Posts com a Tag ‘Combate as arboviroses’

Ação de combate à dengue é realizada na regional Sede

Trabalho é intensificado neste período

Para continuar com as ações de prevenção à dengue, a Prefeitura de Contagem colocou nas ruas , na quinta-feira (5), uma força-tarefa com objetivo de eliminar os focos de dengue na regional Sede e conscientizar seus moradores. Com cerca de 20 profissionais, a ação foi desencadeada devido ao período chuvoso que aumentou o número de casos de dengue na região. Nesse ano, no município, foram 319 casos de dengue notificados, 21 confirmados e 34 descartados.

Os agentes têm orientado a população sobre a limpeza das casas e dos terrenos e que tipos de materiais podem ser descartados: aqueles que acumulam água e servem de criadouro para o mosquito. Além disso, os agentes estão entregando materiais aos moradores com instruções sobre como agir durante e após a passagem da força-tarefa.

A supervisora geral do Distrito Sede, Imaculada da Conceição, explicou que a ação será prolongada para que uma área maior da região seja beneficiada. “As equipes estão trabalhando muito para atender todos os moradores, passando as informações necessárias para que seja realizada a borrifação. A mesma será feita em quarteirões que foram notificados casos suspeitos e em áreas próximas”, concluiu.

O coordenador de borrifação de Contagem, Ricardo Nascimento, afirmou que o Ministério da Saúde dará o suporte necessário com os equipamentos, materiais, treinamentos e inseticidas. Conforme o Plano de Contingência, desenvolvido para a eliminação dos focos de dengue e cuidados com os pacientes que apresentam sintomas da doença, serão montadas, neste ano, as Unidades Sentinelas: espaços exclusivos para o acolhimento dos pacientes que servirão para agilizar o atendimento e promover conforto aos usuários.

 

Repórter: Tayna Oliveira

Foto: Fábio Silva

Data: 06/03/2020

Prefeitura realiza mutirão de limpeza em bairros da regional Vargem das Flores

O objetivo é eliminar focos do mosquito Aedes agypti

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e da Subsecretaria de Limpeza Urbana, inicia uma ação conjunta para combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Durante os dias 4 e 5 de março, caminhões da prefeitura passarão pelos bairros Ipê Amarelo, Vila Nova Esperança I, II e III e Estaleiro II, na regional Vargem das Flores, recolhendo objetos que possam servir como criadouro do mosquito. O movimento começou, nesta segunda-feira (2), com o trabalho de porta em porta para conscientização da população daquilo que pode ser separado e recolhido pelo mutirão.

Só devem deixar os resíduos na porta de casa, aqueles moradores que receberam a visita e as orientações dos agentes de endemias. Nos comunicados entregues pelos profissionais aos moradores constam a data e horário para o descarte. Os mutirões de limpezas serão realizados em alguns distritos levando em consideração dados do Levantamento de Índices Rápido para o Aedes agypti (LIRAa), ovitrampas e casos de dengue notificados.

 

Repórter: Tayna Oliveira

Foto: Divulgação

Data: 02/03/2020

Peça teatral conscientiza a população sobre o combate às arboviroses

Peça teatral conscientiza a população sobre a importância do combate às arboviroses

As artistas são agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Contagem que desenvolvem ações de educação e saúde

As unidades de pronto atendimento (UPA) de Contagem já estão se preparando para a época do ano que requer mais atenção na área da saúde para os casos de arboviroses (Dengue, Febre Amarela, Zika e Chikungunya). Com objetivo de conscientizar a população sobre os riscos das arboviroses e outras pragas urbanas e quais as formas de preveni-las, iniciou-se na quinta-feira (9), no Complexo Hospitalar, a intervenção teatral “Dona Maria e a Bicharada”.

A peça idealizada pelo “Grupo de Teatro Agente em Cena” será exibida sempre nas segundas-feiras.  Já nas terças e quintas-feiras, a equipe fará outras dinâmicas com o público e distribuirá folder informativo.  As apresentações acontecerão sempre em dois horários, pela manhã e à tarde, nas recepções do Pronto Atendimento Pediátrico, do Pronto Atendimento Obstétrico e no Hospital Municipal de Contagem (HMC).

