Acessibilidade: -A +A normal

 
Prefeitura Municipal de Contagem
   

Número de partos cresce 19,8% no Centro Materno-Infantil

Em novembro foi batido o recorde de nascimentos de bebês, reflexo das mudanças de gestão implantadas desde o início de 2017

Adelcio R. Barbosa

As futuras mamães têm a oportunidade de conhecer a nova estrutura do Centro Materno-Infantil

De uma unidade de saúde que funcionava com apenas 30% de sua capacidade à melhor maternidade pública de Minas Gerais, em menos de um ano. Após mudanças na gestão para acabar com problemas estruturais, além de investimentos em recursos humanos, o Centro Materno-Infantil (CMI) Juventina Paula Jesus passou a funcionar com estrutura plena em 7 de agosto. De janeiro a novembro deste ano foram feitos 3.632 partos, 19,8% a mais que no mesmo período de 2016 (3.032).

Em novembro foi batido o recorde de partos no CMI desde janeiro de 2016: foram 368 procedimentos, superando os números expressivos registrados nos meses de setembro (352) e maio (342). O aumento  é resultado de várias adequações feitas pela Secretaria Municipal de Saúde.

A enfermaria pediátrica, o CTI neonatal e a UCI/CTI pediátrica do Complexo Hospitalar de Contagem (CHC), que antes funcionavam nas instalações do Hospital Municipal José Lucas Filho (HMC), foram transferidos para o CMI. Salas de pré-parto, parto e puerpério (PPP) foram abertas e inaugurado o Pronto-Atendimento Infantil.

Além disso, a Casa de Apoio à Gestante e à Puérpera (Cagep) passou a funcionar em um local muito mais apropriado. Dessa forma, o CMI passou a funcionar com 100% de sua capacidade.

O prefeito de Contagem, Alex de Freitas, comemora o recorde de partos. “Cada pequeno contagense que nascer aqui será do tamanho dos seus sonhos. O futuro da nossa cidade nasce aqui”, afirmou. 

O secretário Municipal de Saúde, Bruno Diniz, ressalta que os números colocam a maternidade entre as principais do Estado.

   

REPÓRTER: Carolina Brauer   FOTO CRÉDITO: Adelcio R. Barbosa   

PUBLICAÇÃO: 28/12/2017 15:39:23