Posts com a Tag ‘Arboviroses’

Regional Petrolândia recebe ação de conscientização do Novembro Azul

Blitz educativa levou informação sobra a importância da prevenção ao câncer de próstata

Contagem encerrou nessa quinta-feira (30), com a Blitz Novembro Azul, as ações voltadas para o mês de conscientização e prevenção ao câncer de próstata. A ação, ocorrida na região do Petrolândia, foi uma promoção da Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria da Saúde. Foram entregues panfletos e outros materiais informativos sobre a importância da prevenção à doença.

Novembro Azul   é uma campanha de conscientização feita por diversas entidades, ao longo do mês que batiza a campanha, com foco na saúde do homem. Geraldo de Sá, 75 anos, morador do bairro Tropical, ressaltou a importância da ação. “Temos que cuidar da nossa saúde. Só com a saúde em dia é que poderemos cuidar do resto”, concluiu. 

O diretor do Distrito Sanitário, da Regional Petrolândia, Marcílio Miranda, destacou a necessidade de conscientização por meio de campanhas. “O homem sempre é mais descuidado com a saúde. Temos o dever de nos cuidar. A ação de hoje não conscientiza sobre o câncer de próstata, mas sobre a saúde do homem em geral”, disse.   

Apesar do encerramento oficial do Novembro Azul, o secretário de Saúde, Bruno Diniz, lembrou que é um ação que tem que ser feita durante todo o ano. “Assim como a prevenção ao câncer de mama, os cuidados com o câncer de próstata têm que ser feitos regularmente. São ações contínuas, tanto o homem quanto a mulher têm que ter o cuidado com o corpo, não apenas nos períodos de conscientização”, completou. 

before

Polícia Militar e Transcon foram parceiros na ação

Parcerias 

A Blitz Novembro Azul foi uma ação intersetorial que contou, além da parceria com a Polícia Militar, com  a participação da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes de Contagem (Transcon) e Regional Petrolândia.

“Entregamos kits sobre a importância da limpeza, e dicas sobre como manter os lugares limpos para evitar a proliferação do mosquito que transmite a dengue, Zika e chikungunya”, destacou o diretor de Mobilização da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, Geraldo Diniz.

 

 

Data:30/11/2017

Repórter: Lucas Santos

 Fotos: Adelcio Barbosa

FaxinAção

 Centro de Controle de Zoonoses no combate ao foco do mosquito causador da dengue, zika e febre chikungunya

Lançada no mês de janeiro, a “FaxinAção” realiza no município de Contagem, ações de enfrentamento à dengue, zika e febre chikungunya, doenças conhecidas como arboviroses. A ações da “FaxinAção” fazem parte do Pacto pela Paz, um programa idealizado pela Secretaria Municipal de Defesa Social.

Ao longo dos dez primeiros meses do ano foram programadas visitas nos imóveis de todo o município, vistorias domiciliares e distribuição de material educativo de combate ao mosquito, além do recolhimento de objetos e entulhos que podem ser focos dos Aedes aegypti.

A “FaxinAção” recolheu até o final do primeiro semestre cerca de 500 toneladas de lixo que poderiam se tornar reservatórios para o mosquito, destaca o assessor técnico da vigilância em saúde, José Renato de Rezende. As ações do projeto passam nesse momento por reformulação, enquanto aguarda o resultado do Levantamento Rápido do Índice de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa),

Ações movimentam o município e reforçam o apoio da secretaria de Saúde no combate às arboviroses.

O  LIRAa é uma metodologia que ajuda a realizar um levantamento dos locais com altos índices de infestação do mosquito Aedes aegypti e, consequentemente, alerta sobre os possíveis pontos de epidemia da doença.

O objetivo do levantamento é identificar as áreas da cidade onde mais ocorrem focos do mosquito e os criadouros. Essas informações possibilitam a intensificação das ações de combate à dengue nos locais com maior presença do mosquito Aedes aegypti, como mutirões, vistorias mais detalhadas, entre outras medidas que podem ser direcionadas para áreas de maior risco com a ajuda do LIRAa.

 

 

 

Data: 19/10/2017

Repórter: Simone Ribeiro (sob a supervisão de Aida Matos)

Não deixe carro abandonado virar foco do Aedes aegypti

Ligue para a Transcon e denuncie, para que o automóvel possa ser recolhido

Veículos que não tem condições de tráfegar e são abandonados em vias públicas geram vários transtornos. Podem, por exemplo, se transformar em focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika virus e febre chikungunya. Também podem prejudicar o fluxo e até aumentar o risco de acidentes no local onde foram deixados.

Para evitar esses problemas, a Prefeitura de Contagem, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (Transcon), faz o recolhimento de carros abandonados após denúncias recebidas pelo telefone (31) 3398-8565. Uma viatura da Transcon vai à via apontada pelo denunciante para verificar a situação do automóvel.

São caracterizados veículos abandonados os encontrados abertos, sem vidros, com acúmulo de lixo no interior e em avançado estado de depredação. Se o proprietário for localizado, ele terá cinco dias úteis para remover o carro do local.

before

Acúmulo de água em partes dos automóveis aumenta risco de disseminação da dengue

Caso contrário, o automóvel será levado para o pátio da Transcon, de onde poderá ser retirado após o pagamento da taxa de remoção e estadia. Após publicada uma nota no Diário Oficial de Contagem (DOC), o carro poderá ficar até 60 dias no pátio. Passado esse prazo, será levado a leilão. 

“O acúmulo de lixo e água nos veículos pode provocar doenças aos cidadãos. Por isso, precisamos retirar esses automóveis das ruas. Outro fator preocupante são os usuários de drogas, que usam esses carros como pontos para consumo”, destaca o chefe da Divisão de Operações de Trânsito da Transcon, Thiago Silva.

Data: 19/10/2017

Repórter: Sarah Mansur ( Sob a supervisão de Ernesto Braga)

Fotos: Geraldo Tadeu