As artistas são agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Contagem que desenvolvem ações de educação e saúde. Para atrair a atenção do público, elas aparecem caracterizadas de mosquito, cachorro, ratazana e escorpião, e cantam e interagem com o público.

Além da ação com os cidadãos, gestores do Complexo Hospitalar de Contagem, das UPA’s e da Secretaria de Saúde que fazem parte do Comitê de Arboviroses estão se reunindo quinzenalmente e alinhando diretrizes para o atendimento nas unidades de saúde no município.
“Já fizemos estudos de algumas situações e estamos acompanhando e monitorando os casos que já estão surgindo para implantarmos algumas mudanças no atendimento de acordo com os cenários que podem aparecer durante o surto das arboviroses, como aumento de profissionais, tenda de hidratação, entre outras assistências”, esclarece a gerente assistencial Renata Mourão.

Valdermar da Silva Barbosa, 68 anos, que fez uma consulta no HMC, curtiu o teatro enquanto aguardava para ser chamado. Segundo ele, ainda há muitas pessoas que não fazem sua parte para manter a casa limpa e livre da dengue, com isso todos sofrem com os sintomas.
A intervenção teatral acontecerá até dia 27 de fevereiro no Complexo Hospitalar de Contagem e depois será realizada nas UPA’s de Contagem.
Serviço:

Campanha de conscientização sobre as arboviroses – intervenção teatral nos pronto atendimentos do Complexo Hospitalar de Contagem (CHC)

Data e horário: 09 de janeiro a 27 de fevereiro – segundas, terças e quintas-feiras
Endereço: Av. João César de Oliveira, n° 4495 – Eldorado
Horário: 10h e 14h

 

Texto e Foto: Bruna Alves

Data: 13/01/2020

Agente em Cena promove mais uma ação social em restaurante popular, dessa vez no Ressaca

O grupo de teatro, da Secretaria de Saúde, Agente em Cena, promoveu nesta quinta-feira (16), mais uma ação de conscientização contra as arboviroses. Dessa vez o local escolhido foi o Restaurante Popular do Ressaca, que atende em média 1.100 pessoas diariamente.

Moradora do Jardim Industrial, Neusa Ribeiro aprovou a iniciativa da Secretaria de Saúde e do restaurante em promover esse tipo de mobilização. “Nós precisamos disso mesmo todos os dias. As pessoas não têm consciência dessa epidemia, da gravidade que é a dengue. Então todo mundo tem que ter consciência disso, por isso esse trabalho delas é tão importante.”

Com o bloco do AEDES, a equipe de agentes comunitários de saúde apresentaram uma música com coreografia que reitera a importância de todos estarem ligados sobre essa questão da dengue e a importância de tentar acabar com o mosquito. “Se todos tirarmos dez minutos para fazermos um pente fino para não deixar água parada em lugar nenhum, retirar entulho para evitar os roedores e fazer nossa parte, vamos impedir a proliferação desse mosquito que nos faz tanto mal”, diz a agente de saúde, Patrícia Soares.

Para a administradora do Restaurante Popular do Ressaca, Elza Ferreira, esse tipo de mobilização social na região é muito significativo, já que por meio de muitos usuários fica  sabendo de casos de freqüentadores do restaurante que pegaram algum tipo de arbovirose. “Graças ao fluxo de pessoas que vêem ao restaurante diariamente, esse tipo de ação social faz com que as pessoas tenham mais consciência do que estamos enfrentando”, completou.

 

Repórter: Milla Silva (sob a supervisão de Lucas Santos)

Foto: Adélcio Ramos Barbosa

Data: 17/05/2019

Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe entra na reta final

Prazo para se vacinar termina no dia 31 de maio

Faltando 15 dias para o fim da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, Contagem convoca a população que se enquadra no público-alvo para se vacinar. Segundo levantamento da Central de Imunização da Secretaria de Saúde, o município chegou a 57,41% do público-alvo vacinado, cerca de 80 mil pessoas. A meta é atingir 90% do grupo prioritário.

