No Dia Mundial do Rim, saiba mais sobre os ‘filtros do corpo’

A população teve acesso a aferição de pressão arterial e de glicose e ao cálculo do Índice de Massa Corpórea (IMC)

Para celebrar a data, Contagem realiza ação com prestação de informações e de serviços

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizou ação para conscientizar a população sobre a importância da saúde dos rins, nesta quarta-feira, véspera do Dia Mundial do Rim. A ação ocorreu em frente ao Centro de Autorização de Procedimentos em Saúde (Ceaps).

O evento contou com a presença de equipes médica, de enfermagem, nutrição e serviço social, atendendo gratuitamente à população com aferição de pressão arterial e de glicose e cálculo do Índice de Massa Corpórea (IMC), além de distribuição de material informativo sobre a Doença Renal Crônica (DRC). Ao longo da manhã, cerca de 200 pessoas passaram pelas tendas montadas em frente ao Ceaps, localizado na regional Eldorado.

A rede SUS/Contagem oferece exames para detecção de problemas nos rins no âmbito da Atenção Básica. E, se os rins já não funcionam bem, a rede oferece tratamento no âmbito da média e alta complexidade, por meio das consultas com especialistas em nefrologia e do atendimento ambulatorial e hospitalar. A porta de entrada para esses serviços é a Unidade Básica de Saúde (UBS).

O coordenador da Comissão de Nefrologia da Rede SUS/Contagem, Augusto César Soares dos Santos, participou da organização da ação e explica que o bom funcionamento dos rins é fundamental para a saúde.

Confira a entrevista:

O que é o rim? As pessoas têm dois rins?

Os rins são órgãos do corpo humano que desempenham várias funções, como regular a quantidade de água do corpo e filtrar as impurezas do sangue. Os rins também metabolizam vitamina D, ajudando na manutenção dos ossos, e ajudam na construção das hemácias, contribuindo para que a pessoa não tenha anemia. Os dois rins ficam localizados mais próximos das costas, atrás da cavidade abdominal.

Quem está mais propenso a desenvolver problemas nos rins?

Principalmente os hipertensos e diabéticos, mas os fatores de risco estão relacionados também à existência de doente renal crônico na família, obesidade, tabagismo e doença cardíaca.

Quais são os sintomas de que há problemas nos rins? Como a pessoa pode saber se tem algum mau funcionamento renal?

Os sintomas costumam aparecer em estados mais avançados. São problemas silenciosos, e por isso é muito importante que as pessoas realizem exames simples, disponíveis na Atenção Básica do município (Unidades Básicas de Saúde), como exame de urina e de creatinina no sangue, para detectar precocemente disfunções renais. Esse acompanhamento pode ser feito nas unidades de saúde, no âmbito da Atenção Básica. Já os pacientes com função renal comprometida precisam necessariamente ser acompanhados por nefrologistas, que são os especialistas no diagnóstico e tratamento clínico das doenças do sistema urinário, principalmente relacionadas aos rins. Por isso, ações como essa são importantes: as pessoas precisam ser testadas e acompanhadas e, se necessário, encaminhadas ao tratamento. Em torno de 10% da população tem alguma disfunção renal.

Quer saber mais sobre a assistência ligada à nefrologia na rede SUS Contagem? Clique AQUI.

Quer saber mais sobre a insuficiência renal aguda? Clique AQUI e confira as informações disponibilizadas no portal da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN).

 

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Fábio Silva

Data: 13/03/2019