• A PREFEITURAarrow
  • CONHEÇA CONTAGEMarrow
  • SERVIÇOS E PUBLICAÇÔESarrow

Encontre seu Colegiado

Colegiados Conselho Municipal de Turismo de Contagem Reuniões

Agenda, Pautas e Atas de Reuniões

Data: 29/10/2019

Local: sala de treinamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, localizada na Rua Haeckel Ben Hur Salvador, nº 180, Bairro Cinco

Hora: 14:00:00

Pauta: Assinatura lista de presença  Abertura da sessão pelo Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico  Informes Gerais Aprovação do Regimento Interno e inserção de novos Conselheiros;  Apresentação da proposta do Plano Municipal de Turismo;  Apresentação da proposta do Projeto Turismo Industrial;  Apresentação do Circuito Veredas do Paraopeba;  Manifestações dos Conselheiros - apresentação de assuntos de ordem geral.

Data: 26/06/2019

Local: Sala de Treinamento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico – SEDECON –Rua Haeckel Ben Hur Salvador, nº 180, Bairro Cinco

Hora: 10:00:00

Pauta: Apresentação da Politica de Turismo, da Regulamentação do Conselho; breve apresentação das Políticas de Turismo Nacional e Estadual; apresentação do Circuito Veredas do Paraopeba e Mapa do Turismo Brasileiro; manifestações dos Conselheiros - apresentação de assuntos de ordem geral.