No município, 165.570 pessoas estão dentro dos grupos que podem receber a vacina. Além das pessoas com 60 anos ou mais, podem se vacinar crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores, povos indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Para o gerente de Imunização, Davi Siqueira, o principal fator que impediu Contagem de já ter atingido a meta é a dengue. “A epidemia de dengue que toma conta do estado leva as pessoas que contraíram a doença a não se vacinar”.

Segundo a diretora de Imunização da Secretaria Saúde, Fernanda Eliza, cerca de 50 Unidades de Saúde, nas oito regionais, estão preparadas para atender a população. O horário de atendimento nas salas de vacinação é de 7h30 às 16h30. “Quem for se vacinar deve levar o cartão de vacina e um documento com foto”, avisa.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Geraldo Tadeu 

Data: 16/05/2019

Agente em Cena faz apresentação no Restaurante Popular do Eldorado

Objetivo foi mostrar que o combate ao Aedes aegypti é responsabilidade de todos, não apenas do poder público

O grupo de teatro Agente em Cena fez, na sexta-feira (10), uma ação de mobilização social no Restaurante Popular do Eldorado para conscientizar a população sobre o perigo das arboviroses. O objetivo foi mostrar que o combate ao Aedes aegypti é responsabilidade de todos, não apenas do poder público.

Moradora de Nova Contagem, Rira Lerbachi se disse surpresa e feliz por saber sobre esse trabalho realizado pelas agentes de saúde e combate às endemias. “Eu achei legal. Venho sempre aqui, mas nunca tinha visto. Achei muito bom. Desperta a gente para o que é a dengue. Tem pessoas que precisam ouvir, precisam desse puxão de orelha”, comentou.

Morador do bairro Coração Eucarístico, em Belo Horizonte, Mateus Pinto Guedes vem muito a Contagem, cidade pela qual tem um carinho especial, e estava bastante satisfeito pelo que presenciou no Restaurante Popular do Eldorado. “Vocês estão de parabéns. Deus abençoe para que o trabalho delas possa ir o mais longe possível. O pessoal tem um lote vago, tem um imóvel fechado e não tem interesse de fazer nada e nem concorda em deixar outras pessoas fazerem algo, e, com esse interesse de vocês em realizar esse trabalho, eles vão ouvir e ajudar também”, afirmou.

Agente de saúde que faz parte da equipe do teatro, Jaqueline Anastácia explicou que o Agente em Cena apresentou o Bloco do Aedes, que parte de uma mobilização social para chamar a atenção das pessoas para a importância de se evitar a proliferação do mosquito. “Cantamos músicas, fizemos coreografia que desperta para todos que a dengue é uma doença grave, que o Aedes aegypti é perigoso e que as arboviroses matam. Então estamos despertando a todos para isso”, disse.

Segundo o administrador do restaurante, Maurício Steiner Júnior, “o restaurante popular é um dos instrumentos da Prefeitura que mais recebe a população diariamente. Então esse tipo de ação é importante pela proximidade que temos com as pessoas aqui”, avaliou. Cerca de 1.800 pessoas passam no local diariamente.

Agente em Cena

Criado há cerca de 14 anos, para promover a educação em saúde, a partir de uma iniciativa de Agentes de Combate às Endemias (ACEs), juntamente com o programa de Educação e Saúde do município, o grupo acabou se desarticulando em 2015. Suas atividades foram retomadas em abril de 2017, na atual gestão. De lá para cá, o Agente em Cena já contabiliza mais de 700 apresentações em locais como escolas públicas e particulares, faculdades, conferências de Saúde, reuniões de bairro e Unidades Básicas de Saúde (UBS).

 

Repórter: Milla Silva (sob orientação de Lucas Santos)

Foto: Adelcio Ramos 

Data: 13/05/2019

Contagem apresenta as principais ações no combate às arboviroses

Secretaria de Saúde vem atuando em diversas frentes para enfrentar doenças como dengue, zika e chikungunya

Desde o início do ano, o Brasil passa por uma grave epidemia de arboviroses. E nesses momentos de crise surgem diversas “fake news” que são compartilhadas para confundir a população. Com o intuito de combater essas notícias falsas, o secretário de Saúde, Cleber de Faria Silva, promoveu um encontro na Prefeitura de Contagem, na sexta-feira (3).

