$ 8 milhões para aquisição de equipamentos. “Isso só foi possível devido a um grande esforço do prefeito Alex de Freitas, Secretaria de Saúde e Câmara. Alex de Freitas repassou R$ 40 milhões a mais para o orçamento da saúde”, concluiu o secretário.

O presidente da Comissão de Saúde, vereador Wellington Ortopedista, destacou os avanços e o empenho do governo do prefeito Alex de Freitas com a área da saúde. “Enquanto outras cidades têm dificuldade, fechando unidades de saúde, a Prefeitura de Contagem planeja a reforma de 100% do Hospital Municipal de Contagem”, disse. 

Data: 09/11/2017

Repórter: Lucas Santos

Foto: Adelcio Barbosa