Acessibilidade: -A +A normal

 
Prefeitura Municipal de Contagem
   

Castração de volta para controle populacional de cães e gatos

Cirurgias são gratuitas, e meta do Centro de Controle de Zoonoses de Contagem é chegar a 550 por mês

Adelcio R. Barbosa

Enquanto um gato espera a cirugia, dois se recuperam da esterilização

Adriana Santos Silva tem oito gatos, todos recolhidos em locais de risco para animais, como postos de gasolina. Ela esteve no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Contagem para castrar três felinos fêmeas, que tinham procriado três vezes.

Com dificuldade para doar os filhotes, Adriana vinha tentando marcar a castração desde outubro do ano passado, quando os procedimentos foram suspensos. A esterilização dos animais voltou a ser feita em 2 de março, após reposição dos insumos que estavam em falta.

Estima-se que haja em Contagem cerca de 85 mil cães e gatos. A partir de agora, serão feitas 200 castrações por mês no CCZ, cem de cada animal. A cirurgia é gratuita e  deve  ser agendad somente por telefone.
 
De acordo com Acácio Macedo, chefe do CCZ, a procura pela castração é grande. “Recebemos, em média, 150 ligações telefônicas por dia solicitando a castração”. A meta da Secretaria Municipal de Saúde é ampliar para 450 procedimentos por mês, nesse ano, e para 500 em 2018, chegando, posteriormente, a 550 castrações mensais.
 
“Essa ampliação atende às determinações do plano de governo do prefeito Alex de Freitas  para controle populacional e posse responsável de cães e gatos”, afirma o assessor técnico da Vigilância em Saúde, José Renato Rezende Costa.

Também estão previstas parcerias com organizações não-governamentais (ONGs) de Contagem que lidam com animais. “A ideia é incentivar feiras de adoção de cães e gatos”, destaca o assessor.

Saúde pública

A veterinária Taíza Gonçalves de Araújo faz as castrações no CCZ. Ela destaca que o recolhimento de animais pela temida "carrocinha" é um mecanismo cruel e ineficaz. Segundo a especialista, a castração é o método mais eficiente e ético na saúde pública para controle populacional de cães e gatos.

before

Adriana Santos vinha tentando a castração de três gatas desde outubro de 2016

“Recolher e sacrificar esses animais não resolve o problema. Um gato fêmea começa a reproduzir a partir dos oito meses de vida, com uma média de cinco filhotes por gestação. A grande proliferação eleva o risco de atropelamentos, maus-tratos e vários tipos de privações desses animais. É preciso massificar as cirurgias de castração”, defende a veterinária.

No caso dos cães, há outro agravante, uma vez que eles são os principais reservatórios da leishmaniose. A doença é transmitida ao homem pelo mosquito que tenha picado um cachorro infectado.

“A cada cem cães que são submetidos à sorologia para a leishmaniose, a média é de 16 com resultado positivo", aponta José Renato.

Serviço
 

Para solicitar a castração de cães e gatos é preciso entrar em contato com o CCZ pelo telefone 3351-3751 na avenida João César de Oliveira, nº 4.665, bairro Cinco. O agendamento é feito somente por telefone. O atendimento é feito de acordo com a disponibilidade da agenda e por meio de cadastramento prévio. A castração é gratuita. Os custos pós-operatórios são do proprietário do animal.

   

REPÓRTER: Carolina Brauer   FOTO CRÉDITO: Adelcio R. Barbosa   

PUBLICAÇÃO: 16/03/2017 16:32:17