Moradores, servidores e formadores de opinião participaram do evento, que teve como intuito também mostrar as ações realizadas pelo município no combate e tratamento das arboviroses. Segundo o último levantamento da Secretaria de Saúde, divulgado em 29 de abril, foram confirmados 1.559 casos de dengue em Contagem. O levantamento é realizado semanalmente.

Presente no encontro, o prefeito de Contagem, Alex de Freitas, destacou a importância da ação: “É fundamental a união de todos no combate à dengue, e a informação correta é a principal arma contra a doença”.

Desde o segundo semestre de 2018, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Saúde, promove ações de prevenção à proliferação do Aedes aegypti. “Além de ações preventivas junto aos moradores, já vínhamos nos preparando para uma possível epidemia das arboviroses”, destacou Cleber de Faria Silva.

Ações de tratamento das arboviroses

Desde abril, passou a funcionar na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) JK um Posto Emergencial de Atendimento. A tenda, montada no estacionamento da unidade, serve como extensão de atendimento aos pacientes com suspeita de dengue. O espaço tem capacidade para atender até 200 pessoas por dia. Além do Posto Emergencial de Atendimento, a Prefeitura instalou 31 Unidades Sentinelas (clique aqui para saber mais sobre as Unidades Sentinelas).

As Unidades Sentinelas são novidade no município e reforçam o atendimento de casos de suspeita de dengue, que também são feitos em 74 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e cinco UPAs da cidade.

Ações de combate ao Aedes aegypti

Uma das ações de prevenção é a colocação de armadilhas em pontos estratégicos para a contagem de ovos do mosquito, as chamadas “ovitrampas”. Atualmente, há 517 ovitrampas espalhadas pela cidade. O agente faz a coleta da amostragem e, com base nesses dados, a Secretaria de Saúde promove ações específicas para o combate ao mosquito na região.

Agentes de Combate às Endemias fazem visitas domiciliares nos imóveis, em ciclos bimestrais. São mais de 250 agentes visitando e orientando a população quanto à correta destinação do lixo.

Além disso, a equipe de mobilização social da Subsecretaria de Limpeza Urbana, em parceria com os agentes da Zoonoses, orientam moradores sobre o mutirão de faxinação que é realizado nas oito regionais de Contagem.

Confira abaixo os endereços das Unidades Sentinelas:

REGIONAL INDUSTRIAL

– UBS Vila São Paulo: rua Senador Lucio Bittencourt, 423, Vila São Paulo
– UBS João Evangelista: rua Coronel Vicente Ferreira Carneiro, 625, Industrial
– UBS Amazonas: rua Marquês do Paraná, 111, Amazonas
– UBS Amazonas I: rua José Antunes, 58, Amazonas
– UBS Jardim Industrial: rua Henrique Zikler, 97, Jardim Industrial
– UBS Bandeirantes: rua Oito, 20, Bandeirantes

REGIONAL ELDORADO

– UBS Água Branca: avenida Seis, 320, Conjunto Água Branca
– UBS CSU Eldorado: rua Portugal, 50, Eldorado
– UBS Parque São João: rua Sete, 54, Parque São João

REGIONAL NACIONAL

– UBS Joaquim Murtinho: rua Lúcia Muniz (esquina de 1º de Maio), 476, Nacional
– UBS Nacional: rua Benjamim Constant, 701, Nacional
– UBS Estrela Dalva: rua Búzios, 56, Estrela Dalva
– UBS Ilda Efigênia: rua das Paineiras, 20, Novo Recanto
– UBS Amendoeiras: rua Seis, 52, Vale das Amendoeiras

REGIONAL PETROLÂNDIA

– UBS Petrolândia: rua Refinaria Duque de Caxias 297, Petrolândia
– UBS Sapucaias: rua Amazonitas, 230, Sapucaias

REGIONAL RESSACA

– UBS São Joaquim: rua Rubi, 83, São Joaquim
– UBS Vila Pérola: rua Campina Verde, 18, Vila Pérola
– UBS Morada Nova: rua José Mendes Ferreira, 102, Morada Nova
– UBS Jardim Laguna: rua Bragança, 872, Jardim Laguna
– UBS Colorado: R. Igor, s/n – Colorado.