Agenda de Reuniões

Tipo Título Data Consulte
Reunião Ordinária Ata da 2ª Reunião Ordinária 26/06/2019 Aos vinte seis dias do mês de junho do ano de dois mil e dezenove, às dez horas, na Sala Mineira do Empreendedor de Contagem, foi realizada a segunda reunião do Conturc – Conselho Municipal de Turismo de Contagem, com a presença dos membros, Presidente do Conselho, Sant Calri Schmiett Terres, Suplente, Secretário Adjunto Sérgio Siebler Gomes, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Luciane Mitraud de Carvalho, a Secretaria de Cultura de Esportes através do titular Sr. Mário Fabiano da Silva Moreira, o representante do Sindicato das Empresas de Turismo do Estado de Minas Gerais, Sr. José Eugênio de Aguiar, os representantes da UNa Contagem, Srs. Talmo de Oliveira e Agnaldo Moura, o representante titular das áreas de entidades do setor de promoção e captação de eventos, Sr. Jair de Aguiar Neto, o Superintendente de Inovação e Atração de Investimentos da SEDECON, o Sr. João Paulo de Oliveira, a diretora de Apoio ao Turismo da SEDECON, Nathália Farah. A reunião iniciou com a apresentação do Secretário de Desenvolvimento Econômico, Sr. Sant Clair, dizendo sobre importância da presença de todos e agradecendo pela disponibilidade. Informou que Contagem agora está estabelecendo um trabalho em relação ao turismo, desde a aprovação da Lei de Turismo, até a certificação do Circuito Turístico Vereda do Paraopeba. Acrescenta que durante a reforma do Governo Municipal foi discutido onde seria estabelecida a Diretoria de Apoio ao Turismo, na Secretaria de Cultura ou no Desenvolvimento Econômico, pela característica de cidade, entretanto, a decisão foi que mantivesse na atual pasta, ainda que as ações definidas fossem construídas em conjunto, até pela particularidade da atividade. Apresenta a nova Diretora, Nathalia Farah. Sobre o turismo em Contagem, ressalta que é fundamental que Contagem estabeleça prioridades na área do turismo, pela sua posição estratégica na região metropolitana, porem é necessário que esta seja construída em conjunto, principalmente com a participação do Conturc. Acrescenta sobre as algumas características da cidade, focando principalmente no Polo Industrial, nas indústrias presentes na região, algumas delas, com produções importantes e diferenciadas que poucos conhecem. Informa que o primeiro passo agora é construir o Regimento Interno, que já existe uma proposta e que será discutida com todos. Nathália inicia apresentação resumidamente sobre as politicas municipais, estaduais e federais. Informa sobre o Programa de Regionalização do Turismo, dizendo que Minas Gerais é referencia em todo o Brasil e da importância de Contagem estar presente nessas políticas. Confirma sobre a adesão ao Circuito Veredas do Paraopeba, que é parte da estrutura, a instância de governança que trabalha na regionalização da atividade, sem isso não é possível estar presente do Mapa do Turismo Brasileiro principalmente para captação de recurso. Perpassa sobre todos os processos para a inserção de Contagem no Mapa do Turismo Brasileiro, os quais estão bem adiantados para o atendimento dos critérios e aprovação. Apresenta as ações que estão sendo desenvolvida em Contagem, como a preenchimento do Inventário Turístico, Campanha do Cadastur (Cadastro das empresas de turismo). Além disso, o estudo para posicionar Contagem no segmento Turismo Industrial, focado na experiência, onde o turista tem a oportunidade de conhecer o processo de produção das empresas localizadas na cidade. Além desses projetos está como prioridade a parceria com o Mercado Central de Contagem, posicionando-o como importante atrativo turístico da cidade. Solicita que os membros do Conturc sejam presentes nesta construção, como informações e demandas do setor. Secretário Sant Clair, menciona a presença do Secretário Adjunto Sérgio Siebler, informa que há uma dificuldade da Prefeitura na comunicação, não há uma empresa de comunicação para ajudar na divulgação dos projetos e ações da cidade. Acrescenta sobre algumas missões que já foram recebidas, porém não há uma organização para o recebimento desse público e uma das principais demandas é as de conhecer algumas indústrias, dá exemplo da cidade de Tampa. Lembra também do segmento religioso que é forte na cidade, mas que poucos conhecem. Subsecretário de Cultura, Sr. Mario fala sobre os projetos desenvolvido em Contagem, como o Festival de Abóbora, Aniversário da Cidade, o Minas ao Luar e da proposta da realização do Festival Gastronômico da Viação Cipó, como o edital para a participação dos bares de Contagem finalizando com o evento. Outro evento é a Gincana de Contagem, com um grande potencial e o Natal, principal evento que tem como proposta se tornar referencia em Minas Gerais, optou-se por este evento para não concorrer BH no carnaval e sim sem mais um evento forte na região metropolitana. Diz que a Secretaria está à disposição para contribuir nas ações do Turismo. Informa também que há projetos para a captação junto ao Governo federal, mas para isso precisa estar presente no Mapa do Turismo Brasileiro. Nathália fala que o turismo tem o papel de organizar a oferta da cidade e promover para fora, como um