Equipe do CTI recebe qualificação para aprimorar atendimento

Esses dados são informados para facilitar a identificação de pontos de gargalo, que precisam ser melhorados

Objetivo é fazer uma reflexão coletiva a respeito das atividades diárias

As equipes do Centro de Tratamento Intensivo – Adulto (CTI) do Hospital Municipal de Contagem, “José Lucas Filho”, estão participando entre os dias 26 e 28 de março de um evento de sensibilização, no auditório do Centro Materno Infantil. O objetivo é fazer uma reflexão coletiva com os médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem sobre as atividades diárias do CTI-Adulto.

O evento é dividido em 3 momentos. No primeiro, os servidores assistem a um vídeo gravado em um hospital que mostra a angústia de cada pessoa presente, colaboradores e pacientes. No segundo instante, é desenvolvida uma dinâmica na qual é preciso se colocar no lugar do colega. Por fim, são apontados indicadores que refletem a dinâmica do CTI. Esses dados são informados para facilitar a identificação de pontos de gargalo, que precisam ser melhorados e os pontos de avanço.

A diretora do CTI-Adulto, Vívian Carlech, explica que a gestão está preocupada com a valorização do profissional e também com a prestação de serviço digno e de qualidade. “Pensamos em deixar o ambiente de trabalho o mais agradável possível, é importante também que o servidor tenha um momento mais leve, como a “sessão de cinema” que fizemos hoje para tratarmos assuntos sérios de forma lúdica”.

Ela afirma também que a enfermagem é ciência, mas que não se pode esquecer que a essência é o cuidado com o paciente. “Trabalhamos em um ambiente que tem bastante tecnologia, isso faz com que nossas atividades se tornem mecânicas. Por isso é importante refletirmos e nos atentarmos para atendermos de forma mais humanizada”, enfatiza.

Para a enfermeira, Virgínia Dantas, ter um feedback do trabalho desenvolvido é fundamental. “Mostrar a diferença do nosso trabalho reflete na assistência que oferecemos ao usuário. Trabalho há 10 anos no hospital e é estimulante quando a gestão se preocupa com o resultado do nosso trabalho”, afirma.

No ano de 2017 foram ministradas 24 capacitações para os colaboradores do CTI-Adulto. Neste ano, a intenção é aumentar ainda mais o número de qualificações profissionais.

 

Repórter: Nayara Vianna

Foto: Adelcio R Barbosa

Data: 28/03/2018