Acessibilidade: -A +A normal

 
Prefeitura Municipal de Contagem
   

Mais de 65 mil exames de média e alta complexidade

Oferta de ressonâncias, endoscopias, tomografias, ultrassons e raios X melhora acesso à saúde na cidade

Divulgação

Gestão reestruturou e renegociou contratos, melhorando o acesso a exames que são muito importantes para os diagnósticos médicos

No Complexo Hospitalar de Contagem (CHC), ao longo do ano de 2017, as conquistas foram muitas, e os números que compõem a retrospectiva do ano no complexo confirmam a percepção de usuários e servidores sobre melhorias ocorridas no hospital. Nesse contexto de crescentes investimentos em estrutura física e recursos humanos, foram feitos neste ano mais de 65 mil exames de média e alta complexidade, como ressonância magnética, endoscopia, tomografia computadorizada, ultrassom e raio X. Para isso, houve um esforço por parte da gestão para reestruturar e renegociar contratos, melhorando o acesso a exames que são muito importantes para os diagnósticos médicos.

Foram feitas 251 ressonâncias magnéticas, um dos exames mais complexos em termos de geração de imagens com boa resolução e que é indicado para o diagnóstico em diversas especialidades médicas e em diferentes partes do corpo, como mama, cabeça e membros do corpo. Endoscopias, um exame que gera imagens indicado para diagnóstico e tratamento de doenças no estômago, esôfago e duodeno, foram 2.755.

E os números só crescem em escala: foram executadas 4.810 tomografias computadorizadas, um exame que tem como principal objetivo captar imagens dos órgãos, ossos e demais detalhes das estruturas corporais do indivíduo, investigando doenças como câncer, acidente vascular cerebral e hérnia de disco. Para ultrassom, um importante auxiliar nos diagnósticos médicos mais diversos, desde nódulos e problemas musculares, útero e ovários a pedras nos rins e vesículas, foram 15.094 ofertas.

before

Foram feitos neste ano mais de 65 mil exames de média e alta complexidade

   Já em relação ao raio X, além da quantidade de exames chamar a atenção, é importante ressaltar que, pela primeira vez, o CHC passa a utilizar exames de raio X digital em suas rotinas de trabalho. A inovação vem sendo gradativamente implementada no Hospital Municipal José Lucas Filho (HMC) e no Centro Materno Infantil (CMI) Juventina Paula de Jesus, que integram o Complexo, com radiografias convencionais sendo progressivamente substituídas pelas digitais desde o mês de junho. Todas as especialidades médicas serão contempladas. Graças ao equipamento, a imagem radiografada de estruturas internas do corpo é imediatamente gerada no computador e pode ser rapidamente encaminhada para o profissional que a requisitou, conferindo mais agilidade e eficiência nos serviços prestados. Desde o início da implementação digital até aqui, foram feitos 42.413 raios-x computadorizados.

O secretário de Saúde de Contagem, Bruno Diniz, reforça que o acesso a procedimentos considerados de média e alta complexidade constitui-se como uma importante responsabilidade da gestão em saúde: “Esse acesso é importante para a integralidade da assistência ao cidadão, principalmente àqueles historicamente desassistidos em saúde. Estamos reestruturando e melhorando toda a rede de assistência no município, o que inclui normalizar as filas de acesso a exames ligados à média e alta complexidade”.

   

REPÓRTER: Carolina Brauer   FOTO CRÉDITO: Divulgação    

PUBLICAÇÃO: 21/12/2017 16:02:09