Prefeitura Municipal de Contagem
   

Cardápio mais balanceado é avaliado por estudantes

Mudança na oferta da merenda é testada em 43 escolas da rede municipal de Contagem

Ricardo Lima

Os sanduíches passaram a fazer parte do cardápio da merenda escolar

Um cardápio mais balanceado é oferecido a estudantes de 43 escolas municipais de Contagem. São duas refeições com pratos doces e duas com alimentos salgados, um lanche e frutas variadas. Substitui o cardápio padrão, com quatro refeições salgadas e uma doce, para que os alunos tenham uma alimentação mais leve.

A mudança está em teste na rede municipal de educação, que vai durar um mês. Se for aceita pelos estudantes, a proposta será encaminhada aos pais e ao Conselho Municipal de Alimentação Escolar, para aprovação. “Pela manhã, por exemplo, a merenda é distribuída às 9h30, horário em que os alunos não têm o hábito de comer arroz, feijão e carne. Nossa intenção é introduzir um cardápio mais leve, mas que garanta aos estudantes os nutrientes necessário no dia a dia”, destaca o secretário Municipal de Educação, Joaquim Antônio Gonçalves.

O novo cardápio é composto por pratos tradicionais, como arroz, feijão, legumes e carnes. Entre as opções de pratos doces há mingau e canjica. As novidades são sanduíches e as frutas. Os pratos foram elaborados pela equipe de nutricionistas da Secretaria Municipal de Educação.

Todas as refeições contêm os nutrientes exigidos Pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar. “O nosso diferencial é o sanduíche. Tivemos o cuidado de deixar o lanche com os mesmos valores nutricionais de um prato salgado. Mantivemos a carne e os legumes e trocamos o carboidrato do arroz pelo do pão”, explica a nutricionista Raphaella Marino.

Segundo a especialista, o aumento da oferta de pratos doces não prejudica a alimentação dos estudantes. “A Resolução 26 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação estabelece a oferta de até dois pratos doces por semana”, afirma.

Além da criação do cardápio mais diversificado, a Secretaria de Educação aumentou a variedade de ingredientes. Foram inseridos mais dez tipos de verduras, legumes e grãos: alguns exemplos são milho verde, brócolis, batata baroa e couve-flor.

Na Escola Municipal Senador José Alencar, no bairro Sapucaias, o novo cardápio caiu no gosto dos estudantes. Segundo o diretor Luiz Fernando Miranda, o consumo de merenda dobrou. “Tivemos até que dividir os horários do recreio. Na quarta-feira oferecemos sanduíches com carne e legumes e 90% dos alunos merendam”, diz.

Guilherme Toledo cursa o 8o ano e é um dos alunos que passou a merendar mais vezes na escola, por causa do novo cardápio. “Eu não gosto de pratos mais pesados no período da tarde, por isso deixava de comer farofa e feijão. Com mais variedades, estou frequentando mais a cantina”, comemora o estudante.

Novo Conselho

Os integrantes do Conselho de Alimentação Escolar tomaram posse no início deste mês. A primeira missão da nova equipe é analisar a prestação de contas refente à merenda escolar do município. A Secretaria Municipal de Educação informa que não há risco de perda de verba federal destinada a Contagem para a alimentação dos estudantes.

Os conselheiros avaliam documentos e têm até 30 de junho para encaminhar o parecer ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. A aprovação garante recursos federais para a alimentação dos estudantes. “A documentação já começou a ser analisada. Temos um bom prazo para executar o parecer. Não há nada que impeça a liberação da verba da merenda”, destaca Melina Gomides, integrante do Conselho Municipal de Alimentação Escolar.

Além de fazer a auditoria na prestação de contas, a proposta é a de que o Conselho comece a fiscalizar a qualidade da merenda de todas as escolas municipais de Contagem, garantindo a ofertada de alimentação saudável para os 59 mil estudantes da rede.

   

REPÓRTER: Júlio César Santos   FOTO CRÉDITO: Ricardo Lima   

PUBLICAÇÃO: 19/05/2017 14:21:18