Acessibilidade: -A +A normal

 
Prefeitura Municipal de Contagem
   

Ministério das Cidades garante recursos para ampliação do metrô

Prefeitura de Contagem assegura investimento de R$ 157,7 milhões para expansão até o Novo Eldorado

Cassio Matias

Alex se reuniu em Brasília com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, que autorizou o inicio dos processos formais para o financiamento público

A Prefeitura de Contagem assegurou nesta terça-feira (7 de novembro), junto ao Ministério das Cidades, o repasse de R$ 157,7 milhões para a ampliação do metrô até o Novo Eldorado. O município terá cinco anos de carência para começar a pagar o financiamento e 20 anos para quitá-lo. Além da melhoria da mobilidade urbana de Contagem e vizinhas cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte, o prefeito Alex de Freitas destacou a importância do projeto para o desenvolvimento econômico.

Alex se reuniu em Brasília com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, que autorizou a Secretaria Nacional de Planejamento a iniciar os processos formais para o financiamento público, que deve ser concluído até o início de dezembro. Após a liberação da verba será aberta licitação pela Prefeitura de Contagem, CBTU e Metrominas (que criou o projeto executivo da expansão do metrô).

A previsão é  que as obras tenham  início de 2019 e concluídas em três anos.  "É importante destacar que são poucos os prefeitos que têm a coragem de propor que o município assuma a conta de uma obra que envolve ativos federais, porque sabem da dificuldade do momento da economia do país. Mas, o Alex de Freitas resolveu através das contas municipais ajudar a levar essa importante obra que é fundamental para a vida de milhares de pessoas", apontou o ministro.

Bruno Araújo ressalta que Contagem tem capacidade financeira para garantir a execução das obras. "A Secretaria Nacional de Planejamento está autorizada por mim a iniciar todos os processos formais para entregarmos os valores relativos a financiamento da prefeitura. Não é uma obra simples de alvenaria, de uma a duas semanas. Envolve uma soma de recursos, tratativas formais com o Ministério das Cidades e Caixa Econômica Federal, mas dada a capacidade de endividamento do município, vamos trabalhar para entregar os recursos necessários para tocar essa obra", disse.

O prefeito destacou que a última intervenção no metrô foi em 2002, com a revitalização da estação Vilarinho, em Venda Nova, na capital. Em Contagem, no entanto, nunca houve avanço em mais de 30 anos deste meio de transporte na Região Metropolitana de BH. 

"A população não aguenta esperar mais. Estamos passando por um momento de planejamento do nosso transporte coletivo e o metrô é fundamental para atrair o desenvolvimento, facilitar a vida das pessoas, garantindo um transporte mais seguro, rápido, confortável e confiável. Saio daqui muito feliz com o compromisso do Ministério em liberar formalmente os recursos para essa obra", comemorou.

O prefeito explica que serão 1.600 metros lineares de obras, ligando a estação Eldorado ao Novo Eldorado. "Tem um significado importantíssimo para a região metropolitana, porque a concepção do projeto trata também de uma rodoviária e um terminal urbano nos eixos da avenida João César de Oliveira e Via Expressa. Portanto, ele aproxima dois lados de Contagem, a região do Água Branca com a parte comercial mais importante da cidade, que é o Eldorado. Configura um novo desenho para aquela região e para os centros comerciais, que são os geradores de emprego e renda. Interessa muito a Betim, Juatuba, Esmeraldas e outras cidades do entorno, que poderão usar esse transporte para se deslocar na região metropolitana", disse Alex de Freitas.

O metrô e os terminais rodoviário e de ônibus urbano vão atender cerca de 30 mil pessoas por dia.

   

REPÓRTER: Ernesto Braga   FOTO CRÉDITO: Cassio Matias   

PUBLICAÇÃO: 07/11/2017 18:09:36