Acessibilidade: -A +A normal

 
Prefeitura Municipal de Contagem
   

Conselho vai debater políticas de combate ao álcool e outras drogas

O Conselho Municipal de Políticas sobre Álcool e outras Drogas será composto por instituições da sociedade civil e do poder público

Elias Ramos

Novos conselheiros irão trabalhar no biênio 2018 -2019

O plenário da Câmara Municipal de Contagem foi palco, na manhã desta quarta-feira (20), da eleição do Conselho Municipal de Políticas sobre Álcool e outras Drogas (Comadc). O conselho, que terá mandato de dois anos, será composto por representantes de oito instituições organizadas da sociedade civil. Para representar o poder público, serão indicados sete representantes de secretarias municipais e um da Câmara. A Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (Selju), foi designada para coordenar a comissão eleitoral.

Onze instituições foram inscritas. Dentre elas foram eleitas, anunciadas após votação, as seguintes: Conselho Regional de Psicologia, Associação Instrumentos do Senhor “ABBA PAI”, Associação de Diaconia da Pessoa Idosa Lar Dom Paulo, Universidade Una, ONG Projeto Vida, Comunidade Ele Clama, Comunidade Cristã Recomeçar e a Associação dos Moradores do Bairro Novo Progresso. As demais ficam na condição de suplentes. Integram o conselho as secretarias de Saúde, Desenvolvimento Social e Habitação, Defesa Civil, Direitos Humanos e Cidadania, Educação, Trabalho e Geração de Renda, Esporte, Lazer e Juventude; e um representante da Câmara Municipal.

Para o secretário de Esportes, Kaká Menezes, a formação do conselho é um momento ímpar. “É muito importante entendermos que nesse momento da história de Contagem está acontecendo algo inédito. O objetivo dessa proposta é o de criar ações integradas entre as secretarias e o conselho. Essa é uma oportunidade de efetivar as ações de forma muito mais precisa. É o início de uma dinâmica de enfrentamento do problema das drogas. Fico feliz em ver que as políticas públicas, sobre o problema das drogas, estão sendo efetivadas para valer”, relatou.

before

Kaká Menezes falou sobre a importância do conselho

  Kaká Menezes reforça as sobre ações desenvolvidas na Selju. “Hoje, estando a frente da Secretaria de Esportes, posso dizer que uma das nossas bandeiras, como mecanismos de prevenção a criminalidade, violência e o uso abusivo de drogas, é o esporte e cultura. Porém, é preciso pensar no acolhimento, tratamento e reintegração social. Por isso o conselho está sendo formado para que aconteça uma sinergia com o governo”, concluiu.

O secretário-adjunto de Direitos Humanos e Cidadania, Ricardo Ramos de Oliveira, complementou dizendo que uma gestão exemplar, é aquela que busca aproximação com a sociedade. “É uma proposta do governo ampliar a voz e participação do cidadão, por meio dos movimentos sociais e entidades. A estratégia do governo é de fortalecer a participação popular legitimando as ações com a perspectiva de construção, ouvindo todos os atores envolvidos, em cada política pública”, informou.

Para o coordenador do ministério de ação social, da Comunidade Cristã Recomeçar, Warley Barbosa, o momento é o de promover parcerias que atendam a cidade como um todo. “Temos conseguido resgatar pessoas do mundo das drogas, bem como moradores de rua. A nossa intenção é a de expandir o trabalho de forma relevante, contando com o apoio de políticas públicas eficientes, para chegar a mais lugares. Temos a consciência de que com o apoio da Prefeitura de Contagem conseguiremos alcançar este feito”, enfatizou.

   

REPÓRTER: Anderson Pena    FOTO CRÉDITO: Elias Ramos    

PUBLICAÇÃO: 20/12/2017 17:11:35

Eleição do Conselho de Políticas Sobre Álcool e Outras Drogas