Logo
   

Obras do Rodoanel Norte começarão em 2015

A via passará por Contagem na região de Vargem das Flores

Divulgação

As obras de construção do Rodoanel Norte começarão em 2015. A via, que terá 66,7 quilômetros entre Betim e Ravena, passará também por Contagem, na Região de Vargem das Flores. A previsão foi feita pelo governador Antonio Anastasia, nesta quarta-feira (5/2), durante audiência pública realizada na Cidade Administrativa. A expectativa é que a via retire 70 mil veículos do tráfego diário do Anel Rodoviário, beneficiando além do município, toda RMBH. As obras devem durar quatro anos.

O governador Antonio Anastasia e o vice-governador Alberto Pinto Coelho abriram a audiência pública. Anastasia destacou a importância da construção da rodovia para proporcionar mais desenvolvimento, segurança, conforto e melhorias no trânsito. "A criação do Rodoanel é uma necessidade. Estamos tratando do trecho sob a responsabilidade do governo do Estado, que é o Rodoanel Norte, uma obra estimada em cerca de R$ 4 bilhões. Será mais um eixo de desenvolvimento na nossa Região Metropolitana", disse o governador.

Presente na audiência, o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Ivayr Soalheiro, frisou que está acompanhando o processo voltado para a questão ambiental. "O investimento é a solução para o gargalo do trânsito na região metropolitana. Em Contagem, foi traçado um novo trecho para minimizar o impacto ambiental. O rodoanel é o conceito mais sustentável de uma parceria público-privada para a construção de uma via tão importante", afirmou.

A obra foi uma das reivindicações do prefeito Carlin Moura, presidente interino da Granbel, aos governos estadual e federal. Segundo ele, com a construção do Rodoanel Norte, Contagem será diretamente beneficiada, já que terá o trânsito desafogado. "A expectativa é que metade do fluxo do Anel Rodoviário migre para o Rodoanel, onde ganharemos em tempo e segurança", afirmou Carlin Moura. 

O Rodoanel Norte deverá integrar os municípios de Leste a Oeste da Região Metropolitana de Belo Horizonte, fazendo a ligação entre a BR-381 - saída para Vitória -, com a mesma rodovia na saída para São Paulo, cruzando a BR-040- saída Brasília -, além de rodovias estaduais, como a MG-010. A via ligará a BR-381 Sul à BR-381 Norte, passando pelos municípios de Betim, Contagem, Ribeirão das Neves, Pedro Leopoldo, Vespasiano, Santa Luzia e Sabará.

Dos investimentos previstos, o Estado deverá arcar com cerca de R$ 800 milhões. O restante ficará sob responsabilidade da iniciativa privada. A via será uma das alternativas para diminuir o trânsito no Anel Rodoviário, que hoje recebe diariamente 140 mil veículos.

Principais características do Rodoanel Norte

- Extensão total: 66 quilômetros;

- Velocidade diretriz: 110 km/hora;

- Rodovia em pista dupla, com duas faixas de tráfego de 7,20 metros por sentido, canteiro central de 15 metros, faixa de segurança de 1,2 metro, acostamento de 3 metros, drenagem de 1 metro. Haverá ainda trechos com possibilidade de expansão para até quatro faixas por sentido;

- Serão oito praças de pedágio, todas nas saídas da Contorno Metropolitano, de modo que a fluidez do tráfego não será prejudicada pela cobrança nas cabines;

- A tarifa de pedágio será variável, de acordo com o trecho percorrido;

- Previsão de 22 travessias em passagens superior ou inferior, além de três túneis com extensão total de 2.900 metros.

 

   

FOTO CRÉDITO: Divulgação   

PUBLICAÇÃO: 06/02/2014 17:37:16