Dia Internacional da Mulher também é dia de cuidar da saúde

Renata aguardou pelo procedimento, acompanhada pela filha, Brenda, na sala de espera do novo Centro de Cirurgia

Ampliação das salas de cirurgia e da enfermaria cirúrgica do Complexo Hospitalar propicia acesso a cirurgias eletivas

A abertura do novo Centro de Cirurgia e Traumatologia do Complexo Hospitalar de Contagem (CHC), ocorrida há cerca de um mês, e a ampliação da enfermaria cirúrgica, que teve início em outubro passado, já estão possibilitando o acesso a cirurgias eletivas por pessoas que aguardavam pelo procedimento há anos.

Agora, com o novo Centro Cirúrgico recentemente inaugurado, o Complexo Hospitalar passou a contar com oito salas cirúrgicas, dobrando a capacidade de atendimento do hospital. A enfermaria cirúrgica, setor para o qual as pessoas operadas são encaminhadas para se recuperarem, também foi ampliada e atualmente conta com 60 leitos, mais que o dobro dos 27 com os quais o hospital contava até o meio do ano passado.

Renata Márcia Braga é uma dessas pessoas que conseguiu marcar cirurgia eletiva. Ela conta que, em janeiro de 2017, descobriu que precisaria operar a vesícula, e que desde então aguardava pelo procedimento. “A cirurgia foi marcada para agosto do ano passado, mas, aí, falaram que precisava desmarcar, por falta de leito, e a cirurgia foi desmarcada. Cheguei até a vir aqui e fiquei de jejum, por 24 horas, mas tive que voltar para casa”. Em agosto de 2017, a enfermaria cirúrgica do CHC contava com apenas 27 leitos, mas, em outubro, teve início a ampliação de leitos da ala: atualmente, o setor conta com 60 leitos, mais que o dobro da capacidade de quando a cirurgia de Renata precisou ser desmarcada.

A gestora do Hospital Municipal de Contagem, Olívia Fernandes Bonfim, explica que por causa da capacidade reduzida de atendimento do hospital daqueles tempos, algumas vezes era necessário desmarcar procedimentos eletivos, que não precisavam ser feitos com urgência, para que o hospital pudesse lidar com as urgências que surgiam e demandavam atendimento imediato. “Agora, com a abertura do Novo Centro Cirúrgico e as ampliações na enfermaria cirúrgica, iremos fortalecer nossa capacidade de gestão e ampliar o acesso aos serviços”, explica a gestora.

Graças aos investimentos de cerca de R$ 5 milhões feitos no novo Centro Cirúrgico e do forte trabalho de gestão feito ao longo de todo o ano passado, Renata foi contatada em fevereiro e, em uma quinta-feira de março, no dia 8, Dia Internacional da Mulher, foi ao hospital cuidar da saúde. Renata aguardou pelo procedimento, acompanhada pela filha, Brenda, na sala de espera do novo Centro de Cirurgia, um local confortável e aconchegante e muito diferente daquele corredor onde familiares e pacientes precisavam aguardar. “Está tudo muito bonito”, disse Renata. A filha, Brenda, advogada, resume a sensação de encantamento diante de serviços humanizados e bem estruturados na rede pública de saúde: “Parece que a gente saiu do hospital público e entrou no particular”.

Verba extra ao município

Contagem é um dos poucos municípios brasileiros que, em 2017, atingiu a meta de organização da produção de cirurgias eletivas estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS) e, por isso, irá receber do órgão o dobro dos recursos pagos no último semestre para esses procedimentos sejam feitos. No primeiro ano de governo do prefeito Alex de Freitas e do vice William Barreiro, a prefeitura diminuiu a fila de espera para cirurgias eletivas em Contagem, promovendo quase seis mil cirurgias eletivas, e a cidade irá receber verba complementar de R$ 1,8 milhão do MS para essas cirurgias, em reconhecimento a esforços feitos pela gestão para resolver problemas das filas.

Ao longo do ano passado, quase seis mil cirurgias eletivas foram feitas em Contagem. Em reconhecimento por esse esforço, a cidade será um dos 67 municípios brasileiros entre os 5.570 que existem em todo o país a receber recursos extras para reduzir ainda mais a fila de espera dos pacientes. No estado de Minas Gerais, que contém 853 cidades, além de Contagem, somente outros cinco municípios conseguiram atingir essa meta.

Repórter: Carolina Brauer

Foto: Adelcio R Barbosa

Data: 12/03/2018