Não deixe carro abandonado virar foco do Aedes aegypti

Veículo abandonado no bairro Santa Maria, Regional Industrial, está na mira da Transcon

Ligue para a Transcon e denuncie, para que o automóvel possa ser recolhido

Veículos que não tem condições de tráfegar e são abandonados em vias públicas geram vários transtornos. Podem, por exemplo, se transformar em focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika virus e febre chikungunya. Também podem prejudicar o fluxo e até aumentar o risco de acidentes no local onde foram deixados.

Após as denuncias, a Prefeitura de Contagem, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (Transcon), só faz a remoção dos veículos depois que os mesmo são verificado por um agente segundo o Decreto 940/2016. Quando comprovado o abandono do automóvel é emitida uma notificação, localizado o proprietário de tal veículo, esta notificação é entregue e este terá o prazo de cinco dias para remoção deste.

Em casos de não localização do proprietário, a notificação é publicada no Diário Oficial do Município e inicia um prazo de cinco dias para a remoção.

Depois desse prazo, o veiculo é levado ao pátio da TransCon e para reaver o mesmo, o proprietário deverá pagar as custas de estadia e remoção.

before

Acúmulo de água em partes dos automóveis aumenta risco de disseminação da dengue

 

“O acúmulo de lixo e água nos veículos pode provocar doenças aos cidadãos. Por isso, precisamos retirar esses automóveis das ruas. Outro fator preocupante são os usuários de drogas, que usam esses carros como pontos para consumo”, destaca o chefe da Divisão de Operações de Trânsito da Transcon, Thiago Silva.

As denúncias são recebidas pela Central de Operações e Fiscalização de Trânsito no número (31) 3398-8565. 

Data: 19/10/2017

Repórter: Sarah Mansur ( Sob a supervisão de Ernesto Braga)

Fotos: Geraldo Tadeu