Representantes de Contagem participam da 16ª Conferência Nacional de Saúde

A plenária da conferência aprovou proposições de fortalecimento das estruturas das Unidades de Vigilância de Zoonoses e de incorporação do conceito “Saúde Única” nas diretrizes do SUS e nas ações de Vigilância em Saúde e Atenção Básica

Contagem contou com representantes no maior evento de participação social do país, a 16ª Conferência Nacional de Saúde. A conferência, promovida em Brasília entre os dias 4 e 7, reuniu mais de quatro mil pessoas para traçar, de forma democrática, as diretrizes para as políticas públicas de saúde no país.

Entre os representantes de Contagem, participou do evento o superintendente de Vigilância em Saúde e médico veterinário, José Renato Costa. Ele fez parte da comitiva do Conselho Federal de Medicina Veterinária. “Além de veterinário sou servidor de Contagem, então, as nossas lutas no conselho vão de encontro ao que luto na saúde do município”.

Segundo José Renato, o Conselho de Veterinária apresentou duas moções, sendo uma delas relacionadas às Unidades de Vigilância de Zoonoses, e outra relacionada à Saúde Única. Juntas, conseguiram 900 assinaturas. Com 95,7% dos votos, a plenária aprovou a moção de fortalecimento das estruturas das Unidades de Vigilância de Zoonoses, consideradas bases operacionais estratégicas para o controle de doenças como dengue, zyka, chikungunya, raiva, entre outras.

A moção da Saúde Única foi aprovada por 85,5% dos membros da conferência. A moção solicita a incorporação do conceito “Saúde Única” nas diretrizes do SUS e nas ações de Vigilância em Saúde e Atenção Básica. O objetivo é promover a integração da saúde humana, da saúde animal e da saúde ambiental, visando à prevenção de doenças.

A 16ª Conferência Nacional de Saúde

Com o tema “Democracia e Saúde”, a 16ª CNS é organizada pelo Conselho Nacional de Saúde e reúne participantes de todos os estados. Os conferencistas foram eleitos em mais de três mil etapas municipais, 27 estaduais e distrital, além de conferências livres.

As conferências de saúde acontecem a cada quatro anos, reunindo profissionais de saúde, gestores e usuários do SUS para traçarem as diretrizes e ações que deverão ser desenvolvidas pelo Ministério da Saúde, estados e municípios.

 

 

 

Repórter:  Lucas Santos

Foto: Divulgação

Data: 09/08/2019