Posts com a Tag ‘Capacitação’

Qualificação para enfrentar a leishmaniose

Agentes comunitários de saúde e de combate às endemias do distrito Nacional participaram de capacitação sobre a doença

Nas pequenas, médias e grandes cidades, é bastante comum cruzar com animais de rua. Contagem não foge à regra, e a estimativa é que existam aproximadamente 85 mil cães e gatos no município, muitos deles em situação de rua e vulnerabilidade. Além de correrem riscos e privações diversas, como fome, problemas de saúde e maus tratos, esses animais podem transmitir infecções ao ser humano, como a leishmaniose. Lidar com essa doença, de difícil controle e tratamento demorado, inclui a adoção de ações integradas do poder público e a disseminação da cultura da guarda responsável junto à sociedade.

Em Contagem, a atual gestão vem implantando uma política pública ética de controle populacional de cães e gatos, a guarda responsável e a prevenção de zoonoses, na perspectiva do conceito de saúde única, firmando-se, aos poucos, como uma referência na área.

before

Cães e gatos perambulam pelas ruas em situação de vulnerabilidade

 Como parte do enfrentamento à doença, a Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promoveu hoje, terça-feira (5), uma capacitação voltada a Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) do distrito sanitário Nacional. Ao todo, mais de 50 pessoas participaram de uma conversa com a médica veterinária Taiza Gonçalves, do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Na oportunidade, os agentes puderam aprender mais sobre o ciclo de transmissão da doença, sobre as medidas de prevenção e, principalmente, sobre a importância que têm no sentido de levar aos tutores dos animais as informações e orientações necessárias.

“No meio urbano, o cachorro é considerado o principal reservatório da leishmaniose, mas quem a transmite é o mosquito Palha, que é o vetor do protozoário que provoca a doença”, ressaltou a médica veterinária. “Para o controle da doença, não basta recolher e eutanasiar os cães que apresentam resultado positivo e borrifar inseticida no ambiente. Precisamos de controle integrado, o que inclui a disseminação e adoção da guarda responsável por parte dos tutores (também conhecidos como proprietários) dos animais. E os agentes de saúde têm papel fundamental na promoção da guarda responsável”, frisou Taiza Gonçalves. 

Em 2016, no município, 4160 cães foram submetidos a exame de leishmaniose e, desses, 760 apresentaram resultados positivos para a doença.

Capacitação Protocolo de Raiva

Saúde de Contagem investe na capacitação dos servidores, visando melhorias no atendimento aos usuários SUS Contagem

Acontece na noite desta quinta feira (26), um curso de capacitação destinado aos médicos, enfermeiros e residentes das Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e de todo o Complexo Hospitalar de Contagem (CHC) 

A capacitação faz parte do Programa Educação Permanente em Saúde (PEPS) por iniciativa do Ministério da Saúde (MS) e tem por objetivo produzir conhecimento no cotidiano das instituições de saúde públicas, partindo da realidade vivida pelos próprios envolvidos, tendo os problemas e as experiências da realidade vivida por eles no dia-a-dia.

Toda as experiências sevem de base para a formulação de estratégias que visem promover  transformações nas práticas do trabalho com base em reflexões críticas. Um momento de interação entre educandos e educadores com uma aprendizagem significativa, buscando responder as perguntas que pertencem ao universo de vivências de quem aprende e ensina ao mesmo tempo em que constrói um futuro mais próspero para a saúde pública do município.

A capacitação conta com o apoio da Central de Imunização de Contagem, a diretora Fernanda Elisa 
Palestrante: Dr. José Geraldo Leite Ribeiro
(Pediatra, Epidemiologista, Mestre em Medicina Tropical, Professor da FASEH)

Data: 26/10/2017 – Quinta-feira

Horário: 19 horas

Local: Auditório do Complexo Hospitalar

INSCRIÇÃO PELO LINK ABAIXO:​

https://goo.gl/forms/ORkVt8PcBp831fnK2