REGIONAL SEDE

– UBS CAD: rua Bernardo Monteiro, 135, Centro
– UBS Bernardo Monteiro: rua Wilson José Bicalho, 40, Bernardo Monteiro
– UBS Maria da Conceição: rua Pará de Minas, s/n, Maria da Conceição
– UBS Praia: rua do Registro, 1.676, Praia

REGIONAL VARGEM DAS FLORES

– UBS Ipê Amarelo: rua Jequitibás, 10, Ipê Amarelo
– UBS São Judas: rua VL 7, s/n, Nova Contagem
– UBS Icaivera: R. Sycaba, nº 10 – Icaivera,
– UBS Estaleiro: R. Vl | 37, 336 – Nova Contagem

REGIONAL RIACHO

– UBS Novo Riacho: rua Rio Orenoco, 457, Riacho das Pedras
– UBS Flamengo: rua Monsenhor Messias, 456, Flamengo

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Elaine Castro

Data: 06/05/2019

Carro fumacê contra o mosquito da dengue começa a circular no sábado, 16

Bairros Petrolândia, São Luiz, Tropical e Sapucaias serão percorridos para receber aplicação de inseticida contra o mosquito

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), vem empreendendo uma série de ações para prevenir dengue, zika, chikungunya e febre amarela e combater o mosquito Aedes, transmissor dessas doenças, conhecidas como arboviroses.

Uma dessas ações é a aplicação espacial a Ultra Baixo Volume, o popular carro do “fumacê”, que, a partir de sábado, 16/03, e domingo, 17/03, começa o primeiro de quatro ciclos de aplicação de inseticida nos seguintes bairros: Petrolândia, São Luiz, Tropical e Sapucaias.

Sempre antes de o veículo do fumacê passar, um carro de som percorre a área a ser borrifada para avisar que o fumacê vai passar ou na manhã seguinte (se o carro de som circular à tarde/noite) ou à tarde (se o carro de som circular de manhã).

Nesta ação, um veículo, equipado com uma bomba pulverizadora de veneno, vai percorrer as vias dessas regiões para borrifar as gotículas de um líquido composto por pequenas quantidades de um inseticida capaz de eliminar os mosquitos que estiverem voando no local no momento da aplicação. De três em três dias, o carro fumacê vai percorrer as mesmas áreas para borrifar veneno contra o mosquito.

O fumacê, que segue as diretrizes do Ministério da Saúde (MS), tem como função específica eliminar as fêmeas do mosquito Aedes aegypti e deve ser utilizado somente para bloqueio de transmissão e para controle de surtos ou epidemias.

De acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES), de 1º de janeiro a 11 de março de 2019, Contagem já registra 311 casos confirmados de dengue.

O diretor de Vigilância e Controle de Zoonoses da SMS, o médico veterinário José Renato de Rezende Costa, reforça que essa ação ocorre ao mesmo tempo em que seguem as demais ações de controle do mosquito do município, como as ações de controle focal, por meio da realização de visitas domiciliares em 100% dos imóveis da cidade, durante ciclos bimestrais, seis vezes ao ano. No ano passado, mais de 700 mil visitas domiciliares foram realizadas por equipes da SMS para tratamento focal.

“O bloqueio de transmissão das arboviroses com fumacê não tem efeito residual e só mata o mosquito que estiver voando no momento da aplicação do inseticida. Então, todos precisam seguir fazendo a sua parte, não deixando que recipientes acumulem água e se tornem criatórios do mosquito”, ressalta José Renato Costa.

A Secretaria de Saúde também realiza pesquisas entomológicas através do Levantamento de Índices Rápido para o Aedes agypti (LIRAa) e da colocação, em pontos estratégicos, de armadilhas de ovoposição para contagem de ovos do vetor chamadas “Ovitrampas”. Atualmente, há 517 Ovitrampas espalhadas pelo município.

Há também os mutirões de limpeza, chamados de “Faxinação”, que ao longo do ano de 2018 recolheram nas áreas mais críticas da cidade aproximadamente 172 mil quilos (172 toneladas) de entulho e outros objetos que podem se tornar focos do Aedes.

