Pronto Atendimento Infantil completa dois anos com mais de 90 mil crianças assistidas

A unidade funciona 24 horas. São três consultórios médicos, um consultório para triagem, uma sala de medicação e uma sala equipada para atendimento de paciente crítico e enfermaria de observação com 10 leitos

O Pronto Atendimento (PA) do Centro Materno Infantil (CMI) Juventina Paula de Jesus de Contagem completou, em agosto de 2019, dois anos de funcionamento. Referência no atendimento de urgência e emergência para as crianças até 12 anos, a unidade é porta aberta para a população infantil do município e algumas cidades ao redor. Desde sua inauguração foram mais 90 mil crianças assistidas no local.

“Seguimos os princípios do SUS: universalidade, equidade e integralidade buscando garantir a melhor assistência para as crianças que demandam cuidados com a saúde”, enalteceu o coordenador de enfermagem do Pronto Atendimento, Davidson Coelho Jácome. Do início do ano até julho de 2019, o local fez mais de 28 mil atendimentos. Nos meses de março, abril e maio de 2019, período em que estado viveu a epidemia da dengue e doenças respiratórias, ao mesmo tempo, a média diária foi de 180 crianças atendidas por dia no local.

O PA Pediátrico segue o protocolo de Manchester para a triagem que é o primeiro atendimento realizado na unidade por uma equipe de enfermagem. Os responsáveis pela classificação utilizam cinco cores, as quais simbolizam o estado de saúde de acordo com a gravidade do caso. “Essa ferramenta assegura a atenção médica de acordo com a necessidade da criança e dando aqueles que precisam de cuidados de urgência e emergência uma assistência adequada e rápida,” completou Davidson Jácome.

 A unidade localizada no bairro Cinco, Regional Eldorado, tem funcionamento 24 horas. São três consultórios médicos, um consultório para triagem, uma sala de medicação com seis poltronas para que a criança inicie o tratamento e realize exames como RX e laboratorial. No local, também há uma sala equipada para atendimento de paciente crítico e enfermaria de observação com 10 leitos.

A enfermeira Ana Flávia Palmeira Braga, a primeira gerente do PA Pediátrico na inauguração em 2017, relembra que esta estrutura é totalmente diferente do setor de Pediatria que atendia dentro do Hospital Municipal de Contagem José Lucas Filho. “Naquela época contávamos com dois leitos, uma unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e uma equipe reduzida. Abrir o Pronto Atendimento foi um desafio para nós, mas também um retorno necessário aos pais que buscavam ajuda para seus filhos aqui,” contou Ana Flávia Braga.

Há dois anos atuando como pediatra no Pronto Atendimento e com 25 anos de exercício da profissão no município, Olga Maria Marçal Amarante, comemora o importante papel que a unidade exerce para os moradores do município: “O cuidado com o público infantil é diferenciado, é preciso atenção redobrada. Além da estrutura ofertada aqui para o primeiro atendimento, é possível a integração para continuidade da assistência, seja na internação ou no CTI,” destacou.

Para a mãe de Gustavo, quatro anos, Kethen Faria, moradora do Jardim Riacho, ter um local específico para os cuidados em saúde para filho foi uma ótima ideia. Ela conta que já precisou da unidade mais de uma vez e sempre foi bem acolhida pela equipe. A equipe que presta a assistência a saúde dos pequeninos é formada por um coordenador médico e um de enfermagem, quatro médicos, dois enfermeiros, quatro técnicos de enfermagem, dois técnicos de coleta, secretária, recepcionistas e porteiro, trabalhando em escalas, para o atendimento ininterrupto.

Comemorações

Para celebrar os dois anos do setor, as crianças que estiveram na unidade foram presenteadas com balões. A equipe assistencial também organizou um momento de confraternização. Durante o encontro, a enfermeira Ana Flávia Palmeira Braga e obstetra Wilton Braga de Oliveira Junior foram homenageados por participarem dos primeiros passos do Pronto Atendimento.

 

 

 

 

Repórter:  Bruna Alves

Data: 12/08/2019