produto turístico. Defende a proposta de se desenvolver o turismo Industrial pensando na região metropolitana e o que Contagem tem de diferente para atrair o turista da capital, como uma forma de agregar e diversificar a oferta. Sr.Sant Clair fala de outro equipamento turístico importante na cidade, a Várzea das Flores, no Plano Diretor da Cidade, é tratado como zona de interesse turístico, pode-se pensar em projetos para fortalecer e regulamentar as atividades no local. Diz também sobre espaços para a realização de grandes eventos, no Cinco já havia sido uma possibilidade, entretanto há desconforto entre os empresários, segundo eles os eventos atrapalham o funcionamento das atividades das indústrias. Luciana, representante da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação, se posicionam informando sobre um projeto, ainda inicial para a orla da represa, presente no plano de Desenvolvimento Ambiental da Várzea das Flores, pode-se recuperar este projeto, como uma tentativa de ordenamento da atividade. Sr. Wanger da SEDECON fala que o próprio contagense não utiliza o espaço pela degradação. Sr. Sant Clair ainda aborda sobre outro segmento, o da gastronomia, dando exemplo de algumas cidades e diz que em Contagem não um produto específico e que a abóbora por muitas vezes é tratada de forma pejorativa, porem, o resgate deste produto pode ser uma possibilidade de valorizar a história gastronomia local. Sr.Jair Aguiar Neto, representante do segmento de promoção e captação de eventos, diz que se não tem produção de abobora é fomentar que tenha. O representante da UNa, Sr. Agnaldo Moura fala que o Festival das Abóboras precisa de reestruturado, aproveitar este potencial para resgatar esta tradição. Sec. de Cultura Mário diz que há uma dificuldade visto que o Festival é construído a partir dos CRAS – Centro de Referência de Assistência Social, e que unir os bares e restaurantes seria uma dificuldade, como colocar os restaurantes sem prejudicar os CRAS. Sec. Sant Clair acredita que um projeto a se pensar seria criar o prato da cidade, que seja permanente, visto que tem esse apelo. Sr. Jair dá exemplo do “Comida de Buteco”, ou aproveitar o próprio projeto da UNA, que já é membro do CONTURC e o parceiro da Prefeitura em diversas ações. Sec. Sant Clair inda fala sobre a importância do CONTURC em unir as ações de forma estratégica para o fomento do turismo. Sra. Luciana exemplifica outro equipamento, as pedreiras, que já existe a prática de turismo de aventura, porém de forma desorganizada e preocupante. Ainda fala da Comunidade dos Arturos, importante comunidade quilombola da região. Nathália reafirma a importância da presença de todos, que o mais importante é receber as demandas do setor. Outra questão é a construção do regimento interno, será feita uma proposta e enviada para o email para as contribuições dos membros. Secretário Adjunto Sr. Sergio fala da importância do setor repassar realmente as demandas, para formatar uma agenda de trabalho para o setor. É um compromisso importante de todos os membros do conselho para criar condições a várias mãos. Sr. Jair pede que a Trasncom faça parte do Conselho visto que há alguns entraves para a realização de alguns eventos na cidade. Sra. Luciana sugere que se organize uma visita aos atrativos da cidade para avaliar as condições e pensar em como agir nesses equipamentos. Sr. Mário ressalta sobre a Várzea das Flores, é um local onde a comunidade usa como espaço de lazer, porem falta a participação efetiva do Governo Estadual e Federal, ainda que a Prefeitura faça algumas campanhas durante os feriados, principalmente no Carnaval. É necessário criar regras para o uso do local de forma organizada. Surgiu a ideia de se criar um Programa para a Várzea, construído por várias mãos e apresentado aos interessados e responsáveis. Sr. Jair se apresenta também como Presidente do Convention Visitor Bureaux e Vice Presidente do Conselho Estadual de Turismo. Aprova a possibilidade de se trabalhar o segmento industrial na cidade. Fala sobre o case de sucesso do Carnaval de Belo Horizonte que se iniciou como uma manifestação cultural e a Prefeitura simplesmente deram condições e organizou, neste contexto mostra que o Carnaval de BH está se expandindo para a região metropolitana e é uma possibilidade para incrementar o fluxo neste período, trazendo talvez grandes festas fechadas. Propõe buscar parceria com o “Comida de Buteco” para fortalecer a gastronomia via bares e restaurantes. Professos Talmo pede a palavra, contextualiza a sua carreira, sua experiência como atleta, na composição de vários times de vôlei. Trazendo essa história, fala da necessidade de resgatar o sentimento de pertencimento do povo de Contagem, importância da comunicação para este caso, dando como exemplo o uso pejorativo em relação à abóbora. Sr. Eugênio do Sindetur/MG fala também da importância da promoção do destino, importante se fazer conhecer Contagem. Sr. Jair pede tranquilidade para trabalhar os segmentos em Contagem, focar em um e abrir portas para os outros, mas precisa de posicionamento. Finalizando a reunião, ficou acordado de ser enviado o regimento interno por email para aprovação na próxima reunião.

Voltar