A rede assistencial em saúde do município também está preparada para reconhecer os sintomas relacionados às arboviroses. Médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem da rede SUS/Contagem estão sendo capacitados para lidar com as sintomatologias das arboviroses e realizar os procedimentos e encaminhamentos necessários para tratamento, como a realização de exames de sorologia, hemograma e hidratação oral e venosa, quando necessário.

Além disso, o município estruturou 30 Unidades Básicas de Saúde (UBS) para serem referência no atendimento a pessoas com suspeita de arboviroses, as chamadas Unidades Sentinela (clique AQUI para ver os endereços dessas UBSs).

Já no trabalho de prevenção, os mais de 250 Agentes de Combate às Endemias (ACE) do município realizam visitas e orientam as comunidades quanto à correta destinação do lixo e dos chamados inservíveis, recipientes artificiais descartados indiscriminadamente e/ou que podem acumular água, como pneus, latas, vidros, garrafas, vasos de flores e seus pratinhos, caixas d’água descobertas, cisternas, piscinas e até tampinhas de garrafa e bebedouros de animais.

Clique AQUI e saiba mais sobre o trabalho de prevenção e combate das arboviroses da prefeitura

 

Repórter: Carolina Brauer 

Foto: Jefferson Lorentz

Data: 14/03/2019

Saúde realiza blitz contra o Aedes na região central de Contagem

Na ação, as agentes distribuíram panfletos e deram dicas de como combater o mosquito

As ações de combate às arboviroses (zika, dengue, chikungunya e febre amarela) continuam por toda Contagem. Nessa terça-feira (26), a Secretaria Municipal de Saúde realizou uma blitz contra o Aedes na regional Sede. A ação foi promovida pelo Distrito de Saúde em parceria com o grupo teatral Agente em Cena.

As agentes distribuíram panfletos e deram dicas de como combater o mosquito. A coordenadora do Agente em Cena, Rúbia Mageste, disse que ações como essa visam convocar a população para a luta contra as arboviroses. “Nosso intuito é mostrar que o combate ao Aedes aegypti é dever de todos. O empenho dos moradores para acabar com os focos em suas casas é imprescindível nessa luta”, destaca Rúbia Mageste.

Agente em Cena: mais de 31 mil espectadores

Criado há cerca de 14 anos, a partir de uma iniciativa de Agentes de Combate às Endemias (ACEs), juntamente com o programa de Educação e Saúde do município, o grupo acabou se desarticulando em 2015, tendo suas atividades retomadas em abril de 2017, na atual gestão.

De lá para cá, o Agente em Cena já contabiliza mais de 680 apresentações em locais como escolas públicas e particulares, faculdades, conferências de saúde, reuniões de bairro e Unidades Básicas de Saúde (UBS), com mais de 31 mil espectadores.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Silva 

Data: 26/02/2019

Contagem capacita profissionais das UPAs sobre arboviroses

Objetivo é o de capacitar médicos, enfermeiros e referências técnicas para tratamento de acometidos pelas arboviroses

Com as pancadas de chuva e as altas temperaturas, a população deve redobrar a atenção no combate às arboviroses (zika, dengue, chikungunya e febre amarela). A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, faz sua parte, tanto na prevenção quanto no tratamento.

Na quinta-feira (21), a Superintendência de Vigilância em Saúde promoveu a Capacitação sobre Arboviroses – Manejo Clínico do Paciente Adulto. A ação tem como objetivo capacitar médicos, enfermeiros e referências técnicas das Unidades Pronto-Atendimentos (UPAs) para o acolhimento e tratamento de usuários acometidos pelas arboviroses.

A capacitação, realizada no auditório do SEST/SENAT, contou com a palestra da médica infectologista da Secretaria de Saúde Tania Marcial. Referência em infectologia em Minas Gerais, Tania Marcial destacou o objetivo da capacitação: “O intuito do encontro é capacitar multiplicadores. Os participantes levarão o aprendizado para as UPAs e difundirão as práticas para o manejo de pacientes com arboviroses”.

 

Repórter: Lucas Santos

Foto: Fábio Silva

Data: 22/02/2019